Arquivos | junho, 2010

Panini com cream cheese e Castanha do Brasil – Bread Baking Day #31 / Panini with cream cheese and Brazil Nut – Bread Baking Day #31

30 jun

jun10 041

Bread Baking Day #31 - 3rd anniversary and giveaways (last day of submission July 1st)

Scroll down for English please

Este mês o Bread Baking Day comemora seu 3º aniversário! Todo mês amantes de pão produzem delícias de acordo com um tema pré-estabelecido e postam em seus blogs, e o evento tornou-se um sucesso que conta com a particpação de pessoas do mundo todo.

Para comemorar a data tão importante o tema escolhido pela Zorra foi “pães com nozes”, em inglês “bread with nuts”, o que engloba as frutas oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, pistaches, pecans, entre outras, a própria criadora do evento menciona até côco).

Como participar do BDD #31?

  • Asse um pão com fermento utilizando qualquer tipo de oleaginosa, pode ser pão doce ou salgado.
  • Poste no seu blog com um link para esse post.
  • Preencha o formulário nesse post.
  • Somente uma participação por blog.
  • A receita poderá ser em Inglês, Alemão, Espanhol, Francês e Italiano. Se não for sua língua materna favor traduzir para uma dessas.
  • Último dia para participar:  1º de julho de 2010.
    Ah, além de participar, você poderá concorrer a 1 luva de silicone e 1 par de pegadores de silicone.

    Não precisa participar do BBD#31 para concorrer, mas se participar você concorrerá com mais chances.

    Vamos a receita que escolhi! A receita é da Federica e o que fiz foi acrescentar as castanhas. Ficou uma delícia, pãezinhos macios e super saborosos!

    Panini com cream cheese e Castanha do Brasil

550 gr trigo
20 gr açúcar
15 gr fermento de pão (fresco)
250 gr + 10 gr leite
20 gr manteiga (sem sal) em temperatura ambiente
20 gr banha
100 gr cream cheese                                                                                1/2 xícara de Castanha do Brasil picada
12 gr sal

Na MPF: unte a cuba da máquina com óleo ou azeite e coloque os ingredientes na ordem acima, ciclo massa. O pão irá ser sovado e fará a primeira fermentação. Retire da MPF, dê a forma de pãezinhos e deixe crescer novamente em assadeira untada com óleo ou sobre um tapete de silicone, aproximadamente por 40 minutos.  Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC até que doure e até que passe no teste da batida (bata com os nós dos dedos na parte de baixo do pão até que saia um som oco). Deixe esfriar numa grade.

Sem MPF: misture numa tigela o trigo, fermento, açúcar e leite. Acrescente então o cream cheese e depois a manteiga e banha. Por último junte o sal e caso seja necessário mais 10g de leite.  Sove por uns 8 minutos e deixe crescer em local morno sem corrente de ar, coberto com um pano limpo.  Após dobrar de tamanho, dê a forma de pãezinhos e deixe crescer novamente em assadeira untada com óleo ou sobre um tapete de silicone, aproximadamente por 40 minutos.  Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC até que doure e até que passe no teste da batida (bata com os nós dos dedos na parte de baixo do pão até que saia um som oco). Deixe esfriar numa grade.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

jun10 043

I just loved this paninis, they tasted great and are soooo soft! The recipe cames from Federica and I just added the nuts. If you try let me know!

Panini with cream cheese and Brazil Nut

(cup 200ml)

550 gr bread flour
20 gr sugar
15 gr fresh yeast                                                                                        250 gr + 10 gr leite
20 gr unsalted butter (room temperature)
20 gr lard
100 gr cream cheese                                                                                1/2 cup of diced Brazil Nut
12 gr salt

Bread machine: rub the bread machine bowl with oil or olive oil and place all the ingredients, dough cicle.  When the cicle finishes take the dough out of the bread machine and form little buns. Let it rise one more time on a buttered cookie pan or in a silicone mat for about 40 minutes. Bake in a pré-heated 390ºF until golden until a hollow sound comes out when you knock the base of the bread. Cool on a wire rack.

 

Old way: in a bowl mix the flour, yeast, sugar and milk. Add the cream cheese, butter and lard. Mix well. Add then the salt and if you feel the need just put more 10g milk. Knead for about 8 minutes, cover with a clean cloth and let it rise in a warm, wind free place until it doubles volume.  Shape little buns and let it rise again in a oiled cookie pan for about 40 minutes. Bake in a pré-heated 390ºF until golden until a hollow sound comes out when you knock the base of the bread. Cool on a wire rack.

Livro do Cupcake

29 jun

O blog Bonifrati resolveu fazer um livro sobre Cupcakes e ele ficou pronto! O Mangia está lá, com um cupcake delicioso, o Peanut Butter Cupcake.

O livro pode ser salvo em pdf ou impresso! E ficou tão fofo! Adorei! E as receitas? Cada uma mais inspiradora do que a outra…dêem uma olhada e não se espantem se der aquela vontade de correr para a cozinha!

A receita mais votada vai ser feita pelo pessoal do blog Bonifrati e vai ganhar um Mensageiro. `Bora lá votar no mais gostoso…o daqui, please!!!! Até dia 06 de julho!
Beijos e aproveitem!

Pé de moleque

27 jun

jun10 036

Pé de moleque é uma delícia, não? Nessa época de festas juninas e frio dá mais vontade de comer esse tipo de comida que alimenta mais, dá mais sustância!
Aproveitanto a ocasião fui buscar uma receita de pé de moleque para saciar a vontade…e achei que esta é uma delícia.

Confesso que quando endureceu (assim que o doce vai esfriando ele endurece) fiquei achando que estava muito duro…mais parecia pralinê… Pensei que não daria para comer e poderia até quebrar um dente de algum desavisado.

Mas assim que passou um tempinho o doce ficou diferente, como se tivessem saído bolinhas de ar e a superfície ficou furadinha. Enfim, está uma delícia, tenho que tomar cuidado pois toda hora dá vontade de comer… acho que já vou dividir com as vizinhas.

Participo com essa receita da Quadrilha Gastronômica na Blogosfera – Ano II, proposta pela Ana do Eu Mulher. Dá um pulo até lá, tem cada delícia! E até amanhã ainda dá para participar!

 

A receita base é do blog Enkantos da Boa Mesa, tem cada coisa boa por lá…hummmmmm! Fiz algumas pequenas adaptações, veja a receita original aqui.

Pé-de-moleque na panela

  • 3 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de glucose de milho
  • 3 colheres (sopa) de manteiga sem sal
  • 1/2 kg de amendoim torrado e sem pele
  • 1 colher (chá) de bicarbonato dissolvida em 1 colher de (sopa) de água

Modo de preparo:

Para torrar os amendoins caso prefira comprá-los crus: leve ao forno médio numa assadeira grande, os grãos devem ficar espalhados, não sobrepostos. O ponto é quando começam a dourar um pouco e a casca sai fácil com o toque. Retire do forno e prepare-se para uma chuva de cascas. Vá esfregando os amendoins nas mãos até sair toda a casca.

Numa panela grande, misture todos os ingredientes, menos o bicarbonato. Leve ao fogo médio/alto e vá mexendo até levantar fervura. Deixe então ferver sem mexer, até que fique dourado. Retire do fogo, junte o bicarbonato, misturando bem. Quando não houver mais bolhas na mistura, despeje em uma assadeira untada ou na pia também untada com manteiga. Deixe esfriar um pouco e corte em quadradinhos.

Ou então faça como o Mangia: forre assadeiras com papel Assa tudo (tipo vegetal) ou tapete de silicone*, e vá colocando colheradas do doce, deixando um espaço pois ele dá uma esparramada.  Assim que esfria ele solta fácil, fácil.  Guarde em recipiente hermético.

* Usei o papel e o tapete de silicone, funcionou do mesmo jeito.

Massa de torta estilo Amish

24 jun

jun10 013

Num passeio a uma livraria deparei-me com um livro que me seduziu na hora, e o marido percebeu pelo brilho dos meus olhos… Ganhei o livro e voltei para casa abraçada a esse tesouro… Receitas com ingredientes que normalmente temos em casa, sem muita frescurite…Adorei!

The Amish Cook´s Baking Book, um livro que ensina história e culinária ao mesmo tempo, além de uma mensagem muito especial de simplicidade e amor. Vale a pena…muito mesmo.

A coincidência foi que na mesma semana tinha lido um post da Cinara sobre uma receita Amish e fiquei me perguntando porque não tinha nenhum livro daquela culinária.

Livro na mão, sentei-me numa poltrona bem gostosa e li até o fim, de uma vez…as fotos são divinas, tanto das paisagens quanto das receitas, e dá vontade de pegar um avião para ir conhecer aquele universo.

Os Amish são um grupo religioso que teve sua origem na Reforma Protestante e vivem segundo regras próprias de simplicidade, rejeição de violência, separação da religão e estado e um estilo de vida sem tecnologia (eletricidade, telefonia, carros…). Chegaram nos Estados Unidos nos idos de 1730. Os serviços religiosos são feitos nas casas dos membros da congregação, que se ajudam mutuamente em todas as necessidades. Quer ler mais? Veja aqui, aqui e aqui.

Esta é uma receita do livro e a autora diz que é uma das suas favoritas de massa de torta. Ela diz que usa tanto para torta salgada como doce. Na minha opinião a banha usada para dar a crocância maravilhosa da torta deixa um sabor muito peculiar e combina mais com recheios salgados. Vou testar com manteiga e usar o recheio doce. Não gosto de usar gordura vegetal, então não sei como seria o resultado.

Fácil de fazer, usei o método exatamente como no livro e deu super certo. Minha idéia era fazer uma torta doce, então pré-assei a massa, mas com a massa já pronta para rechear percebi que combinaria com algo salgado. Daí mudei de idéia e fiz um recheio tipo empadão e não usei a cobertura da mesma massa, pois não iria conseguir fechar: massa pré-assada com cobertura crua. Usei a idéia da Cris dos Drop Biscuits para cobrir a torta e levei ao forno!  Não poderia ter sido melhor!

Rende 3 massas de aproximadamente 25cm, usei só uma e congelei as outras para outra hora.

jun10 024

My homemade pie dough  (do livro The Amish Cook´s Baking Book)

xícara medidora 200ml

3 xícaras de trigo

1 colher (chá) de sal

1 xícara de banha

1 ovo grande

1/3 xícara de água gelada

1 colher (sopa) de vinagre de maçã

Numa tigela grande combine o trigo e sal. Misture. Junte a banha e com as pontas dos dedos vá agregando ao trigo até que fique com aparência de migalhas grandes.  Acrescente o ovo, água gelada e vinagre. Misture com um garfo até que todos os ingredientes estejam úmidos e homogêneos. Faça uma bola e divida em 3 partes.  Forme 3 discos de massa usando um rolo de macarrão e dois sacos plásticos, amassando cada porção de massa entre os plásticos. 

Use um dos discos para forrar a forma (usei uma forma de fundo falso, mas a autora usa forma de fundo fixo) e faça uma borda de aproximadamente 2,5cm.  Caso não use tampa na torta, congele os outros discos de massa envoltos em plástico para congelamento. Dura até 3 meses.

Recheio: daqui

sobras de frango assado (sem osso e sem pele) desfiado (quase o frango inteiro)

alho e cebola à gosto

4 colheres (sopa) de molho de tomate caseiro

sal

azeite

cheiro verde picadinho

1 colher (sopa) de amido de milho

1/2 xícara de cenoura ralada

1/2 xícara de milho verde cozido

Numa panela refogue alho e cebola picadinhos com azeite.  Acrescente o frango desfiado, o molho de tomate, sal, a cenoura ralada e o milho verde. Deixe cozinhar um pouco e pegar gosto.  Corrija o sal e acrescente o amido de milho dissolvido num dedinho de água.  Engrosse um pouco e por último junte o cheiro verde.  Use o recheio quando estiver morno, quase frio, senão poderá encruar a massa.

Biscuits de pingar (Drop Biscuits)
2 xíc. farinha de trigo
1/4 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de açúcar
1/2 xícara de manteiga ou margarina fria
2 colheres de queijo mozarela ralada (opcional)
2/3 xíc. de leite
1 colher (sopa) de fermento em pó
1) Misture os ingredientes secos numa tigela funda. Acrescente a manteiga ou margarina e com um amassador de batatas ou um par de facas esmigalhe a manteiga na mistura seca, até ficar em tamanho de ervilha.

2) Adicione o leite e misture levemente apenas para incorporá-lo.

3) Pingue com duas colheres sobre o recheio de frango que já está no refratário, deixando um dedo de distância entre eles. Asse em forno pré-aquecido a 200°C até dourar os biscuits e o recheio borbulhar.

Eu não usei toda a massa e congelei alguns biscuits para assar outro dia. Depois digo como ficou.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Massa pré-assada, recheio pronto e morno, biscuits em cima do recheio como se fossem uma tampa mesmo. Levei ao forno pré-aquecido a 200ºC e deixei até dourarem os biscuits. Ficou delicioso!

 

Taça de morango e kiwi com creme de chocolate branco

20 jun

jun10 023

Tive que improvisar uma sobremesa simples e rápida no jantar do dia dos namorados, uma teimosa dor de cabeça insistiu em jantar conosco…

Ainda bem que o jantar que já estava pré-preparado, logo ele aprece por aqui.

Mas voltando a sobremesa… Meu pai mandou pelo correio uma caixa de kiwis do sítio…outra remessa como daquela vez que fiz o sorvete de kiwi. O que fazer com tanta fruta? E eles estavam quase maduros…ao mesmo tempo. O bom é que fica uma sobremesa refrescante e não muito doce. Adoramos!

Resolvi fazer assim:

Taça de morango e kiwi com creme de chocolate branco

(Rendeu 4 taças)

xícara medidora 200ml

1 lata de leite condensado

a mesma medida da lata de leite e um tantinho mais

1 gema

1/3 xícara de chocolate branco ralado

1 colher (sobremesa) de amido de milho

morangos em fatias

kiwis em rodelas

Desmanche a gema no leite e coloque numa panela com o leite condensado e o chocolate branco ralado.  Leve ao fogo médio até que o chocoalte tenha derretido.  Junte o amido de milho dissolvido num dedinho de leite.

Deixe engrossar um pouco e reserve. Espere amornar um pouco.

Arrume as frutas no fundo das taças, com cuidado coloque colheradas do creme e novamente coloque outra camada de frutas. Mais um pouco de creme e por cima decore com a metade de um morango.

Eu fiz 4 taças pois não enchi muito, podem ser 2 taças caso prefira.

Cubra com plástico filme e leve à geladeira por uma hora pelo menos ou até servir.

Essa sobremesa não deve ser feita com muita antecedência pois após um ou dois dias as frutas começam a sorar.

Criança na cozinha: cookies de chocolate e manteiga de amendoim

15 jun

jun10 026

Dia dos namorados estava virando a esquina…e eu sempre procuro fazer algo diferente para o marido, afinal, somos eternos namorados.

Meu pequeno de quase 5 anos (faz em julho) há muito me pedia para fazermos cookies de novo, já há algum tempo não levava ele para a cozinha comigo. E fazer uma gostosura para o papai foi o pretexto para uma tarde culinária. Com esse tempinho frio as brincadeiras fora de casa ficam restritas e fazer cookies com os filhos, sobrinhos ou netos, pode ser uma experiência muito especial para eles e para você.

Criança na cozinha - Cookies de chocolate e manteiga de amendoim1

Deixe os ingredientes já separados em tigelinhas e separe um avental para a criança, assim como o seu, ele(a) vai amar dividir esse momento com você e depois contar aos outros amiguinhos e família que foi ele(a) quem fez!

E foi ele quem fez todas as bolinhas, só mostrei como fazer a primeira! Que graça, amei ver o entusiasmo dele!

Esses cookies foram invenção da mamãe aqui, já que na hora em que resolvemos fazer os biscoitos se eu ainda fosse procurar receita em livros o pequeno ficaria agoniado de esperar…e deu super certo!

Cookies de chocolate e manteiga de amendoim

(xícara medidora 200ml)

150g manteiga sem sal em temperatura ambiente

1/3 xícara de açúcar mascavo

1/3 xícara de açúcar branco

1/2 xícara de chocolate em pó

2 xícaras + 2 colheres (sopa) de trigo

1 colher (sopa) bem cheia de manteiga de amendoim

1 colher (café) de fermento em pó

1 gema

  • Misture a manteiga com os açúcares e a gema. Incorpore o chocolate, a manteiga de amendoim, o fermento e o trigo.
  • A mistura deve ficar no ponto em que pode ser enrolada com as mãos, pode ser necessário acrescentar um pouco mais de trigo (uma colher de sopa).
  • Com uma colher de chá retire pequenas porções de massa e faça bolinhas com a mão. Deixe que a criança faça essa parte, as bolinhas podem ficar mais parecidas com ovinhos ou meio achatadas, mas a festa é delas!
  • Coloque em assadeiras forradas com papel vegetal ou tapete de silicone e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC.
  • As bolinhas vão ficar um pouco achatadas à medida em que estiverem assando e o ponto é quando as bordas começarem a soltar, vai depender do seu forno, uns 12 minutos.
  • Esse cookie fica macio por dentro.
  • Retire os cookies das formas e deixe esfriarem numa grade. Guarde em potes herméticos.

Receitas e participantes do Bread Baking Day #30

14 jun

 

PARTICIPANTES / ROUNDOUP

Please, scroll down for English version

Mais uma delícia de evento pela blogosfera, o Bread Baking Day #30 teve a Natashya como anfitriã e depois das receitas postadas nos vários blogs participantes, ela fez um apanhado para nosso total deleite.

Foram muitos pães e as receitas são incríveis, todas estão na lista a testar…aliás, essa lista só aumenta, a proporção entre o que consigo fazer e o que realmente faço é muito desproporcional…

Dêem uma olhada nas fotos e deliciem-se!

Ap269 do Family and Food, Alemanha, com o Twisted Chocolate Cinnamon Babka

Deeba do blog Passionate About Baking, India, fez este Finnish Chai Spice Pulla

Judy do Judy’s Gross Eats, EUA, fez esses Pizza Twists

Mimi do Baking Fix, EUA, fez Silly Twisty Breadsticks

Nancy do Corner Loaf, EUA, fez Stout, Oat and Honey Knots

Ruby do Aus Rubys Küche, Alemanha, fez Pain Tordu

Stanimira do Little Things Life, Bulgaria, fez Braided Easter Bread

Stefanie do Hefe und mehr, Alemanha, fez Burger Pretzels

Tartasacher do Mil Postres, Espanha, fez Pan de anís entrelazado

Zaira do La cocina de Zaira, Espanha, fez Caracolas de pan de aceite de oliva

Umm Mymoonah do Taste of Pearl City, Alemanha, postou Stuffed and Twisted Bread

Kelly do A Messy Kitchen, EUA, fez Apple Twingles

Ilva do Lucullian Delights,Itália, assou Robert May’s French Bread from 1660

Priya do Priya’s Easy N Tasty Recipes, França, fez Vegan Herbed Sesame & Cumin Seeds Braided Breads

Sandra do Gesund Geniessen, China, postou Olive, Herb, and Parmesan Breadsticks

Adriana do Baking Powders, EUA, também fez Step by Step Challah

Elle do Feeding my Enthusiasms,EUA., fez Oatmeal Sourdough Braid with Lemon Marmalade

Jamie do Life’s a Feast, França, Braided Herbed Parmesan Focaccia

Susan do Wild Yeast, EUA, Rosemary Sourdough Twists

Tanna do My Kitchen in Half Cups, EUA,Twisted Ciabatta

Elizabeth do Blog from OUR Kitchen, Canadá,  Sesame Twisted Rings

Elra do Elra’s Baking, EUA, Twisted Sweet Potato Cranberry Rolls

Gul do Aegean Eating, Grécia, Aegean Farmer’s Bread

Zorra do 1x umruehren bitte aka kochtopf, Pain Paillasse

Margaret, my baking buddy of Tea and Scones, U.S., made this delicious Braided Cheese Stuffed Garlic Parmesan Bread.
Swathi do Zesty South Indian Kitchen, EUA, Braided Rye Bread

Tina do Chocolate River, Alemanha, Estonian Kringel

Natalia do gatti fili e farina, Itália, Torcetti al Cioccolato

Paul do Yumarama, Canadá, Grissini with a Twist

Cascabel (Petra) do Chili und Ciabatta, Alemanha, Raisin Brioche Twist

Chaosqueen do Chaosqueen’s Kitchen, Alemanha, Geschlungenes Rosinenbrot

Sam do Sam’s Bake Journal: The Science of Baking Revealed, Cingapura, Cranberry Almond Plait

Joanne do Eats Well with Others, EUA, Pomegranate Bagel Twists

Rachel do Tangerine’s Kitchen, India, Feta and Spinach Twist

Cathy do Bread Experience, EUA, Rhubarb Cream Cheese Braid

Lien do Notitie van Lien, Holanda, 6-Strand Challah

Verena (eba!!!!) do Mangia che te fa bene, Brasil,  Challah

Aparna do My Diverse Kitchen, Índia, Garlic Knots

Cinzia do Cindystar, Itália, Mafalda – Sesame Sicilian Bread

Heather do Girlichef, EUA, Twisted Everything Bread

Natashya do Living in the Kitchen with Puppies, Braided Peasant Loaves

Participei com o twisted Challah e fiquei impressionada com tantas delícias postadas pelos blogs mundo afora. Esse evento é uma ode aos pães em geral, criado pela Zorra e estará comemorando o 3º ano de existência.  Aguardem o post explicativo logo, logo…

XXXXXXXXXXXXXXXXXX

Another great blog event, Bread Baking Day #30 was hosted by Natashya.  After the recipes were posted by all the blogs, she made a round up with the posts and recipes.

So many breads and the recipes are amazing, all in my to do list… BTW this list only increases and the proportion between what I actually fixed and what there is to try is very low…Have to work harder on that!

Take a look at the pics and visit the blogs, you´ll be delighted!

Now Zorra is announcing the BBDay 3rd Anniversary, but that´s another post.

Dia dos namorados todo dia

12 jun

cuore_piccante

Fonte foto: Freedigitalphotos

Quase nos 45 do segundo tempo deu para passar por aqui e desejar a todos uma comemoração especial do dia dos namorados.  Eu particularmente acho que esta data deveria ser comemorada todo dia por aqueles que amam e se importam com a sua outra metade.

Que seja sempre lindo,

que seja sempre cheio de amor e ternura,

que seja sempre verdadeiro,

que seja sempre prazeiroso, e,

que seja sempre quente!

Cocada para sua festa junina

10 jun

[junho.gif][junho.gif][junho.gif][junho.gif][junho.gif][junho.gif]jun10 008

No último sábado participamos de uma festa junina na casa da minha sogra, e foi uma delícia! O dia foi cheio, era uma correria para dar tempo de fazer todas as delícias e decorar o espaço com bandeirinhas, balõezinhos, fogueira, enfim, ficou lindo! E os meninos fizeram até um portal de bambu!

Só para vocês terem uma idéia das maravilhas: escondidinho de carne seca, milho verde, cachorro-quente, ovos de codorna, salsichão no palito, curau, canjica, bolo de milho verde, bolo de aipim com côco, pé-de-moleque, quebra-queixo, paçoca, maçãs do amor, doce de mamão verde…muita coisa boa! Imaginem se não exagerei????

A única coisa que não tinha era cocada…minha sogra não pode comer côco e já tinha muita coisa, então resolveram não fazer.  Eu sou apaixonada por côco e fiquei com vontade de comer cocada…logo que cheguei em casa fui buscar uma receita.

Já postei aqui uma receita muito boa e resolvi fazer outra para experimentar. Esta é super fácil e fica muito gostosa. A cocada fica macia e é fácil de cortar.

A receita vem da Rose e foi super aprovada…o marido adorou! E eu mais ainda! Vou fazer com maracujá da próxima vez! Obrigada por dividir essa maravilha, Rose!

Cocada de corte

Ingredientes:
- 1 lata de leite condensado
- 3/4 lata (use a medida da lata de leite condensado) de açúcar*
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 1 pacote de coco ralado adoçado (100g)

* diminui a quantidade de açúcar pois usei côco ralado já adoçado

Modo de Fazer:
Leve tudo ao fogo mexendo sempre até desgrudar da panela.

A única coisa que farei da próxima vez é forrar a forma com papel vegetal untado para ficar mais fácil de retirar os pedaços após cortar.

Coloque em forma untada espalhando bem, corte em pedaços após umas 3 ou 4 horas (fora da geladeira).

Guarde em pode hermético.

Dica da Rose: Quanto mais tempo ficar no fogo mais douradinha ela vai ficando.
                        Quando for cortar os pedaços não sairão iguais por conta da maciez da cocada.

Suspiros: de noz pecã e também de limão

8 jun

maio10 017

Apesar de já ter feito suspiros antes ainda não estava totalmente satisfeita com o resultado e depois de ter visto várias vezes os suspiros da Claudia, lindos e também com sabor, resolvi testar a receita. Tudo que ela faz é lindo e super apetitoso e já testei…então não deu outra, ficaram deliciosos!

Aproveitei as claras que tinham sobrado quando fiz os quindins para o niver do marido. Não jogue claras fora, podem até ser congeladas.

Adaptei levemente, já que fiz dois tipos, com nozes processadas e outros com raspinhas de limão. Esta receita é maravilhosa, vale a pena anotar para ser a sua receita básica de suspiro. A variação dependerá da sua imaginação.

Os suspiros de noz pecã ficaram crocantes e com um jeito mais rústico. E os de limão ficaram brilhantes, lindinhos!

Suspiros de noz pecã e também de limão

(levemente adaptados daqui)

3 claras (cerca de 90 gramas)
1 copo de 200ml de açúcar (cerca de 180 gramas)

raspas de um limão grande

2 colheres (sopa) de noz pecã processadas

A dica do suspiro é sempre o dobro de açúcar em relação às claras.

Forre duas formas grandes com papel vegetal e reserve. Misture as claras com o açúcar e comece a bater com um batedor de mão num pote sobre banho maria até que a mistura alcance cerca de 60C no termômetro.

Remova do banho maria e com uma batedeira bata bem até formar um suspiro duro mas não muito seco.

Divida o suspiro em dois vasilhames:

Noz pecã: misture as duas colheres da noz processada, lembre-se de usar um fuet ou colher de pau.  Os movimentos devem ser suaves para não perder o volume do suspiro.

Limão: misture as raspas de um limão, da mesma forma que fez com a noz pecã, com cuidado para não perder o volume do suspiro.

Transfira para um saco de confeiteiro ou um saco plástico forte com um corte pequeno no bico e forme suspiros no formato que desejar nas formas preparadas.

Asse a 140C se forem suspirinhos bem pequenininhos, ou 150C se forem maioris, por 10 minutos. Quanto mais baixa a temperatura menor a chance dos suspiros racharem ou quebrarem. Quando prontos os suspiros soltam do papel sem nenhuma dificuldade.

Rendeu bem, aproximadamente 50 suspiros.

Os meus duraram muitos dias, coloquei em saquinhos com lacinhos e dei de presente! Foi um sucesso!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 252 outros seguidores