Arquivo | 5:55 pm

Allium forever

14 fev

alho

Não consigo pensar em cozinhar sem usar o alho – frito, assado, cru, em pasta, enfim, de alguma forma ele está lá marcando presença nos pratos que saem da minha cozinha.

Comida sem alho é como festa sem brigadeiro, bala com papel, já pensou num arrozinho fresquinho sem aquele refogado de alho e cebola? Ou então o feijão borbulhante sem o dito cujo no tempero??? Sei não, macarrão ao alho e óleo…sem o alho fica aquela coisa sem gosto, Deus me livre!!! 

É um condimento que ou agrada ou desagrada, não tem aquele meio termo: “ah, só um pouquinho…”, já que a menor quantidade adicionada ao prato muda completamente o paladar, para melhor, acredito eu! Camarão ao bafo com alho frito, ai Jesus!!!!  

Ganhei alguns dentes de alho plantados organicamente e com muito amor e carinho pelos meus pais, eles também são grandes apreciadores da iguaria.  A foto é para mostrar o quão pequeninos são….o da direita é comprado.  O sabor desse alho é muito mais suave do que o normal, se não me engano é conhecido na região onde eles moram como alho-burro, mas não sei a origem do nome. 

A paixão pelo bulbo é tanta que há um restaurante em San Francisco em sua homenagem, o Stinking Rose.  Se a comida é boa, não sei, mas se usa alho deve ser… As fotos são bem legais! 

Algumas dicas para os que gostam de usá-lo (retirado da Folha Online):  

– Para descascar vários dentes de alho, coloque-os por cinco segundos no microondas ou mergulhe-os rapidamente em água fervente. A casca deve soltar-se com facilidade.

– Pra remover o cheiro de alho das mãos, abra a torneira de água fria e deixe que o jato escorra abundantemente do punho para baixo, sem esfregar as mãos.

– Para que o alho não se torne indigesto, corte-o no sentido do comprimento e remova o filamento do centro do dente. 

Se não bastasse ser gostoso, ainda faz muito bem à saúde, duvida??? Meu avô tomou durante anos a fio um complemento vitamínico alemão chamado Ilja Rogoff, à base de óleo de alho e tinha uma saúde de ferro, viveu até os 84 anos. 

É usado como antibiótico principalmente contra infecções causadas por fungos, funciona contra vírus da herpes e outros relacionados; aumenta a ativação das células T e acentua a função antitumoral das macrófagas; aumenta a imunidade contra uma série de agentes infecciosos (Sonia Hirsh conta as maravilhas do alho para nosso corpo).   Funciona contra a tosse, gripe…use alho e viva melhor.  

Se não for por tudo isso…afasta os vampiros que insistem em nos rodear…!