Arquivo | 10:42 pm

Inspirações…

8 mar

MAMINHA 

Às vezes faltam-me idéias para o jantar nosso de cada dia, ainda mais quando o tempo para cozinha não é muito (tenho um pequeno de 1 ano e 8 meses) e o calor não anima a estar perto do fogão, e fico procurando receitas nos blogs amigos, tentando imaginar os sabores e texturas através das fotos e textos maravilhosos.  

Foi assim com esta receita do Technicolor Kitchen .  Lógico que dei uma mudada básica em algumas coisas, mas a essência é a mesma e ficou uma delícia!  Aprovadíssimo!!!!  Obrigada pela inspiração Patrícia.

A receita está postada como no blog original, as alterações e comentários estão em itálico.

Maminha com minicebolas

40g de manteiga
400g de maminha – pedaço único (usei 600g de fraldinha à vácuo)
200g de minicebolas (usei dentes de alho gigantes e 2 cebolas)
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 ramo grande de alecrim (usei tomilho)
sal e pimenta do reino a gosto

Na panela de pressão, derreta a manteiga.  Acrescente a carne e vá dourando de todos os lados. Tempere com sal e pimenta.  Quando estiver bem dourada, acrescente água até cobri-la, tampe a panela e, quando começar a chiar, abaixe o fogo e cozinhe por 30-35 minutos.  Desligue e espere sair toda a pressão, tome cuidado.
Pré-aqueça o forno a 180ºC por 10 minutos.

Coloque as minicebolas (alhos e cebolas) em uma forma, tempere com um pouquinho de sal e pimenta, regue com o azeite e leve ao forno por 20 minutos – elas ficarão macias (ainda acrescentei tomilho antes de ir ao forno).

Aqueça a carne na panela – se tiver muito caldo, retire o excesso (não precisou pois deixei apurar bem) – junte o alecrim e deixe apurar por 10 minutos (juntei cogumelos e engrossei com um pouco de trigo).  Sirva com as minicebolas (alhos e cebolas).  Na hora de servir decorei com endro (aneto) fresco, deu um toque gostoso!

Rend.: 2 porções (como usei mais carne rende bem para 3 adultos)
 

O marido achou que eram batatas e ficou surpreso ao saborear os dentes de alho gigantes assados! Ficou muito bom!

Anúncios

Sonho de consumo …

8 mar

vilarejo

                                                                          Imagem: Art.com

Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão

Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraiso se mudou para lá

Por cima das casas, cal
Frutos em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonho semeando o mundo real

Toda gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa

Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar

Em todas as mesas, pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os destinos
E essa canção

Tem um verdadeiro amor
Para quando você for
 
Música: Vilarejo

Marisa Monte – Infinito Particular