Arquivo | 11:45 pm

Macarrão com molho da Nonna

23 nov

Macarrão com molho da Nonna

Nonna é na verdade minha bisa, mas até nós que somos bisnetos nos referimos a ela desta forma carinhosa, mesmo que não a tenhamos conhecido…  Já falei um pouco dela por aqui, italiana guerreira, de sangue quente e vontade forte que veio ao Brasil como acompanhante de uma senhora rica e nunca mais regressou à pátria querida.  Não porque não tivesse condições ou não tivesse vontade, mas passou tão mal na viagem de navio que não conseguiu pisar novamente numa embarcação, consequentemente ficou aqui e criou seus filhos e netos.

A Nonna é “cantada em verso e prosa” pelas maravilhas que fazia na cozinha e muitas delícias aproveitamos pelas mãos de minha avó, tia e minha mãe.  Uma das mais famosas receitas é seu molho de macarrão, o prato do domingo em casa e sempre servido quando a família está reunida.  Infelizmente a foto não faz jus à maravilha que é o aspecto, ficou meio desfocada mas posso assegurar que vale a pena experimentar.  Em casa costumamos fazer sempre um pouco mais e congelar algumas porções para aquela hora em que a vontade aparece e não dá tempo para preparar um molho do jeito que a Nonna fazia.  Ela servia sobre uma pasta que fazia também em casa, ainda não consegui essa proeza, o meu foi sobre um macarrão de grano duro, mas não deixou de ficar muito saboroso! E viva la Nonna! 

Fiz assim: na panela de pressão fritei no azeite cubos de tamanho médio de acém (pode ser Coxão mole, músculo ou outra carne de segunda que tenha um sabor acentuado), aproximadamente 500 a 600g de carne.  Deixei dar uma dourada e acrescentei uma cebola picadinha e quatro dentes de alho. Deixei fritar até dourar e juntei uma lata e meia de tomate pelati (aquele sem pele já comprado enlatado) e duas colheres de sopa de extrato de tomate.  Juntei duas cenouras médias em pedaços, um alho porro em rodelas (parte branca) e as folhas inteiras e cobri com água.  Deixei cozinhar na pressão em fogo médio por uns 35-40 minutos até que a carne estivesse macia e desliguei o fogo.  Assim que esfriou abri a panela e corrigi o sal.  Tirei as folhas do alho porró e descartei.  Retirei a carne e bati o molho com mixer, pode ser no liquidificador também.  Juntei a carne novamente e deixei apurar em fogo médio com a panela semi tampada (sem pressão).  Esse molho fica maravilhoso, pode ser congelado em pequenas porções ou servido assim que pronto.  Se preferir faça em panela de ferro ou pedra, demora um tempo maior (umas duas horas) mas o gosto é bem mais acentuado!
Dica da Nonna: um pau de canela no molho dá um toque maravilhoso!
Dica da minha irmã: umas folhas de espinafre cozidas no molho dão mais vitaminas e ferro e não mudam o gosto!

Anúncios