Macarrão com molho da Nonna

23 nov

Macarrão com molho da Nonna

Nonna é na verdade minha bisa, mas até nós que somos bisnetos nos referimos a ela desta forma carinhosa, mesmo que não a tenhamos conhecido…  Já falei um pouco dela por aqui, italiana guerreira, de sangue quente e vontade forte que veio ao Brasil como acompanhante de uma senhora rica e nunca mais regressou à pátria querida.  Não porque não tivesse condições ou não tivesse vontade, mas passou tão mal na viagem de navio que não conseguiu pisar novamente numa embarcação, consequentemente ficou aqui e criou seus filhos e netos.

A Nonna é “cantada em verso e prosa” pelas maravilhas que fazia na cozinha e muitas delícias aproveitamos pelas mãos de minha avó, tia e minha mãe.  Uma das mais famosas receitas é seu molho de macarrão, o prato do domingo em casa e sempre servido quando a família está reunida.  Infelizmente a foto não faz jus à maravilha que é o aspecto, ficou meio desfocada mas posso assegurar que vale a pena experimentar.  Em casa costumamos fazer sempre um pouco mais e congelar algumas porções para aquela hora em que a vontade aparece e não dá tempo para preparar um molho do jeito que a Nonna fazia.  Ela servia sobre uma pasta que fazia também em casa, ainda não consegui essa proeza, o meu foi sobre um macarrão de grano duro, mas não deixou de ficar muito saboroso! E viva la Nonna! 

Fiz assim: na panela de pressão fritei no azeite cubos de tamanho médio de acém (pode ser Coxão mole, músculo ou outra carne de segunda que tenha um sabor acentuado), aproximadamente 500 a 600g de carne.  Deixei dar uma dourada e acrescentei uma cebola picadinha e quatro dentes de alho. Deixei fritar até dourar e juntei uma lata e meia de tomate pelati (aquele sem pele já comprado enlatado) e duas colheres de sopa de extrato de tomate.  Juntei duas cenouras médias em pedaços, um alho porro em rodelas (parte branca) e as folhas inteiras e cobri com água.  Deixei cozinhar na pressão em fogo médio por uns 35-40 minutos até que a carne estivesse macia e desliguei o fogo.  Assim que esfriou abri a panela e corrigi o sal.  Tirei as folhas do alho porró e descartei.  Retirei a carne e bati o molho com mixer, pode ser no liquidificador também.  Juntei a carne novamente e deixei apurar em fogo médio com a panela semi tampada (sem pressão).  Esse molho fica maravilhoso, pode ser congelado em pequenas porções ou servido assim que pronto.  Se preferir faça em panela de ferro ou pedra, demora um tempo maior (umas duas horas) mas o gosto é bem mais acentuado!
Dica da Nonna: um pau de canela no molho dá um toque maravilhoso!
Dica da minha irmã: umas folhas de espinafre cozidas no molho dão mais vitaminas e ferro e não mudam o gosto!

23 Respostas to “Macarrão com molho da Nonna”

  1. Lunalestrie novembro 24, 2007 às 1:42 am #

    Estou aqui salivando, ave, ave, nem jantei ainda!

  2. Suzana novembro 24, 2007 às 3:00 pm #

    Verena, a receita deve ter ficado muito boa, mas a história da sua bisa é absolutamente deliciosa! E viva la Nonna!😉

    bjs

  3. pipoka novembro 24, 2007 às 7:47 pm #

    As receitas da avó (ou bisavó) são sempre deliciosas, quer pelos sabores, quer pelas memórias.

    bjs

  4. Laurinha novembro 24, 2007 às 7:50 pm #

    Que delícia, faço na panela de ferro, horas no fogão, adoro!!!
    E sempre congelo, pq não é sempre que tenho 4-5-6 horas à disposição na cozinha…
    Nunca pus as folhas do alho poró… vou fazer assim da próxima vez!
    Beijinhos,

  5. valentina novembro 24, 2007 às 9:44 pm #

    Ve, amei este molho. e vou fazer para congelar agora que vi o teu coment’ario de que ‘e bom para congelar tamb’em.

  6. Marizé novembro 24, 2007 às 10:10 pm #

    Que molho, que prato, que história…
    Adorei tudo!

    Beijocas

  7. Dani Toré novembro 24, 2007 às 10:39 pm #

    Se isso é foto ruim, imagino o que vc pensa das minhas.rsrsrs
    A foto tá linda, e o sabor deve ser maravilhosso!
    Já tá anotada.
    Bjs, linda.

  8. daninha novembro 25, 2007 às 1:17 am #

    Oi, te vi na lista do amigo secreto de blogs de comida e passei pra conhecer seu blog.

    Voltarei sempre, beijinhos.

    Daninha
    http://cinebistrot.blogspot.com/

  9. Eliana Scaramal novembro 26, 2007 às 1:01 pm #

    Delícia!!!

  10. Vera novembro 26, 2007 às 7:13 pm #

    Não há nada como as receitas de família !
    gosto muito quando você conta as histórias da sua família, sao testemunhos bonitos !

  11. EduardoLuz novembro 28, 2007 às 5:46 pm #

    No meu caso ( o tal macarrão ralado !) quem faz este molho cheio de manhas e de histórias é a minha mãe que é calabresa e tenho cubos e cubos dele congelados no meu freezer.
    E viva os molhos com história !

  12. Alessander Guerra novembro 28, 2007 às 8:53 pm #

    Só por dizer que era da Nonna não precisava nem falar que o sabor era bom demais!!!

    até
    Alessander Guerra
    http://www.cuecasnacozinha.blogspot.com

  13. bia novembro 29, 2007 às 12:43 pm #

    So de ler o texto ja deu vontade de experimentar este molho, e estou anotando pq vou fazer qui ! bjs

  14. Fer Guimaraes Rosa novembro 29, 2007 às 9:02 pm #

    Verena, tambem nao conheci minhas nonas–avó e bisavó, mas faco o molho que minha mae aprendeu a fazer com minha bisavó italiana. minha avó morreu cedo, com 29 anos, nem teve tempo de ensinar nada as filhas..😦

    beijao,

  15. Paula Labaki dezembro 1, 2007 às 8:19 pm #

    Adorei esse seu espaço. Amo a arte de cozinhar e criar novos caminhos em pratos já antigos.
    Adorei!!!

    Um beijo

    PAULA

  16. Cláudia dezembro 2, 2007 às 4:44 am #

    Verena, isso sim que é a verdadeira M A C A R R O N A D A!
    Nota 1000!

    bjs

  17. Ana dezembro 4, 2007 às 1:48 am #

    Cá em casa adoramos macarrão. Vou anotar esta receita que parece deliciosa. Vou adicionar o teu blog p n o perder de vista.
    Bjokas
    Ana

  18. Cinara dezembro 4, 2007 às 3:29 am #

    Vê, adorei saber mais sobre a sua nonna e ainda mais em conhecer essa receita de molho maravilhosa! Eu comecei a fazer o molho de tomate caseiro há pouco tempo, mas o meu não é tão sofisticado quanto o seu, ou melhor, o da sua nonna! Vou fazer com certeza! ;o)
    Beijo enorme, amiga!

  19. Duly dezembro 4, 2007 às 1:53 pm #

    Uau…que receita!!!!! Já anotei e vou fazer para a família sei que será aprovada! Hummmm que delícia deu água na boca!

  20. Vinni dezembro 5, 2007 às 12:54 am #

    Vê querida!
    A receita ficou divina, recheada com muito amor e capricho.
    Mas a história, q bela! :}
    São essas experiências de vida que nos dão forças para continuar com mais vontade. :]
    Beijinhos pra vc, tá?!
    Vinni

    amehliadigital.blogspot.com

  21. Ervas Medicinais abril 5, 2008 às 11:18 pm #

    Jesus, deu água na boca.

  22. Silvana Giagliard outubro 4, 2008 às 2:04 pm #

    Que belo site,

    ao ver o nome de seu site instantaneamente lembrei-me de minha avó, brava na ponta da mesa, determinando: “Mangia che te fa bene”, ou Salute i felitita, filiori masculi in quantitá. Obrigada pela generosidade com as receitas, vou experimentar hoje o a salada de alho poró.

  23. MB maio 10, 2014 às 12:44 pm #

    Exatamente o que estava procurando obrigado!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: