Archive | julho, 2008

Irish Mom Brown Bread (Pão integral da Mamãe Irlandesa)

17 jul

Quem já conhece o Mangia há um tempinho ou me conhece sabe do meu grande amor aos pães…declarado e cantado em verso em prosa. Depois que ganhei a panificadora tenho testado inúmeras receitas e até me aventurado a inventar algumas, e sem decepções!
Este pão fica uma delícia, com um sabor bem diferente do pão integral que normalmente faço, tive até a impressão que ficou mais “nutritivo” pois demorei para sentir fome novamente após degustá-lo. Então, sem mais demora resolvi dividir com vocês.
Vale a pena fazer, da primeira vez não acrescentei ervas ou grãos/sementes mas com certeza vou experimentar.
Achei a receita
aqui (a tradução abaixo é livre, ok?).

Irish Mom Brown Bread

3 xíc. de trigo integral (usei Centeio pois era o que tinha em casa)
1 xíc. de trigo branco
uma pitada de sal (usei 1 colher chá)
1 colher chá de bicarbonato de sódio
1 ¾ xíc. de buttermilk *
110g manteiga (usei sem sal)
1 ovo

Derreta a manteiga em fogo baixo (sempre faço no microondas, aproximadamente 50 segundos). Numa tigela media bata o ovo e vá incorporando o buttermilk. Misture a manteiga.
Em outra tigela peneire e misture os ingredients secos o melhor que puder e agregue a mistura de buttermilk. A mistura deve ser mole, algo como uma massa de brownie. Se estiver muito dura vá colocando um pouco mais de buttermilk até atingir a consistência correta.
Asse em forma untada (usei a de bolo inglês) em forno médio por aproximadamente 50 minutos (o meu foi um pouco menos, mas depende do forno). Ao bater com os nós dos dedos na parte de baixo do pão o som deve ser oco. Cuidado para não tirar o pão do forno antes do tempo ou o meio ficará cru.
Rende 1 pão.

*Buttermilk: misture 1 colher de sopa de vinagre para cada xícara de leite e reserve por 5 minutos.

Observação: fiquei um tanto quanto receosa de não deixar o pão crescer e não colocar fermento de pão, somente bicarbonato…mas deu certo e ficou ótimo!

 

Estrelando: Brownie Sex and the City

9 jul

 

Quando dá tento parar o mundo (parafraseando o Luca, um amigo) e dou um pause, corro aqui para visitar os blogs amigos, conhecer as novidades (são tantas!!!) e postar uma receitinha.

Desta vez é um brownie para lá de delicioso! Tinha guardado esta receita há tempos (tirei daqui) e resolvi experimentar diante de uma vontade incontrolável de comer chocolate….  Não podia ser vontade de comer alface?
Com o filme lançado há pouco no Brasil a receita ficou com cara de propaganda, mas não é …pura coincidência…muito agradável aliás….ô delícia de brownie…lógico que mudei algumas coisinhas pois não gosto de doces muuuuuuuito doces, e usei Castanha do Pará, mas entendo que devemos agradar nosso paladar, não?

No seriado as protagonistas eram fãs de brownie e eu sempre ficava com água na boca quando as meninas degustavam o doce. 

 

“Chocolate-se”!

 

Brownie Sex and the City

 

200 gramas de manteiga integral sem sal

200 gramas de chocolate meio amargo

250 gramas de açúcar mascavo (usei 125 g)

250 gramas de açúcar refinado (usei 125 g)

4 ovos

250 gramas de farinha de trigo

150 gramas de nozes trituradas (usei 50 g castanhas do Pará)

 

Unte e enfarinhe uma assadeira de 20 x 30 cm (usei uma forma com fundo falso de 26cm de diâmetro,  pois não tinha a do tamanho sugerido). Reserve. Pré-aqueça o forno em médio (cerca de 180 graus). Derreta o chocolate com a manteiga. Coloque os ovos em uma tigela e bata bem. Vá adicionando a mistura de chocolate aos poucos. Em outra tigela, coloque a farinha, o açúcar refinado e o mascavo. Misture delicadamente a mistura de chocolate com os secos e leve para assar. O brownie tem que sair do forno quando ainda estiver mole, apenas com a casquinha em cima sequinha.

 

Uma farofa que virou “arroz italiano”

3 jul

 

Estava fazendo almoço domingo e resolvi fazer uma farofinha para acompanhar umas lingüiças ao forno com repolho e cebola roxa.  Fiz um bom refogado de alho e cebola na manteiga e azeite e na hora de colocar a farinha de mandioca percebi que a mesma já estava para lá de Marrakesh…vencida…e aí?  

Sem problemas, lembrei que tinha farinha de rosca, nunca experimentou farofa com a dita cuja? Muito bom, vai por mim…mesmo jeito de fazer, só trocar a farinha de mandioca pela de rosca e se deliciar…mas sabe aqueles dias que são vários “mas”, a farinha de rosca já tinha sido usada numa milanesa.

Ai, ai, ai…abri o armário e fiz um raio x…o que poderia ser usado? Um pacote de aveia em flocos finos piscou para mim e lá foi a aveia para a panela.  Ficou muito gostoso, diferente da farofa pois absorveu a manteiga, mas ficou interessante e muito saboroso!  São essas coisas que sem querer a gente experimenta e dá certo, adorei a descoberta!  

Talvez da próxima vez eu torre a aveia antes para ver se fica mais crocante….

Engraçado foi ver a cara do meu filho (3 anos) perguntando o que era aquilo… e sem pensar muito eu disse: “É arroz italiano, filho.”  Ele experimentou e aprovou. Agora olhando a foto no computador ele me disse: “Olha, mamãe, é o arroz italiano!”

 

Servi com arroz, salada verde e as lingüiças ao forno…hummmmmmm!

 

Não seja preconceituosa (o), experimente novos sabores e texturas, quem sabe você não descobre uma jóia gastronômica?