Arquivo | 2:56 pm

Preta, preta, pretinha….amora no quintal…

8 maio

Amora_Snow Valley

Adorei o contraste nesta foto, a delicadeza das amoras pretas e o arame farpado ao fundo…é uma plantação numa propriedade em São Joaquim, Santa Catarina.   As amoras são plantadas em arbustos com apoio na cerca, é uma graça ver esses pontinhos primeiro rosa, depois vermelhos e pretas quando maduras! O suco desta fruta é uma delícia, além de ser super natural, pois neste caso é fruto de agricultura orgânica.

A amora preta, cujo nome científico é Rubus ulmifolius Rosaceae, é planta nativa da Europa e América do Norte, não confunda com aquela amora preta brasileira, mais alongada e largamente encontrada em quintais, sítios e fazendas.  O tipo brasileiro é mais doce para o consumo in natura, quem nunca pegou amora no pé e ficou todo manchado, inclusive aquela blusa branquinha??? 
A amora preta que falo é mais redondinha, mais azedinha e para meu paladar funciona maravilhosamente bem em doces, geléias, compotas, sorvetes e sucos. Cuidado ao tentar colhê-la, a danada possui espinhos ao longo do caule.

Ainda não se convenceu? Olha só quanta coisa boa essa fruta oferece:

  • amora-preta in natura é altamente nutritiva. Contém 85% de água, 10% de carboidratos, com elevado conteúdo de minerais, vitaminas B e A e cálcio. (Infobibos);
  • o controle de hemorragias em animais e seres humanos, controle da pressão arterial e efeito sedativo, complexação com metais, função antioxidante (Scielo);
  • característica laxativa, expectorante, refrescante, emoliente, calmante, diurético e antidiabético (Criar e Plantar).

 

No local onde tirei a foto funciona o Snow Valley, é um centro de lazer, são oferecidas atividades de Ecoturismo, por exemplo: a Tirolesa, Escalada, Arvorismo, Pêndulo, trilhas na mata. O local é lindo, tem mata e plantas nativas, além de servir refeições (experimente a truta!!!!) e café colonial, possibilitar ao turista hospedar-se no local e até fazer curso de imersão em inglês.  Gostou? Visite o lugar, não vai se arrepender!  Ah, só para terem uma idéia, meu filho de quatro anos foi com o pai na Tirolesa…adorou, queria de novo!!! 

Ainda acho que as amoras são um pouco caras quando comparadas a outras frutas nativas, mais isso tende a mudar já que a produção comercial vem sendo incentivada em vários estados do Sudeste e Sul, visto que o clima é mais propício para o desenvolvimento das amoras. Meus pais plantaram algumas mudas e colhem há mais de 2 anos as lindas frutinhas. Que venham as amoras pretas e façam nossa alegria!