Muitos cereais no pão – Breadbaking Day #20

27 maio

Bread Baking Day logo 

bbday blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fazer pães é uma paixão…essa história de amor não começou há muito tempo…como minha mãe é uma padeira de primeira linha só quando fui morar fora de casa é que comecei a me aventurar na arte.

Acredito que fazer pães é uma arte, não é só seguir as receitas e pronto.  Se não há amor que passe das suas mãos para a massa no ato de sovar o pão (ou mesmo na hora de misturar os ingredientes, já que muitas vezes a panificadora faz o trabalho pesado) ou de moldá-lo para crescer e assar, não adianta, não vai ficar bom.  Para mim não é um ato mecânico, fico tentando sentir antecipadamente aquele perfume maravilhoso que vai invadindo a casa enquanto o pão está no forno, a textura da casca e os sabores que vão nos alegrar.

Encontrei no Kochtopf um outro apaixonado por pães e que está sempre pronto a aprender novas receitas e dividir seus conhecimentos.  No ano passado já participei de um evento que ele hospedou sobre pães e não pude deixar de fazê-lo novamente agora.  Agora me dei conta de que é um evento mensal e que desta vez está sendo hospedado pela Rachel do Tangerine´s Kitchen.

O tema do mês é Pães de múltiplos cereais, que são pães feitos com mais de um tipo de grão, algumas vezes até uma dezena deles. Pode-se usar: espelta, centeio, cevada, milho, aveia, painço, amaranto entre outros, além de sementes e outros ingredientes que enriqueçam a massa e dêem uma textura especial.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Para participar:

Faça um pão com o maior número de grãos possível, o tamanho e formato do pão não importam.  Poste no seu blog até 1º de Junho de 2009.  Caso não tenha um blog em língua inglesa coloque uma tradução no post ou mande a tradução para o email abaixo.  Se não tiver um blog mande os detalhes necessários que a hospedeira do evento se encarrega de postar na listagem final.

Assim que postar a receita com foto no blog, mande um email para tangerineskitchen@gmail.com com os seguintes dados:

  1. Assunto: BBD#20
  2. seu nome
  3. localização
  4. nome da receita e URL do post
  5. nome do seu blog e URL
  6. uma foto do pão (250px)

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A receita que escolhi me conquistou logo que bati os olhos, achei que ficaria bom, mas me surpreendi, o pão ficou muito saboroso, muito bom mesmo!

Fiz meia receita, a original dá 3 pães…a minha rendeu um grande e outro médio, como se vê na foto.

Adaptei ligeiramente daqui:

Susan’s Honey Bran Whole Wheat Bread

Meia receita

  • 3 xícaras trigo branco
  • 1/2 xícara de farelo de aveia
  • 1/2 xícara de farelo de trigo
  • 3/4 colher (sopa) de fermento seco para pão
  • 1 colher (sopa) manteiga
  • 1/6 xícara de mel
  • 2 1/2 xícaras de leite morno (usei só 2 xícaras)
  • 2 xícaras de trigo integral (usei Centeio)
  • 1 colher (sopa) de sal

Numa tigela grande misture: farinha branca, farelo de aveia, farelo de trigo e o fermento. Faça um buraco no centro e despeje a manteiga derretida, o mel e o leite.  Misture bem e mexendo vigorosamente vá acrescentando o centeio (uma xícara por vez), até que a massa fique macia, só um pouco grudenta.  Pode levar alguns minutos.

Despeje esta massa numa superfície enfarinhada e sove por 6 a 7 minutos, acrescentando mais trigo para que a massa não grude nas mãos ou na mesa de trabalho.

Vire a tigela em cima da massa e deixe descansar por 20 minutos – período chamado de autolyse.

Remova a tigela, amasse a massa com as mãos e despeje metade do sal.  Vá incorporando o sal na massa (confesso que achei meio estranho mas no final deu certo).  Após alguns momentos jogue o resto do sal e sove por mais 7 minutos – até que todo o sal esteja incorporado e a massa esteja macia.

Coloque a massa numa tigela em que consiga claramente ver quando dobrou de tamanho (ela sugere uma vasilha plástica com tampa e diz para fazer uma marca onde deverá ser o volume aumentado). Eu coloquei numa tigela de vidro com filme plástico em cima. Leve a um local em que a temperatura esteja próxima de 26ºC.  Liguei o forno, deixei um pouco aceso e depois desliguei. Coloquei lá dentro com a luz interna ligada até crescer.

Quando já tiver crescido leve a uma superfície enfarinhada e gentilmente vá amassando com as mãos para retirar o ar de dentro da massa. Divida a massa em três partes iguais – a minha dividi em uma maior e outra menor.

Dê a forma que quiser e polvilhe trigo em cima após colocar em formas untadas com manteiga. Eu passei as mãos molhadas no topo do pão, rolei num pratinho com sementes de gergelim e de girassol e depois sobre o trigo. Fiz as incisões na massa e deixei crescer novamente no forno médio por uma hora – cobri com um pano de prato limpo.

Se tiver uma pedra para assar (baking stone) coloque para esquentar no forno uma hora antes de assar, exatamente na hora da segunda crescida da massa.

Asse em forno médio por 40-50 minutos ou até que estejam dourados e que ao bater com os nós dos dedos no fundo do pão ouça um som oco.  Remova imediatamente das formas e deixe esfriar numa grade.  Espere pelo menos 40 minutos para comer – o pão continua a assar mesmo fora do forno. Guarde em temperatura ambiente em sacos de papel (tipo aqueles de supermercado ou padaria) ou congele.

Parece muito trabalho, mas fiquei tão feliz quando tirei meus pães do forno, lindos!!!!

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

To bake breads is a passion to me, this love story did not start too long ago…as mom is a great baker only when I moved out of the house I started to get down to business.

I believe that baking bread is an art, not only following recipes. If there is no love from your hands to the dough while kneading (or even when putting ingredientes together for some times the breadmachine does the hard work) or shapping the loaves to proof and bake, it doesn´t matter, it won´t come out good. To me is not a mechanical thing, I try to antecipate the smell while the bread is in the oven, the crust texture and the flavors that are about to make our day.

I found at Kochtopf another bread lover which is always fond to learn new recipes and share the knowledge. Last year I participate in World Bread Day and here I go again. Just now I realized that is a monthly even and this time is hosted by Rachel at Tangerine´s Kitchen.

This month theme is Multigrain Breads, which are breads made of more than one grain, even a dozen types. They are supposed to enrich the flavor and texture.

English Recipe click here

Anúncios

6 Respostas to “Muitos cereais no pão – Breadbaking Day #20”

  1. Nana maio 27, 2009 às 2:59 am #

    Flor, concordo contigo em tudo, quero participar!
    Só que ficará para o mês que vem, já que não tenho receita nenhuma agora snif
    Amo fazer pão e come-los, é outra vida do que comprar na padaria.
    Bjsss

  2. Mari maio 27, 2009 às 2:09 pm #

    Verena querida, sem dúvida os pãezinhos feitos em casa têm um gosto muito mais especial e melhor do que os comprados nas padarias e mercados da vida… 🙂
    Apesar de adorar fazê-los, não tenho muito jeito com eles, ainda!!! Tenho máquina de fazer pão, mas costumo fazer apenas a sova e a fermentação nela… aí, moldo bonitinha (se a massa não gruda em mim toda kkkk), ou coloco numa forma de bolo inglês… o pessoal em casa ama!!!
    Esses desafios são sempre tão bacanas, pois a gente vai pesquisar, tentar fazer algo novo, e aprende bastante com eles… tanto com as nossas próprias experiências, como com as das outras pessoas!
    Teus pães ficaram maravilhosos, a foto está um desbunde!!
    Beijo grande,

    Mari

  3. Goreti maio 27, 2009 às 3:27 pm #

    Verena, pão caseiro é demais de bom, por melhor que seja a padoca perto da sua casa. Nada supera ao prazer de sentir o perfume do pão quase saindo do forno.

    Lindo seu pão!

    Beijos!!!

  4. Silvia Arruda maio 27, 2009 às 4:32 pm #

    Eu adoro pães cheios de cereais… hummm
    Pena que não vou poder participar desse concurso… além de estar com o tempo meio escasso 😦 , não tenho muita afinidade com massas para sovar…. mas um dia hei de vencer essa barreira! hehe

  5. Moira junho 2, 2009 às 1:04 am #

    Verena,
    Que trabalheira de pão, mas o resultado valeu bem a pena. Os seus pães ficaram lindos.
    Cá em Portugal só agora começaram a aparecer as misturas de farinhas para vários tipos de pão, porque o pessoal anda numa loucura de comprar máquinas de fazer pão, agora é moda. Eu costumo comprar essas farinhas, mas gosto de fazer o pão à mão. Já participei umas 3 vezes neste evento, e o meu único problema é ter que traduzir as receitas para inglês, às vezes não me sinto confiante para traduções mais complexas. Fora isso os temas são sempre muito interessantes. Estou ansiosa para ver os resultados.
    Um abraço

  6. Lien junho 3, 2009 às 12:11 pm #

    How wonderful that you participated the BBD, your bread looks beautiful!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: