Arquivo | 9:33 pm

Como fazer Pate Brisee e uma torta de banana

20 abr

abril10 113

As várias receitas de torta que vejo em alguns blogs estrangeiros mencionam o uso de uma massa de torta pronta.  Lembro-me que quando moramos na Alemanha no supermercado era super comum e eu achava o máximo essa possibilidade de facilitar o trabalho. Compra-se a massa assada e recheia-se como quiser.

A medida que me aprofundo mais na arte de aprender a culinária percebo mais e mais que as coisas feitas em casa, com raras exceções, são muito melhores e mais saborosas que as industrializadas.  Daí, resolvi buscar uma receita da Martha Stewart de Pate Brisee, que é aquela massa normal de torta.

Fiz e gostei bem.  Fácil e ainda dá para congelar se não for usar tudo. Na verdade a massa rende para uma torta com massa em cima e embaixo, ou para duas tortas sem massa na cobertura. Ou ainda, caso prefira, uma torta com massa mais grossa.  No caso fiz duas massas para forrar a forma, usei uma e congelei a outra.  Minha forma de fundo falso tem 25cm e ficou muito bom pois deu certinho, massa fininha.

abril10 040

A segunda massa congelei e noutro dia usei para outra receita. Tirei do freezer e logo já tinha descongelado.  Ótima para visitas de última hora…

A receita traduzida da dona Martha:

Pate Brisee (massa de torta)

clip_image003clip_image003[1]

Pate brisee é a versão francesa para a clássica massa de torta.  Pressionar a massa na forma de disco ao invés de formar uma bola faz com que gele mais rápido. Este processo também ajuda na hora de abrir a massa e quando congelada a massa leva menos tempo no degelo.

Ingredientes

Rende 1 massa para forrar e cobrir ou duas para forrar.

  • 2 1/2 xícaras de trigo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de açúcar
  • 1 xíc. de manteiga sem sal, gelada e em cubinhos
  • 1/4 a 1/2 xíc. de água gelada

1. No processador misture o trigo, sal e açúcar.  Junte a manteiga e processe até que pareçam flocos, de 8 a 10 segundos.

2. Com o processador ligado junte a água gelada num fio.  Pulse até que a massa se forme sem estar muito líquida ou grudenta.  Não pulse mais de 30 segundos.  Para testar se está no ponto aperte um pouco da massa com os dedos: se estiver esfarelenta junte mais água gelada, 1 colher de cada vez até dar ponto.

3. Divida a massa em duas bolas iguais. Amasse e forme um disco e enrole em filme plástico.  Leve à geladeira por pelo menos 1 hora antes de usar.  Pode ser congelada por 1 mês.

4. Para descongelar retire do freezer e deixe em temperatura ambiente por uns 20 minutos para usar.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

A torta de banana foi uma tentativa de reproduzir uma torta que minha tia Yvonne faz que adoro.

Torta de Banana

1 massa de Pate Brisee

3 bananas nanicas maduras

1 lata de leite condensado

1 1/2 lata de leite (medida da lata de leite condensado)

raspas de uma mexerica ou laranja madura

gotas de essência Toffee ou baunilha (opcional)

1 1/2 colher (sobremesa) de amido de milho

Numa panela coloque o leite condensado, o leite com o amido de milho dissolvido e a essência.  Deixe em fogo baixo e quando estiver engrossando adicione as raspas de laranja. Reserve e deixe amornar.

Forre a forma de fundo falso com a Pate Brisee, faça uns furinhos com um garfo e leve ao forno para pré-assar.  Uns 10 minutos em forno médio são suficientes.

Retire a massa do forno, disponha as bananas em rodelas e por cima o creme de leite condensado.  Leve novamente ao forno até que o creme esteja duro e dourado. 

Aguarde amornar e sirva ou leve à geladeira para comer gelado.

A aparência não ficou essa lindeza toda, o creme deu uma rachadinha mas achei que o sabor ficou delicioso.  Uma boa alternativa ao tradicional bolo de banana que faço quando as bananas já estão ficando maduras demais na fruteira.  E refrescante. Bom para um lanche ou uma sobremesa com um frisante bem gelado!