Arquivo | 6:09 pm

Nhoque de ricota levíssimo! (Very light Ricotta Gnocchi)

3 maio

maio10 007

English recipe

Comecei enfim a fazer pasta em casa. Ainda não tenho o cilindro que facilita o processo, mas o rolo de macarrão dá para começar a brincadeira. Esta receita nem precisa do rolo, estava marcada há tempos para ser testada e me cativou pela descrição de um prato leve e fácil de fazer.

Nunca havia experimentado nhoque de ricota e resolvi que seria esta como a primeira a ser testada na lista das massas.  A receita é daqui

A massa é muito leve e fica perfeita com qualquer molho:, simples de tomate, ragu ou manteiga com sálvia (como eu comi).

O nhoque é uma massa que pode ser feita com batata, batata-doce, abóbora, espinafre, batata baroa (mandioquinha), mandioca e ricota.  Esses são os que conheço, mas tenho certeza de que dá para fazer de fruta-pão, de cará, de inhame e provavelmente algum outro tubérculo que a querida Neide (Come-se) nos apresenta sempre.

O nhoque é uma das preparações mais antigas na história da comida, e encontra-se referência ao prato em livros do século XIII.  Num fragmento de um livro datado de 1300 há uma receita de nhoque escrita em dialeto Toscano.  Quer saber mais? Leia aqui.

Nhoque de ricota

(4 pessoas que comam pouco)

(xícara medidora 200ml)

450g de ricota
1 ovo inteiro
1/2 xíc. de queijo Parmesão ou Pecorino ralado bem fino
1/2 colher (chá) de sal
3/4 – 1 xíc. de trigo

Deixe a ricota sorar sobre uma peneira se contiver muito líquido.

Numa tigela grande misture a ricota sorada, o ovo, o sal, o queijo e 3/4 xícara de trigo. Misture até que esteja bem incorporado. Cubra com plástico filme e refrigere por 15 minutos.

O ponto da massa se vê ao enrolar um pouco na mão. Deve estar um pouco grudenta.  Se grudar na mão como goma de mascar junte um pouco mais de trigo às colheradas, uma a uma até que esteja um pouco grudenta e dê para ser trabalhada. Refrigere por mais 15 minutos.

Antes de fazer o nhoque (as cobrinhas para cortar), coloque uma panela grande com água para ferver.  Numa assadeira polvilhe um pouco de trigo e deixe perto de sua área de trabalho.

Polvilhe as mãos e a mesa com um pouco de trigo e comece a pegar pedaços de massa para fazer cobrinhas não muito grossas.  Fiz da grossura do meu dedinho.

Corte os pedacinhos da massa (3cm) com uma faca sem serra ou uma espátula de padeiro.  Podem ser como travesseirinhos ou fazer a forma tradicional com as costas de um garfo e seu dedão. (Sinceramente não entendi como é isso…fiz os tais travesseirinhos…)

Assim que for cortando os nhoques vá colocando na assadeira polvilhada com trigo para que não grudem. 

Junte 1 colher (sopa) de sal na água fervente e despeje metade do nhoque.  Assim que eles subirem à superfície aguarde de 1 a 2 minutos e estarão cozidos. Retire com uma escumadeira e coloque em uma tigela com um pouco de manteiga no fundo. Repita a operação com a metade dos nhoques que sobrou.

Coloque o molho e queijo ralado e sirva imediatamente.

Ah, eu congelei o que sobrou na assadeira polvilhada com trigo, levei para o freezer. Depois que estavam “picolés” de nhoque coloquei num saco e fechei. Para usar em caldos, sopas é só colocar assim congeladinho direto no líquido fervente.

Anúncios