Arquivo | junho, 2010

Dia dos namorados todo dia

12 jun

cuore_piccante

Fonte foto: Freedigitalphotos

Quase nos 45 do segundo tempo deu para passar por aqui e desejar a todos uma comemoração especial do dia dos namorados.  Eu particularmente acho que esta data deveria ser comemorada todo dia por aqueles que amam e se importam com a sua outra metade.

Que seja sempre lindo,

que seja sempre cheio de amor e ternura,

que seja sempre verdadeiro,

que seja sempre prazeiroso, e,

que seja sempre quente!

Anúncios

Cocada para sua festa junina

10 jun

[junho.gif][junho.gif][junho.gif][junho.gif][junho.gif][junho.gif]jun10 008

No último sábado participamos de uma festa junina na casa da minha sogra, e foi uma delícia! O dia foi cheio, era uma correria para dar tempo de fazer todas as delícias e decorar o espaço com bandeirinhas, balõezinhos, fogueira, enfim, ficou lindo! E os meninos fizeram até um portal de bambu!

Só para vocês terem uma idéia das maravilhas: escondidinho de carne seca, milho verde, cachorro-quente, ovos de codorna, salsichão no palito, curau, canjica, bolo de milho verde, bolo de aipim com côco, pé-de-moleque, quebra-queixo, paçoca, maçãs do amor, doce de mamão verde…muita coisa boa! Imaginem se não exagerei????

A única coisa que não tinha era cocada…minha sogra não pode comer côco e já tinha muita coisa, então resolveram não fazer.  Eu sou apaixonada por côco e fiquei com vontade de comer cocada…logo que cheguei em casa fui buscar uma receita.

Já postei aqui uma receita muito boa e resolvi fazer outra para experimentar. Esta é super fácil e fica muito gostosa. A cocada fica macia e é fácil de cortar.

A receita vem da Rose e foi super aprovada…o marido adorou! E eu mais ainda! Vou fazer com maracujá da próxima vez! Obrigada por dividir essa maravilha, Rose!

Cocada de corte

Ingredientes:
– 1 lata de leite condensado
– 3/4 lata (use a medida da lata de leite condensado) de açúcar*
– 1 colher (sopa) de manteiga
– 1 pacote de coco ralado adoçado (100g)

* diminui a quantidade de açúcar pois usei côco ralado já adoçado

Modo de Fazer:
Leve tudo ao fogo mexendo sempre até desgrudar da panela.

A única coisa que farei da próxima vez é forrar a forma com papel vegetal untado para ficar mais fácil de retirar os pedaços após cortar.

Coloque em forma untada espalhando bem, corte em pedaços após umas 3 ou 4 horas (fora da geladeira).

Guarde em pode hermético.

Dica da Rose: Quanto mais tempo ficar no fogo mais douradinha ela vai ficando.
                        Quando for cortar os pedaços não sairão iguais por conta da maciez da cocada.

Suspiros: de noz pecã e também de limão

8 jun

maio10 017

Apesar de já ter feito suspiros antes ainda não estava totalmente satisfeita com o resultado e depois de ter visto várias vezes os suspiros da Claudia, lindos e também com sabor, resolvi testar a receita. Tudo que ela faz é lindo e super apetitoso e já testei…então não deu outra, ficaram deliciosos!

Aproveitei as claras que tinham sobrado quando fiz os quindins para o niver do marido. Não jogue claras fora, podem até ser congeladas.

Adaptei levemente, já que fiz dois tipos, com nozes processadas e outros com raspinhas de limão. Esta receita é maravilhosa, vale a pena anotar para ser a sua receita básica de suspiro. A variação dependerá da sua imaginação.

Os suspiros de noz pecã ficaram crocantes e com um jeito mais rústico. E os de limão ficaram brilhantes, lindinhos!

Suspiros de noz pecã e também de limão

(levemente adaptados daqui)

3 claras (cerca de 90 gramas)
1 copo de 200ml de açúcar (cerca de 180 gramas)

raspas de um limão grande

2 colheres (sopa) de noz pecã processadas

A dica do suspiro é sempre o dobro de açúcar em relação às claras.

Forre duas formas grandes com papel vegetal e reserve. Misture as claras com o açúcar e comece a bater com um batedor de mão num pote sobre banho maria até que a mistura alcance cerca de 60C no termômetro.

Remova do banho maria e com uma batedeira bata bem até formar um suspiro duro mas não muito seco.

Divida o suspiro em dois vasilhames:

Noz pecã: misture as duas colheres da noz processada, lembre-se de usar um fuet ou colher de pau.  Os movimentos devem ser suaves para não perder o volume do suspiro.

Limão: misture as raspas de um limão, da mesma forma que fez com a noz pecã, com cuidado para não perder o volume do suspiro.

Transfira para um saco de confeiteiro ou um saco plástico forte com um corte pequeno no bico e forme suspiros no formato que desejar nas formas preparadas.

Asse a 140C se forem suspirinhos bem pequenininhos, ou 150C se forem maioris, por 10 minutos. Quanto mais baixa a temperatura menor a chance dos suspiros racharem ou quebrarem. Quando prontos os suspiros soltam do papel sem nenhuma dificuldade.

Rendeu bem, aproximadamente 50 suspiros.

Os meus duraram muitos dias, coloquei em saquinhos com lacinhos e dei de presente! Foi um sucesso!

Olhou a etiqueta antes de lavar?

7 jun

Depois de um feriado prolongado e fora de casa as roupas se acumulam na área de serviço…

Várias vezes fico um tempão tentando decifrar o que dizem as etiquetas das roupas quanto aos cuidados…resolvi procurar o significado e descobri que a simbologia é internacional e no Brasil é regulamentada pela ABNT, Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Resolvi dividir com vocês:

Lavar

Pode ser lavado à mão ou à máquina.
Pode ser lavado à mão ou à máquina.

Indica a temperatura máxima de lavagem na máquina.

Indica a temperatura máxima de lavagem na máquina.

A lavagem deve ser efectuada sem centrifugação.
A lavagem deve ser efetuada sem centrifugação.

Lavagem à mão apenas.
Lavagem à mão apenas.

Não deve ser lavado.
Não deve ser lavado.

——————————————————————————

Lixívia  (é o alvejamento)

Pode utilizar lixívia.
Pode utilizar lixívia.

Pode utilizar apenas lixívia sem cloro.
Pode utilizar apenas lixívia sem cloro.

Não pode utilizar lixívia.
Não pode utilizar lixívia.

——————————————————————————-

Secar

Pode ser colocado na máquina de secar.
Pode ser colocado na máquina de secar.

Não pode ser colocado na máquina de secar.
Não pode ser colocado na máquina de secar.

Deve ser pendurado numa corda para secar.
Deve ser pendurado numa corda para secar.

Deve ser pendurado sem torcer.
Deve ser pendurado sem torcer.

Deve ser seco na horizontal, mas sem pendurar.
Deve ser seco na horizontal, mas sem pendurar.

——————————————————————————-

Engomar

Engomar a uma temperatura máxima de 200ºC (algodão, linho, viscose).
Engomar a uma temperatura máxima de 200ºC (algodão, linho, viscose).

Engomar a uma temperatura máxima de 150ºC (lã, misturas com poliéster).
Engomar a uma temperatura máxima de 150ºC (lã, misturas com poliéster).

Engomar a uma temperatura máxima de 110ºC
Engomar a uma temperatura máxima de 110ºC (seda natural, acrílico, nylon, poliéster).

——————————————————————————–

Limpeza a seco

Pode ser limpo a seco.
Pode ser limpo a seco.

Pode ser limpo a seco com todos os dissolventes correntes.
Pode ser limpo a seco com todos os dissolventes correntes.

Pode ser limpo a seco com essências minerais, poicloroetileno e dissolventes fluorados
Pode ser limpo a seco com essências minerais, poicloroetileno e dissolventes fluorados.

Pode ser limpo a seco com essências minerais.
Pode ser limpo a seco com essências minerais.

Não pode ser limpo a seco.
Não pode ser limpo a seco.

(fonte: Entre mulheres)

Geléia de pimenta

2 jun

jun10 002

A Patty me pediu para postar a receita de geléia de pimenta depois de um comentário que fiz no blog dela… e como estava fora de casa, consequentemente sem as minhas listas e listas de receitas para testar, fui buscar outras possibilidades. Essa é para você, viu, amiga?

Achei várias mas esta em especial me chamou a atenção, vai suco de tangerina ou laranja e vem de Minas Gerais….para mim não precisa mais nada. E não é que a geléia é muito boa demais da conta? Gente, sério, eu adorei! Não fica muito forte e é perfeita para acompanhar carnes, grelhados e até queijos e pães.

A receita é da Dona Dinéia, de Rio Acima, e está aqui.  De qualquer forma transcrevo para facilitar a vida de vocês:

Geléia de Pimenta

900g de açúcar cristal (a receita original pede 1k, achei muito)
750 ml de água
200 ml de
glucose de milho
2 xícaras (de chá, cheias) de caldo de tangerina ou de laranja (usei tangerina daquelas da roça…!)
4 pimentas-dedo-de-moça inteiras (sem cabinho)

Bater, no liquidificador, as pimentas com o caldo de tangerina ou de laranja. Despejar em uma panela grande (sem coar), de preferência grossa, e pôr o restante dos ingredientes. Misturar bem. Levar ao fogo brando, mexendo de vez em quando, até virar uma calda grossa. Para saber se o doce está no ponto, pôr um pouco da calda em uma colher (sopa) e levar ao congelador por 30 segundos. Se ficar consistente, está pronta. Retirar a espuma que se forma sobre geléia, com uma escumadeira. Ainda quente, pôr a geléia em vidros esterilizados.

Dicas do Mangia

  • Para esterilizar os vidros: coloque-os submersos em água numa panela grande e funda e leve para ferver por pelo menos 15 minutos. Não esqueça das tampas.  Retire com cuidado usando uma pinça e coloque sobre uma tábua ou pano de prato para escorrer.
  • Essa geléia pode ferver e derramar, vai fazer a maior meleca no seu fogão (vai por mim, aconteceu comigo!). Ou você fica do lado da panela ou coloca um pires virado para baixo no fundo da panela como se faz com doce de leite.

Para terem uma idéia, eu coloquei até no frango grelhado que almocei ontem…delícia mesmo!

Rendeu 5 potes de 200ml. A consistência pode parecer meio líquida mas depois a geléia endurece um pouquinho.

PS: esse vidro está bem perua com esse paninho de oncinha, não é???