Arquivo | 6:01 pm

Pão de fubá da Nana, também fiz e adorei!

13 set

003

Esse pão me conquistou! Não é novidade que pão é uma fraqueza…

Mas este aqui é realmente muito, muito bom! Fiz umas 3 ou 4 vezes e o crocante que a milharina processada dá me conquistou! “Dilícia” total!

Vi a receita no Ora Pitangas, da Angela, que é uma exímia padeira! E ela viu a receita no Manga com Pimenta, da Nana, que sempre traz coisas boas! Então, corre lá fazer, que é testado e aprovado muitas vezes!
Fiz meia receita e rendeu um pão grande e um médio, que foi de presente para uma vizinha querida.

A receita como está no Ora Pitangas, feita na mão:

Pão de Fubá
(rende bem!)

2 copos( tipo requeijão) de água morna
1/2 copo de óleo
1/2 copo de açúcar
1/2 cs rasa de sal;
2 cs rasas de fermento para pão, seco, instantâneo
2 copos de fubá
500g de trigo comum (até dar ponto)
esta é a receita que a Nana postou
e eu fiz assim:

  1. juntei uma parte da farinha, o fubá, o açúcar, o sal e o fermento seco
  2. fiz uma cova e coloquei o óleo e a água, e fui misturando
  3. depois fui agregando farinha e sovando sobre a bancada
  4. deixei crescer
  5. abaixei a massa, modelei os pães e deixei crescer novamente
  6. usei um pouco mais de farinha do indica a receita
  7. fiz uns cortes nos pães e peneirei farinha
  8. assei em forno médio

 

 002

* Na MPF: fiz meia receita

coloquei a água, o óleo, açúcar, sal, fermento (usei um tablete de 15g de fermento fresco). Acrescentei um pouco de alcarávia por minha conta! Depois juntei o fubá (que eu não tinha, então processei milharina até ficar mais fina) e depois juntei o trigo.  Coloquei no ciclo massa e esperei acabar, 1 1/2h.  Retirei da MPF e coloquei já modelado em duas formas untadas com manteiga.  Polvilhei um pouco de trigo e fiz cortes com uma lãmina.  Cresceu novamente uns 40 minutos e levei para assar em forno pré-aquecido médio até dourar e sair um som oco ao bater no fundo do pão com os nós dos dedos. Desenforme e deixe esfriar numa grade.

 

Anúncios