Archive | agosto, 2011

Dilly Onion Amish Bread / Pão Amish de Cebola e Dill – Bread Baking Day #43: Onion Breads

29 ago

DSC05016

Please, scroll down for English

Mais um Bread Baking Day e desta vez consegui fazer o pão para participar! Esse é o número 43, dá para imaginar tantas possibilidades e tantas pessoas se entusiasmando para fazer pães e dividir com os outros? Pois é, é assim que funciona! Escolhe-se um tema e um  (a) blogueiro (a ) fica encarregado de difundir a escolha e depois que o dia passar e as receitas forem postadas mundo afora, catalogar e fazer um apanhado de tudo!  Adoro participar e ainda mais desta vez cujo tema é Pão de Cebola. A host da vez é a Judy, do Judy´s Gross Eats.

DSC05017

Assim que li qual seria o tema, lembrei-me de uma receita que queria muito fazer de um pão de cebola com dill, receita Amish do maravilhoso livro The Amish Cook´s Baking Book. Já havia feito a receita de outra vez mas tive que adaptar os ingredientes pois não havia conseguido achar tudo. Desta vez estava com tudo necessário e aí resolvi dar uma ligeira adaptada novamente…ai,ai,ai…coloquei um pouco de centeio para dar um ar mais integral ao pão! Ficou divino!

A primeira vez que fiz não tinha cebola desidratada então resolvi usar uma cebola média bem picadinha refogada no azeite e o dill também ainda não estava na minha horta…aí usei tomilho fresco. Ficou muito bom e saboroso. Olha só a foto da primeira tentativa:

DSC04632

Esses pãezinhos ficam deliciosos servidos morninhos acompanhando uma sopa ou uma boa salada!

Segue a receita adaptada:

Dilly Onion Rye Amish Bread

(12 pãezinhos ou um pão grande)

15g fermento fresco

1/4 xícara de água morna

2 colheres (sopa) de flocos de cebola desidratados

1 colher (sopa) de manteiga (temperatura ambiente)

1 colher (chá) sal

1 xícara  de queijo cotagge (usei ricota feita em casa)

1/4 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 colher (sopa) de semente de dill ou de dill fresco picadinho

1 ovo grande

2  xícaras de trigo

1/2 xícara de centeio

Método manual

Dissolva o fermento na água morna numa tigela grande.  Adicione o açúcar, flocos de cebola, manteiga, sal, ricota, dill, bicarbonato e o ovo.  Aos poucos vá juntando o trigo e o centeio misturados, misturando bem após cada adição.  Após colocar toda a farinha, com ela já incorporada, sove a massa para deixá-la macia e homogênea.  Cubra com um pano de prato limpo e seco e deixe crescer num local morno sem corrente de ar por uma hora.

Após crescer, divida a massa em doze bolinhas ou forme um pão.  Unte uma forma com manteiga para a massa crescer novamente, coberta com um pano de prato limpo e seco, por meia hora a 45 minutos.

Pré-aqueça o forno a 177ºC  e asse até que estejam dourados e saia um som oco quando bater com os nós dos dedos na parte de baixo dos pães. Se quiser pincele manteiga sobre os pães.  Coloque numa grade para esfriar. Podem ser congelados em sacos bem fechados.

MPF

Unte a cuba da MPF com manteiga e coloque a água morna, o fermento, açúcar, manteiga, ricota, bicarbonato, sal, dill, ovo, trigo e centeio, por último a cebola em flocos.

Programe para o ciclo massa e deixe terminar. Geralmente dura 1 1/2h. Retire a massa da MPF e forme 12 bolinhas ou um pão. Unte uma forma com manteiga para a massa crescer novamente, coberta com um pano de prato limpo e seco, por meia hora a 45 minutos.

Pré-aqueça o forno a 177ºC e asse até que estejam dourados e saia um som oco quando bater com os nós dos dedos na parte de baixo dos pães. Se quiser pincele manteiga sobre os pães. Coloque numa grade para esfriar. Podem ser congelados em sacos bem fechados.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Another Bread Baking Day arrived and this time I managed to bake the proposed bread theme!!!! This is BBD #43, can you imagine  so many possibilities and so many people getting all excited to bake breads and share? Well, that´s how it works! One blogger is chosen by Zorra to host the BBD and take care of the afterwards also. I love to take part of it and even more this time with Onion Bread theme! This time host is Judy, from Judy´s Gross Eats.

As soon as I read the chosen theme I remembered one recipe I had baked before, from the wonderful book The Amish Cook´s Baking Book.  Last time I baked it I had to adapt the ingredients because I hadn´t find them all.  This time I had it all set and in the counter, but then I decided to make another change…added some rye to the dough, to make it healthier! It came out wonderful!

DSC05015

The first time I baked this bread I had to use fresh onion instead of dried onion flakes, so I sautéed the onion in olive oil first. I also did not have dill, so I used fresh thyme! Great idea, the bread was so tasty! This is the first attempt:

DSC04630

They are great served with soup or a good salad!

Here´s the addapted recipe:

Dilly Onion Rye Amish Bread

(12 rolls or 1 loaf)

15g fresh yeast

1/4 cup warm water

2 tablespoons sugar

2 tablespoons dried onion flakes

1 tablespoon butter, softened

1 teaspoon salt

1 cup small curd cottage cheese (I used homemade)

1 tablespoon dry dill seed or dill weed

1/4 teaspoon baking soda

1 large egg

2 cups bread flour

1/2 cup rye

 

Manual method

Dissolve the yeast in the water in a large bowl. Add the sugar, onion flakes, butter, salt, cheese, dill, baking soda and egg.  Mix well. Slowly add the flours, mixing after each addition. After all the flours are added and stirred in, knead the dough to make it soft.  Cover with a damp cloth and let it rise in a warm place free of drafts for one hour.

After one hour, divide the dough in 12 or make one loaf.  Butter a baking sheet and set the rolls or the loaf for the second rise. Using a sharp knife or a blade, make a cross in the top of the rolls. Cover with a damp cloth and let it rise for 30 to 45 minutes.

Preheat the oven to 350F.  Bake until golden brown and the bottoms sound hollow if tapped.

You can brush meltd butter on the rolls. Let them cool on a wire rack.

Bread Machine

Butter the bowl of the Bread Machine and put the water, yeast, sugar, butter, cheese, salt, dill, egg, flours, baking soda and the dried onion.

Use the dough cicle, normally it takes 1 1/2 hour.

Take the dough out after the cicle has ended and shape 12 rolls or 1 loaf.

Using a sharp knife or a blade, make a cross in the top of the rolls. Cover with a damp cloth and let it rise for 30 to 45 minutes.

Preheat the oven to 350F. Bake until golden brown and the bottoms sound hollow if tapped.

You can brush meltd butter on the rolls. Let them cool on a wire rack.

Quiche de tomates e cebolas com gostinho francês…

26 ago

DSC04986

Esta quiche foi inspirada num telefonema da minha irmã mais nova, Maria Rosa, ela e o marido são vegetarianos e ela havia feito esta receita para o jantar… Da França para o Brasil, fiquei com água na boca e resolvi fazer para nós também, simples, saborosa e muito fácil!

Esse verdinho decorando é tomilho-limão, uma erva muito perfumada e saborosa, nativa do mediterrâneo, que agora também habita minha horta! Tenho o tomilho-limão e aquele tipo mais comum, mas há vários tipos, leia mais aqui!

Essa quiche pode ser servida ainda morna ou fria, dependendo da sua vontade e tempo! Para levar a um almoço ou piquenique, fica deliciosa com uma salada de folhas e um grelhado!

A receita da massa é a que minha mãe nos ensinou e a base do recheio também, o que mudam são os ingredientes do recheio. Eu não uso creme de leite pois acho que o iogurte deixa a quiche mais leve.

Quiche de tomates e cebolas

Massa: 180g de manteiga em temperatura ambiente,, 1 colher (chá) de sal,  1 colher (sopa) de água gelada e aproximadamente 2 xícaras de trigo (pode ser que precise um pouco mais)

Misture os ingredientes com as mãos até que esteja uma massa homogênea. Pode ser feita no processador colocando-se os ingredientes e pulsando até que estejam bem misturados.  Forre os fundos e as laterais de uma forma de fundo falso de 25cm.  Com um garfo faça furinhos na massa e leve para pré-assar até que comece a dourar, a massa deve estar firme. Lembre-se que ainda vai assar com o recheio então não deixe dourar muito.

Recheio: 4 tomates grandes italianos bem maduros sem sementes e cortados no comprimento, 3 cebolas médias em rodelas, 3 ovos grandes inteiros, 4 colheres bem cheias de parmesão ralado, sal, 200ml de iogurte natural e páprica doce para decorar (ou coloral)

Bata as claras em neve e reserve. Misture numa outra tigela as gemas, iogurte, sal, os tomates e as cebolas. Junte esta mistura às claras em neve, mexendo delicadamente. Coloque sobre a massa pré-assada, polvilhe a páprica  e leve novamente ao forno para dourar.

DSC04984

Espere amornar um pouco, desenforme com cuidado para não quebrar as laterais.  Eu uso a estratégia de colocar a forma sobre um vidro para que as laterais saiam mais facilmente. Assim como na foto. A base da forma fica intacta com a quiche.

Eu não tinha outro queijo  então usei parmesão ralado, mas essa quiche fica deliciosa com queijo fontina, provolone ou mesmo muçarela em pedacinhos no recheio.

Guarde na geladeira em recipiente fechado.

Bisnaguinhas de casa

17 ago

DSC04864

No nosso novo endereço não há lanchonetes fast food, principalmente aquela do palhaço…que as crianças (e adultos!rsrsrs) adoram! E como não seria diferente, meu pequeno sente falta do passeio e do lanche. Pediu para a mamãe fazer hamburguer. Logo fui procurar uma receita de pão de hamburguer para satisfazer a vontade gastronômica do menino. Resolvi também fazer os hamburgueres, wth…só misturar a carne moída com temperos (usei cebola desidratada, orégano, sal, pimenta do reino e cheiro verde) e voilá.  Nem apareceu a carne na foto…

Achei essa receita da Akemi, do Pecado da Gula, e asseguro que é uma delícia! Além dos pães ficarem muito parecidos com os pães de hamburguer comprados, são mais saborosos e saudáveis. Fiz uma noite fast food em casa, com direito a batata “frita-assada no forno” e a felicidade foi geral, pai e filho se esbaldaram! Aprovadíssimo!  Ela chama de bisnaguinhas, mas dei a forma de pães de hamburguer.

Segue a receita como no blog Pecado da Gula, eu fiz na MPF e deu super certo!

Bisnaguinhas

Levedo:
100g de farinha de trigo
11g de fermento seco para pão
110ml de água morna

Massa:
100ml de leite morno
50g de açúcar* (reduzi pois não queria pão mais adocicado, o original pede 100g)
100g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 ovo jumbo
1 colher (chá) de sal
400g de farinha de trigo

Misture os ingredientes do levedo numa vasilha. Fica uma massa bem grossa mesmo. Cubra com filme plástico e deixe descansar até triplicar de volume (cerca de 25 minutos).
Numa batedeira com gancho para massas pesadas, coloque o levedo, o leite, o açúcar, manteiga, ovo e sal. Bata em velocidade baixa até ficar bem misturado. Junte a farinha de trigo aos poucos em velocidade baixa. Pode colocar tudo. Demora um pouco até que ela seja toda incorporada.
Quando isso acontecer, aumente para velocidade média e bata 10 minutos. Tem que ficar uma massa elástica, como um chiclete. Não adicione mais farinha de trigo, é a quantidade exata.
Numa assadeira grande untada e enfarinhada. pingue porções da massa com colher de sobremesa. Deixe um espaço entre uma bolota e outra ou senão, modele nas mãos.  A Akemi fez bolinhas de 80g, conseguiu 12 unidades. Eu fiz de 50g, rendeu um pouco mais, mas esqueci de contar…

Cubra a assadeira com filme plástico e deixe fermentar até que tripliquem de tamanho e fiquem todas juntinhas.
Pincele levemente com ovo batido e leve para assar em forno pré-aquecido a 180˚C por 15 a 20 minutos ou até que fiquem bem corados.

Na MPF: faça o levedo misturando os ingredientes numa vasilha. Fica uma massa bem grossa mesmo. Cubra com filme plástico e deixe descansar até triplicar de volume (cerca de 25 minutos).  Unte a cuba da MPF com óleo e  progurame para ciclo Massa. Coloque o leite, o levedo, açúcar, manteiga, ovo e sal.  Deixe misturar.  Junte o trigo aos poucos e deixe  que o ciclo siga até o final.  Retire a massa da MPF.

Numa assadeira untada e enfarinhada ou com silicon mat coloque pequenas porções da massa modeladas em bolinhas de 50g aproximadamente.  

Cubra com um pano de prato limpo e deixe triplicar de tamanho. Pincele levemente com ovo batido e leve para assar em forno pré-aquecido a 180˚C por 15 a 20 minutos ou até que fiquem bem corados.  Eu coloquei gergelim sobre os pãezinhos para ficar com cara de pão de hamburguer!

Whole Lemon Bars / Barras de limão

9 ago

DSC04827

Limões, limões, limões…o amarelo vibrante dos limões sicilianos chamam minha atenção assim que entro na cozinha e mais uma vez fui buscar inspiração para testar outra receita com eles.  Quem mais do que o Lebovitz (David) com as maravilhosas sobremesas para inspirar? Esta receita foi um hit, tive que me segurar para não comer tudo de uma vez…que vergonha!

A única coisa que eu mudarei da próxima vez é retirar as peles (membranas) que envolvem os gomos do limão e a pele branca.  O sabor fica um tanto forte demais, chegando ao amargo e não agrada a todos.

Corra ao supermercado e compre os limões, vá para casa e experimente essas barrinhas…uma perdição! Para fazer várias e várias vezes! Viva o Lebovitz!

DSC04824

A receita original em inglês está aqui, segue a tradução livre:

Whole Lemon Bars

Rende uma forma quadrada de 20,3cm (a minha tem 21cm), consegui 12 quadradinhos médios

Use limões orgânicos se conseguir, os outros contêm uma camada de cera protetora e agrotóxicos.

Massa

1 xíc. (140g) trigo
1/4 xíc. (50g) açúcar
1/4 colher (chá) de sal
8 colheres (sopa) (115g) de manteiga sem sal derretida
1/2 colher (chá) de extrato de baunilha

Cobertura de limão

1 limão orgânico (se conseguir)
1 xíc. (200g) açúcar
3 colheres (sopa) (45ml) de suco de limão
3 ovos grandes em temperatura ambiente
4 colheres (chá) amido de milhor
1/4 colher (chá) sal
3 colheres (sopa) (45g) manteiga sem sal derretida

Opcional: açúcar de confeiteiro para decorar na hora de servir

1. Pré-aqueça o forno a 180ºC.

2. Vire de boca para baixo uma forma quadrada de 20cm e cubra a parte de fora com papel alumínio, a parte brilhante para fora. Pressione bem para que fique exatamente com os contornos da forma.  Remova o papel alumínio e desvire a forma.  Coloque o papel dentro da forma e ajuste bem os cantos.  Deve ser bem liso mesmo. (É meio chato de fazer, mas ajuda muito na hora de desenformar!)

3. Numa tigela média misture: trigo, 1/4 xícara de açúcar (50g),  1/4 colher (chá) de sal, 8 colheres (sopa) (115g) da manteiga derretida e a baunilha. Mexa somente até misturar.

4. Cubra o fundo da forma com a massa, usando suas mãos ou uma pequena espátula para alisar e deixar nivelada.

5. Asse por 25 minutos ou até que esteja dourada.

6. Enquanto a massa está no forno, corte o limão no meio, remova as sementes e corte em pedaços grandes. *Aqui acho que ainda deve-se retirar as membranas que separam os gomos e a parte branca entre a casca e a polpa da fruta. Aconselho tirar a casquinha (zest) com um microplane ou ralador, tomando cuidado para não chegar à parte branca. Descascar e descartar a parte branca e as membranas que envolvem os gomos. Desta forma o recheio não irá ficar amargo.  Imaginem…eu dando pitaco na receita do Lebovitz…que onda!

7. Coloque a polpa do limão e a casca (zest) num processador ou liquidificador com o açúcar e o suco de limão, ligue e deixe bater até que esteja bem processado.  Junte os ovos, amido de milho, 1/4 colhelr (chá) de sal e 3 colheres (sopa) (45g) de manteiga derretida, processe até que esteja homogêneo.  Caso haja alguns pedacinhos de limão não há problema.

8. Quando a massa estiver pronta, retire do forno e abaixe o fogo para 150ºC. Jogue o recheio sobre a massa quente e leve novamente ao forno por mais 25 minutos ou até que o recheio já esteja firme.

9. Retire do forno e deixe esfriar completamente.  Assim que esteja frio, com cuidado remova a massa e recheio da forma segurando pelo alumínio. Retire o alumínio com cuidado.  Corte as barras em quadrados ou retângulos.  Polvilhe açúcar de confeiteiro antes de servir.

Como guardar: as barras duram três dias em temperatura ambiente se estiverem num vasilhame bem fechado. Podem ser congeladas por um mês. Deixe descongelarem em temperatura ambiente antes de servir.