Arquivo | setembro, 2011

Torta de amora

28 set

DSC05206

Dois quilos de amora colhidos no condomínio onde moram meus pais…que dúvida, o que fazer com elas????

Dividimos, minha mãe fez calda para manjar  ou sorvete e geléia, eu fiz torta e geléia.  E ainda tem mais para colhermos! Hummmmmmmm!

DSC05205

A amora brasileira, chamda MORUS CELTIDIFOLIA, mais doce do que a amora preta ou blackberry, que também é muito apreciada por aqui, é velha conhecida nossa.  Quando moramos na praia sempre íamos colher as frutas que acabavam estragando nos pés ou caindo no chão por falta de alguém para apanhar. Na fazenda dos meus avós as amoreiras eram super frondosas e generosas e agora demos a sorte de ter as frutas onde meus pais moram.  Já estou planejando outra visita…

Esta torta não poderia ter ficado mais especial, na hora em que minha mãe disse que as amoras já estavam maduras pensei imediatamente nela, a massa veio daqui e o recheio adaptado do livro “O homem que comeu de tudo”.

Fiz numa torteira quadrada de louça, pois ainda não achei uma forma de torta que sai o fundo do diâmetro que desejo, então não desenformei, mas ficou divina, já que o recheio fica firme.

DSC05197

Torta de Amora

Para a massa:

1 e 1/4 xícaras de farinha de trigo;

1 colher de chá de sal;

1 colher de chá de açúcar;

120g de manteiga gelada em pedacinhos;

3 colheres de sopa de água gelada (usei só 1)

Preparo da base:

Misture farinha, sal e açúcar. Adicione a manteiga e amasse com a ponta dos dedos até formar uma farofa. Adicione as colheradas de água aos poucos, amassando o suficiente para formar uma bola homogênea. Forre o fundo e as laterais de uma forma de 22cm de diâmetro*, deixando uma borda de 2cm. Aperte a borda com os dedos para formar o acabamento. Reserve na geladeira.

*Usei uma forma quadrada, deu certinho a quantidade da massa.

Açúcar cristal, para polvilhar.

Para o recheio:

4 copos de amora

1 1/2 xícaras de açúcar

2 colheres (sopa) amido de milho

1/2 colher (chá) de sal

2 colheres (sopa) suco de limão

Misture tudo (o limão somente na hora de rechear a torta) e recheie a torta ainda crua. Cubra a torta com o outro pedaço da massa. Use um garfo para fixar bem as partes da massa.  Faça alguns cortes na cobertura para o vapor sair ou como eu, use cortadores de cookies pequenos para fazer desenhos.

Polvilhe açúcar cristal e leve ao forno médio até dourar.

Espere a torta amornar para cortar.

Frozen Yogurt de Limão Siciliano, a variação com Poejo e meu amor por essa receita!

16 set

Frozen Yogurt de Limão Siciliano.4

Depois de descobrir o iogurte grego e poder fazer em casa essa maravilha, fico pensando na sorte que tenho de morar num local onde acho em quase todas as padarias e mercadinhos o leite de fazenda, aqui “leite da roça” fresquinho e barato, R$1,2o o litro.  Esse leite com gordura linda, amarela, próprio para fazer um iogurte forte e saboroso!

Sigo exatamente as explicações da Ana Elisa do La Cucinetta e sempre dá certo, veja lá.

Com o termômetro culinário à mão, sim, pois é muito mais fácil acertar o ponto do iogurte natural com o termômetro…esse negócio da temperatura que o dedo aguenta não funcionou por aqui…o iogurte não ficou legal.  Mas sei que muita gente faz e fica bom, textura perfeita, como minha mãe. Bem, com o termômetro deu certo todas as vezes. Não é fácil de achar, mas na internet tem e se você mora em Sampa ou arredores dê um pulinho na Rua Paula Souza (mais em conta) ou mesmo em lojas mais especializadas nos shoppings. No Rio de Janeiro não sei…ajudem-me cariocas!

Deixei sorar 2 litros de iogurte, a noite toda, coloquei o iogurte grego numa tigela e fui pegar a receita do Frozen Yogurt.

Gente, é tão fácil que não dá para acreditar! Sério, fica tão bom, mas tão bom, o melhor  “sorvete” que já fiz e já tomei. Com uma textura sedosa, é cremoso, lindo e saboroso! Todos aqui ficaram fãs, agora sempre é dia de fazer iogurte grego! Experimente e depois me conte!

Daí que na primeira vez que resolvi fazer coloquei na cabeça que queria um sabor diferente de tudo que já havia experimentado, então por que não juntar a maravilha do limão siciliano e a refrescância do poejo? Pois é, deu um samba muito bom!

DSC04948.1(sorry, mas a foto foi tirada à noite…luz não é boa…)

Ontem fiz sem o poejo, bom do mesmo jeito, só com o sabor do limão! Não tem jeito, fãzoca de carteirinha! E o melhor, sem creme de leite, só iogurte!!!! E feito por mim…sem porcarias de conservantes, ô vida boa! Muito boa!

Ligeiramente adaptado daqui.

Frozen Yogurt de Limão Siciliano e Poejo

Ingredientes:

3 1/2 xícaras de iogurte grego (já fiz com 4 xícaras também)

3/4 xícaras de açúcar

suco de 1 limão siciliano

zest de 1 limão siciliano

2 colheres de sopa de folhas de poejo

Modo de fazer:

Bata o suco de limão e as folhas do poejo no liquidificador ou mixer e depois coe.

Misture bem o açúcar e o iogurte grego e depois junte o suco de limão com poejo.

Prove e veja se está a seu gosto a quantidade de açúcar.

Leve à geladeira por no mínimo 2 horas e depois coloque na sorveteira.  Faltando uns 2 minutos para ficar pronto o frozen yogurt adicione o zest do limão.

Coloque em pote para sorvete e leve ao freezer por umas 2 horas.  Fica super cremoso!

Obs: para os puristas, sem o poejo fica delicioso igual!

A melhor textura de frozen é conseguida no dia em que se faz o frozen, depois o “sorvete” vai ficar um pouco mais duro, mas igualmente saboroso!

Enjoy!

Iogurte grego e fácil de fazer

1 set

DSC04946

Adoro iogurte, gosto com sucrilhos, com frutas, granola, nas massas de bolos, pães, tortas, em saladas e molhos.  Se for feito em casa melhor ainda, nada como comer algo que se sabe a procedência e como foi feito. E orgânico então? Vixi…

Quando tenho tempo, o que anda difícil ultimamente com bebê em casa…, faço eu mesma o iogurte, mas se conseguir um fornecedor confiável vá em frente!

Acho que a primeira vez que li sobre o iogurte grego foi no Chucrute com Salsicha, a Fer sempre nos apresenta coisas diferentes e gostosas! Aí fiquei curiosa. 

O iogurte grego é muito mais denso, cremoso e leve do que o iogurte normal. Há muito que queria prová-lo e outro dia resolvi que não passaria daquela data.  Comprei dois litros de iogurte integral orgânico de uma fazenda da região (Rancho Biju) e deixei drenando durante a noite dentro da geladeira. É fácil, coloque um pano tipo fralda ou musselina dentro de uma peneira grande sobre uma panela e despeje o iogurte.  No dia seguinte você terá uma grata surpresa! O giogurte drenado, ou grego, é lindo e cremoso! Impressionante como fica com uma textura diferente do iogurte natural.

Aí é só festa! Coloque num recipiente esterilizado e deixe na geladeira, não sei quanto tempo ele resiste… mas são tantas as receitas por aí que não vai durar muito. Logo algumas aparecerão por aqui!

Ah, e use o soro para fazer pão! A massa fica muito macia e saborosa! Nada se perde!

Mais sobre o iogurte grego aqui, aqui e aqui.