Arquivo | outubro, 2011

Cookies de chocolate para a Bela

27 out

Cookies de chocolate (8)

Dia desses minha irmã e eu conversando ao telefone e ela me pediu uma boa receita de cookies para fazer para minha sobrinha levar de lanche na escola. Não dá para mandar só biscoitos comprados, não? Fico até assustada ao ler o conteúdo do pacote, é conservante, estabilizante, gordura vegetal…vixi…

A gente tem que fazer malabarismo com os pequenos e o lanche, não? O meu se deixar quer levar todo dia pão com nutella….tento diversificar bem e sempre mando fruta e suco.  Pelo menos é mais balanceada a refeição. 

Lembrei dessa receita que tenho há …centos anos, desde que assinava a Revista Capricho, pois é, na minha adolescência eu assinei a revista e adorava! Ficava louca esperando o dia que ela chegaria em casa!

Enquanto estão mornos o chocolate de dentro fica mole quando a gente morde…olha a foto!  Bela, esses são para você! Beijos!!!!

Mas enfim, essa receita é ótima e fácil de fazer, são perfeitos para a a Bela, que ama chocolate.  Dei uma leve adaptada e transcrevo como faço:

Cookies de chocolate

2 ovos (temperatura ambiente)

1 colher (café) de bicarbonato de sódio

100g de chocolate meio amargo picado não muito pequeno

16/17 colheres (sopa) de trigo

3 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente

4 colheres (sopa) de açúcar mascavo

4 1/2 colheres (sopa) de açúcar branco

*Opcional: 1/2 colher de (café) de baunilha; 1 colher (sopa) de nozes, avelãs, pecans, macadâmias…qualquer tipo de nozes; 1 colher (sopa) de uva passa sem semente…use sua imaginação!

Cookies de chocolate (2)

Coloque todos os ingredientes num bowl e misture bem, com as mãos ou colher de pau. A massa deve ficar uniforme mas ainda conter os pedacinhos de chocolate.

Faça bolinhas do tamanho de um brigadeiro médio** e leve ao forno pré-aquecido (180ºC) em assadeira untada ou com silpat ou com papel assa tudo, não coloque as bolinhas muito próximas. Prefiro usar o silpat ou o papel assa tudo, acho que desgruda super bem e não estraga os cookies, mas se não tiver não se desespere!

Cookies de chocolate (3)

**não sou muito perfeccionista nas bolinhas…por isso alguns saem maiores e mais gorduchos…!

Normalmente em 15/18 minutos estão bons, mas depende muito do forno. O ponto que gosto é quando o centro do cookie ainda está meio molinho, depois ele vai firmar mais, eles continuam assando mesmo fora do forno.

Cookies de chocolate (6)

Retire do forno, dê uns minutinhos para esfriarem e coloque para terminar de esfriar numa grade. Ou então improvise, como eu. Minha grade é pequena para os 25 cookies que consegui, não me fiz de rogada, virei a cesta da minha “seca salada” e pronto, funcionou muito bem!

Guarde em recipiente fechado.

6th World Bread Day–Lemon Sour Cream Bread

16 out

DSC04993image

(Scroll down for English please)

Seis anos de World Bread Day, lindo evento que exalta as maravilhas de fazer pão.  Adotado pela Zorra do blog Kochtopf, reune amantes de pães pelo mundo, dividindo histórias e receitas.

Já consegui me organizar para participar em 2007, 2008, 2009, 2010 e agora este ano.. se não fosse a Angela me lembrar, quase deixei passar em branco. Obrigada, querida!

Esse pão é daqueles que perfuma a casa, conquista pelo visual e pela textura e sabor, além de ser fácil de fazer. Outra receita com limão siciliano…uma paixão por aqui.

A receita veio do King Arthur Flour, em inglês aqui e em português com tradução livre:

Lemon Sour Cream Bread

1/2 xíc sour cream (já usei iogurte e também buttermilk* de outra vez)

2 colheres (sopa) de água

2 colheres (sopa) de manteiga (temperatura ambiente)

1 colher (sopa) de zest de limão siciliano

3 xícaras de trigo branco

1/2 xícara de farinha de amêndoas (não usei pois não tinha)

3 colheres (sopa) de açúcar

2 colheres (chá) de fermento biológico seco ou 15g de fermento fresco

1 1/4 colheres (chá) de sal

3 ovos grandes

1 colher (chá) de zest de limão  siciliano ou 1/8 de colher (chá) de Fiori de Sicilia ou 1/4 colher (chá) de óleo de limão

*buttermilk: numa xícara de leite integral coloque uma colher bem cheia de vinagre ou limão para talhar e espere 5 minutos.

Aqueça o sour cream (iogurte ou buttermilk) com a água até estarem mornos, mexendo sempre.  Junte a manteiga e mexa até que tenha derretido. 
Em outra vasilha misture o zest de limão, trigo, farinha de amêndoas (se usar), açúcar, fermento e sal.  Juntes os ingredientes secos aos úmidos e depois acrescente os ovos e o zest adicional (ou o óleo de limão).  Misture até que a mistura esteja homogênea, cubra com um pano e deixe descansar por 15 minutos.

Sove a massa até que esteja elástica, juntando aos poucos água ou trigo se necessário.  Coloque num bowl untado com óleo, cubra e deixe crescer por 1 1/2 h a duas horas, até que dobre de volume.

Coloque a massa crescida numa superfície enfarinhada e amasse suavemente algumas vezes.  Molde o pão (é um pão grande, se não tiver uma forma grande, faça dois) e coloque para crescer novamente numa forma untada com manteiga por aproximadamente 1 1/2 h.  Asse em forno pré-aquecido até que esteja dourado e passe no teste da batida (bata com os nós dos dedos na parte de baixo do pão até que saia um som oco).

Retire do forno e coloque o pão numa grade para esfriar.

DSC05003(os limões lindos que ganhei novamente do pediatra das crianças, enormes!)

Na MPF: coloque na cuba untada com óleo os líquidos e depois os ingredientes secos. Use o ciclo amassar.

Depois do ciclo completo retire a massa da panificadora e molde o pão, coloque para assar numa forma untada com manteiga e deixe crescer novamente até dobrar de volume. Cresce bem, se não tiver forma grande é melhor fazer dois pães.

Asse em forno pré-aquecido até  que esteja dourado e passe no teste da batida (bata com os nós dos dedos na parte de baixo do pão até que saia um som oco).

Retire do forno e coloque o pão numa grade para esfriar.

xxxxxxxxxxxxxxxx

DSC04999

World Bread Day is completing 6 years today! This great baking bread event adopted by Zorra from Kochtopf gather bread lovers all over the world sharing stories and recipes.

I´ve managed to participate in 2007, 2008, 2009, 2010 and this year almost passed blank if  dear Angela hadn´t reminded me.  Thanks my friend!

This bread is one of those that perfumes your house, conquer by its looks and texture, and the flavor… also is easy to make! Another recipe using lemon, a passion around here!

The recipe comes from the wonderful site King Arthur Flour.

Lemon Sour Cream Bread

1/2 cup sour cream (I´ve used yogurt and also buttermilk*)
2 tablespoons water
2 tablespoons soft butter
1 tablespoon lemon zest
3 cups King Arthur Unbleached All-Purpose Flour
1/2 cup almond flour or very finely ground almonds (didn´t have)
3 tablespoons sugar
2 teaspoons instant yeast
1 1/4 teaspoons salt
3 large eggs
1/8 teaspoon Fiori di Sicilia or 1/4 teaspoon lemon oil, or 1 teaspoon lemon zest

*buttermilk: put 1 tablespoon lemon juice in a cup of whole milk, wait 5 minutes and use.

Warm the sour cream and water to lukewarm in a microwave, or over very low heat, stirring constantly. Add the butter and stir until melted. (If you’re using a bread machine, as long as the butter isn’t super-cold you can skip this step; just put the ingredients into the bucket of the machine in the order recommended by the manufacturer. You may also choose to bake the bread right in the machine; instead of programming for dough, program for basic or white bread.)
In another bowl, whisk together the lemon zest, flour, almond flour or almonds, sugar, yeast, and salt. Add the dry ingredients to the sour cream mixture, then mix in the eggs and flavor (or additional zest). Stir until the mixture becomes cohesive, then cover and set aside for 15 minutes.
Knead the dough — by hand, electric mixer, food processor or bread machine — until it’s smooth and elastic, adding a small amount of water or flour to make a smooth dough, if needed. Place it in a greased bowl, cover the bowl, and set the dough aside to rise for 1 1/2 to 2 hours, until it’s doubled in bulk.
Turn the dough out onto a lightly greased surface and knead it gently a few times. Form it into a log, and place it in a lightly greased 13 x 4-inch pain de mie pan; or divide it in half, and place it in two lightly greased 8 1/2 x 4 1/2-inch bread pans. Cover the pans, and allow the dough to rise for 1 to 1 1/2 hours, until it’s almost even with the top of the pan. Bake the bread in a preheated 350°F oven for 22 to 26 minutes, or until its internal temperature registers 190°F on an instant-read thermometer. Remove from the oven, remove from the pans after 5 minutes, and cool completely on a rack. Yield: 1 or 2 loaves, 16 servings.

O pão nosso de cada dia na pedra de pizza

5 out

Pão de Centeio pedra de pizza

Consegui achar uma pedra de pizza (de pedra sabão) por um preço razoável e estou adorando! Há tempos procurava, mas os preços inflacionados pela moda gastronômica não valiam a pena. E esta tem a borda de cobre com duas alças! Linda!

Engraçado é que não assei nenhuma pizza ainda na pedra, só pão! E ficam deliciosos! A temperatura da pedra e a maior exposição do pão ao calor  faz com que o pão asse mais uniformemente.

A cura da pedra foi fácil de fazer, só untar com óleo de cozinha a pedra, em cima e embaixo, levar ao forno a 200ºC por 2 horas. Desligar o forno, deixar esfriar lá dentro. Lavar a pedra e deixar secar. Repetir o processo. Pronto, já está curada! É só tomar cuidado para não dar choque térmico, isto é, se tirar a pedra quente do forno e colocar sobre superfície fria vai rachar.  Cuidado! Tirei a dica daqui, mas não foi onde comprei a pedra, ok?

Como aqui em casa a grande maioria dos pães é amassada na máquina de fazer pães, depois que ciclo acaba eu retiro a massa da máquina, moldo e coloco para crescer numa tábua ou vasilha untada com fubá fino. O pão vai crescer novamente e enquanto isso a pedra de pizza vai esquentar no forno até a hora do pão assar. Aproximadamente uma hora.

Na hora de levar o pão para o forno polvilho mais fubá sobre a pedra (o perfume do fubá torrando na pedra é divino) e cuidadosamente deslizo o pão para a pedra.  Quando estiver bem dourado e com som oco ao batermos com os dedos na parte de baixo do pão, está pronto! Deixe esfriar e divirta-se!

Esse pão da foto é o pão de centeio básico aqui de casa, isto é, a base é sempre a mesma, vou variando a quantidade e tipos de farinhas, às vezes coloco um pouco de fubá grosso, um dia nozes picadas, noutro castanhas do Brasil, uvas passas ou casquinhas de limão ou laranja…depende da inspiração.

Pão de Centeio pedra de pizza.3

Pão com centeio

(xícara medidora 240ml)

1 xícara de buttermilk, iogurte, leite ou soro de leite*

1 ovo inteiro na temperatura ambiente

1 tablete de fermento fresco (15g)

1 colher (sopa) de açúcar mascavo ou a mesma quantidade de mel ou melado

1 1/2 xícaras de centeio

1 1/2 xícaras de trigo

uma colher (chá) de sal

um punhado de sementes de Nigella

1 colher (sopa) de manteiga em temperatura ambiente ou óleo de milho

1/2 xícara de uvas passas pretas sem caroço

2 colheres de castanhas do Brasil picadas

*faço o ricota em casa e o soro do leite que sobra uso nas massas de pão e bolo. Nessa usei o soro.

Na cuba da MPF untada com azeite coloque os ingredientes acima e ligue no ciclo Massa. Deixe acabar e coloque a massa para crescer numa tábua polvilhada com fubá fino.  Polvilhe mais fubá sobre o pão e faça cortes com uma faca afiada ou gilette. Leve para um local morno sem corrente de vento e deixe crescer por 45 minutos (usei o forno desligado com a luz acesa). Enquanto isso ligue o forno a 220ºC e coloque a pedra de pizza.

Na hora de assar coloque o pão cuidadosamente sobre a pedra (também polvilhe o fubá sobre a pedra para não grudar o pão, mas só na hora de colocar o pão para assar).   Asse até estar dourado e passar no teste da batida (bata com os nós dos dedos na parte de baixo do pão até que saia um som oco).

Retire do forno e coloque o pão numa grade para esfriar.