Arquivo | Flores RSS feed for this section

Lemon poppy seed cake

26 jan

DSC03603

Há tempos queria experimentar esta receita, vários links marcados e esperando para aparecerem na minha cozinha.

Acabei escolhendo esta, que é do Luiz Cintra, e achei no blog Açúcar com Canela.

Como sou fã dos cítricos e estava com vontade de comer um bolinho com uma pegada na língua…fiz e adorei! Aprovadíssimo pelo marido, amigas, minha mãe…rende bem também!

Simples na execução e delicioso no sabor, este bolo tem um plus, as sementinhas de papoula dão um toque crocante! Adorei!

A receita:

Lemon Poppy Seed Cake

xícara medidora 240ml

Ingredientes:

  • 200 g de manteiga em temperatura ambiente
  • 2 xícaras de açúcar
  • 4 ovos
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 4 colheres de sopa de sementes de papoula
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 2 colheres de chá de raspas da casca de limão
  • 1/2 xícara de leite integral
  • 2 colheres de sopa de suco de limão (usei o suco de 1 limão)

Cobertura:

  • 2/3 xícara de açúcar
  • 1/3 xícara de suco de limão

Unte 2 formas para bolo inglês (25 x 10 cm). Misture o leite com o suco de limão num recipiente, e reserve. Numa tigela, peneire a farinha de trigo, o sal e o fermento em pó. Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar em velocidade média até que fique bem cremoso. Junte os ovos (um por vez), e bata bem após cada adição. Junte as sementes de papoula. Quando as sementes se incorporarem à massa, abaixe a velocidade da batedeira até chegar no mínimo. Acrescente 1/3 da mistura de leite com limão. Bata. Adicione 1/3 da mistura de ingredientes secos. Repita esse processo de forma alternada, terminando com a mistura de farinha. Desligue a batedeira, e dê uma última incorporada à mão. Divida a massa nas duas formas. Leve ao forno por aproximadamente 40 minutos a 160º C. Faça o teste do palito para verificar o ponto do bolo. Retire do forno, e regue com a cobertura de limão (com o bolo ainda quente). Deixe esfriar por 10 minutos, e retire os bolos das formas. Deixe-os esfriar completamente antes de servir.

Observações do Mangia: usei uma forma só, redonda e grande, de buraco, o bolo rende bem!   A Marcia, autora do Açúcar com Canela, disse que o Luiz Cintra ainda sugeriu fazer o bolo com laranja e alecrim para dar uma mudada, ao invés do limão e papoula! Não fiz ainda mas com certeza vai pintar na minha cozinha!

DSC03608

Anúncios

Presente de Natal–pap de tulipas de pano

13 dez

209

Em casa sempre fizemos presentes de Natal, quando éramos crianças eram cinzeiros de argila, desenhos, cartões, artesanato da escola e outras cositas mas…lembrando dá pena de quem recebia, apesar de sempre ganharmos mil elogios para não desestimular…   Depois fomos aperfeiçoando as técnicas e começaram a surgir bonequinhas, joguinhos, biscoitinhos, bolinhos e etc.

Até hoje acredito que uma coisa feita por você é muito mais especial, já que quem ganha sabe que é presente personalizado, que você teve que dedicar tempo do seu dia a dia tão atribulado para encantar o destinatário!

Tudo bem, é uma delícia ganhar “aquele” óculos ou perfume que tanto queria, mas pense bem, custaram dinheiro, mas aquele presente que a pessoa demorou a pensar, costurou, colou, criou…foi só para você.  Tem coisa mais legal?

Este ano resolvi que minhas amigas irão ganhar presentinhos gourmet (biscoitinhos, geléias e vinagres, bolinhos….) e as crianças amiguinhas do meu filho irão ganhar bichinhos de feltro, babadores e outros mimos feitos por mim. Além de sair mais em conta posso criar para cada um o que acho que irá agradar mais.

211

Estas tulipas de pano já apareceram por aqui, mas na época não expliquei de onde tirei a idéia nem o pap. Pois bem, a primeira vez que as vi fiquei simplesmente apaixonada pela sua delicadeza e imaginei quantas pessoas ficariam felizes em ganhar as flores.  Pode ser dentro de um vasinho, embaladas individualmente em saquinhos de filó e até com aromas para servirem de sachês como lembrança de maternidade ou chá de bebê.

Estas vão para menininhas muito especiais e coloquei dentro flores secas de lavanda (próprias para chá e compradas no supermercado).  Poderão enfeitar um armário ou o quarto das meninas. Ou até num composé de um quadrinho de mdf em 3D. As possibilidades são imensas, deixe sua imaginação fluir.

O passo a passo encontrei no Orkut da Júnia Izabel, com fotos e pap dela. Fácil de fazer e com um pouco de treino dá para sentir a melhora do trabalho. Adorei o resultado e tenho certeza de que as meninas também vão aprovar!

tulipa fuxico

tulipa fuxico1

Risque as pétalas no avesso do tecido

tulipa fuxico2

Corte por dentro do risco

tulipa fuxico3

Costure duas pétalas unindo-as por uma lateral

tulipa fuxico4

Costure a terceira pétala, unindo-as pela lateral

tulipa5

Costure a primeira na terceira pétala

tulipa6

Vire para o direito (vire ao contrário)

tulipa7

Passe um franzido na borda e coloque enchimento

tulipa8

Feche o franzido e arremate

tulipa9

As tulipas abertas (corte um retângulo de sua preferência, normalmente faço 10cmx5cm).

costure do avesso a lateral, a parte de cima e de baixo ficam abertas

vire do lado direito da estampa

alinhave a parte de baixo e feche o círculo

encha com plumante

faça uma dobra no tecido para dentro, para o acabamento

perfeito

dê uns pontinhos no meio

e depois no outro lado, fechando a tulipa

coloque uma conta ou pérola para imitar o pistilo da flor

Ela usou tecido para encapar os palitinhos de churrasco, eu achei que com fita floral fica mais fácil e rápido. Use cola quente para segurar a fita nas extremidades e encaixe na parte de baixo da tulipa com um pingo de cola quente.

se quiser pode fazer folhas de tecido e colar, eu achei mais trabalhoso

e o resultado das minhas não me agradou muito, então fiz de outra forma.

A Júnia Izabel é uma artista de mão cheia, lá de Minas Gerais e faz trabalhos lindos por encomenda além de dividir seus ensinamentos conosco. Obrigada!

Coloque as tulipas num vasinho ou num saquinho de tule e dê de presente!

Nas minhas coloquei flores de lavanda para ficarem como sachês!

213

Olhem como fiz os cabinhos com a fita floral e depois coloquei pétalas de feltro verde que além de esconderem o acabamento ficam fofas.

Frozen yogurt de lavanda e mel

4 nov

frozen yogurt de mel e lavanda

Esta receita estava esperando ansiosamente para aparecer por aqui, mas como eu ando meio sem tempo para postar ficou um pouco esquecida. De hoje não passa, pensei!

Desde que comprei minha sorveteira quis fazer frozen yogurt e não sei por que demorei tanto…acho que eram tantas (e ainda são…) receitas de sorvete para testar que as de frozen ficaram em segundo plano.  Shame on me…

Há tempos tinha lido uma receita de gelado de lavanda na Fer e pensei que faria algo parecido…

Fiz iogurte e mãos a obra, resolvi que usaria um mel muito especial que ganhou prêmio internacional, de uma flor chamada Canudo de pito (lá de São Joaquim, SC), e lavanda da Provence que ganhei do querido amigo Edu! Não tinha como não ficar divino! Edu, ainda tenho outras tantas receitas para usar as perfumadas flores! Obrigada!

Pois é,  simples, mas com toques muito especiais! Adorei! O marido achou meio azedinho, mas frozen yogurt é assim!

Da próxima vez vou usar um truque que vi no blog La Cucinetta, usar uma pitada de sal para não congelar muito o sorvete.

Frozen yogurt de lavanda e mel

1 litro de iogurte natural mais firme

10 colheres (sopa) de mel (adapte ao seu paladar)

1 colher (sopa) de lavanda comestível

  • Deixe a lavanda em infusão no iogurte (na geladeira) durante uma noite, coe na manhã seguinte e misture o mel. 
  • Coloque na sorveteira e aguarde uns 25/30 minutos.
  • Transfira para um pote próprio e leve ao freezer por uma hora para endurecer mais.

Suco de groselha para brindar o Figo Lampo

15 jul

 

maio10 024

Margarida está comemorando mais um ano de blog, o delicioso Figo Lampo, e  nos convidou a participar da festa com uma receita! Adorei a idéia, gostaria muito de conhecê-la pois acho seus posts e receitas muito especiais e bem cuidados, fico imaginando que querida que ela é!
Margarida, brindo ao blog e  você! Não sei se conhece essa groselha vinagreira, o suco é uma delícia e muito refrescante! Além da cor ser linda!

maio10 020

É uma planta completa em vários sentidos, ganhei da minha mãe que acho numa banca orgânica na feira!

Informação útil: as diferentes partes da planta têm várias utilidades. As folhas são ricas em vitaminas A e B1, sais minerais e aminoácidos. Quando ainda estão bem jovens e tenras, as folhas podem ser consumidas em saladas cruas; depois, um pouco mais velhas podem ser refogadas ou se tornar um ótimo ingrediente para o preparo de cozidos, sopas, feijão e arroz. O cálice vermelho tem um sabor azedinho e contém ácidos cítricos, hibístico, málico e tartárico. O cálice pode ser usado na fabricação de geléias, doces, picles, vinho, vinagre, sucos e também no preparo de um excelente chá. Para o preparo do suco são utilizados os cálices crus ou cozidos, que são triturados no liquidificador com água, depois é só coar e adoçar a gosto. O cálice triturado é aproveitado para o preparo de geléia ou doce. Já o chá é obtido a partir do cálice seco à sombra. As sementes possuem 17% de óleo e 25% de proteína.  Quer saber mais? Clique aqui: Jardim de Flores

Suco

lave bem o cálice (a “flor”) cru batido no liquidificador com água e açúcar e depois coei. Usei a olho, e fui colocando mais água e açúcar para ajustar ao paladar. Um gelinho e voilá! Coloque numa jarra bem linda e sirva com amor!

Buquê

24 nov

Buquê blog

Estou começando a me aventurar pelas terras da costura…ainda não tenho a minha máquina, o que dificulta um pouco…

Fico impressionada com a criatividade e capacidade de algumas pessoas de moldar o tecido e inventar moda, como este buquê de tulipas.  Não estão perfeitas, mas achei que formam um lindo conjunto. Uma ótima pedida para as lembrancinhas de final de ano! E duram para sempre!

Tulipa blog

Ah, o pão? É de centeio com alcarávia, achei que ficou tão garboso que resolvi juntar as flores na foto.

Pão de centeio com alcarávia (na MPF)

xícara medidora de 200ml

3/4 xícara de leite integral

1 ovo caipira

2 colheres (sopa) de óleo de milho

2 xícaras de trigo branco

1 xícara de centeio

1 colher (chá) de sal

1 colher (sopa) de mel

2 colheres (chá) de fermento biológico seco

1 1/2 colheres (chá) de alcarávia

Unte a cuba da máquina de fazer pão com azeite ou manteiga e coloque os ingredientes na ordem acima.  Ajuste para o ciclo Massa e deixe acabar o ciclo.  Retire a massa da cuba e disponha numa forma de bolo inglês untada com manteiga. Faça uns cortes na superfície da massa e leve para descansar e dobrar de volume em local protegido de vento, cubra com um pano de prato (eu deixo dentro do forno desligado com a luz acesa).

Pré-aqueça o forno a 200ºC e leve para assar o pão.  Deixe nesta temperatura por 10 minutos e depois abaixe para 180ºC até que esteja dourado e ao bater com os nós dos dedos na parte de baixo faça um som oco.

Retire da forma e deixe esfriar numa grade.

Lavandula officinalis, L. ou simplesmente Alfazema

21 set

Lavanda

Muitas pessoas têm me perguntado sobre a Lavanda (Alfazema) que uso para as receitas, onde acho, como é, enfim…

Esta é a flor, a parte que se usa para fazer chás, sorvetes, geléias, biscoitos, bolos, sachês, infusões, aromatizadores, entre outras possibilidades.

Como é muito perfumada há que ser ter muito cuidado na dose a ser utilizada, um pouquinho já faz o efeito desejado, ou seja, aromatizar o prato.  Não adianta aumentar a quantidade pois o produto final poderá ter gosto de sabonete ou colônia…

Encontrei no supermercado embalada em saquinhos de 10g da marca Chinatown, dê uma olhada no site para maiores informações onde encontrar na sua cidade… Fica a dica…de forma alguma é propaganda da marca.

Não adianta comprar em grande quantidade, como a utilização é pequena para o efeito desejado pode ficar velha e perder muito do aroma.  Os condimentos e temperos devem ser comprados em pequenas porções para que estejam sempre frescos.

Algumas informações interessantes (leia mais aqui):

O óleo essencial da lavanda (do latim "lavare", "lavar") já era utilizado pelos romanos para lavar roupa, tomar banho, aromatizar ambientes e como produto curativo (indicado para insônia, calmante, relaxante, dores, etc.). O óleo é obtido da destilação das flores, caules e folhas da espécie Lavandula officinalis. Entre várias substâncias, o óleo apresenta na sua composição o linalol e o acetato de linalila, que conferem a sua fragrância e, ainda, resina, saponina, taninos cumarinas.

As flores de lavanda produzem um néctar abundante que rende um mel de alta qualidade produzida pelas abelhas. O mel da variedade lavanda foi produzida inicialmente nos paises que cercam o Mediterrâneo, e introduzido no mercado mundial como um produto de qualidade superior.

Como produto terapêutico, em infusão, deve ser evitado o uso contínuo, podendo produzir excitação em dose tóxica.

Lavender-Lemon Bundt Cake

17 set

Lavender Lemon Bundt Cake blog

English Recipe

Mais uma experiência com a perfumada lavanda, este bolo de limão ficou muito especial! O perfume da lavanda e o sabor do limão siciliano foi um casamento muito feliz e bem sucedido!

Usei ovos caipiras e isso deixou o bolo com uma cor divina, além de mais saboroso! Seja feliz, faça este agrado!

A receita original é do Williams-Sonoma, que achei no delicioso blog da Mônica.  Não resisti…ainda bem, pois ficou divino!  Fiz poucas mudanças por conta de ingredientes, mas quase nada diferente, como a Monica também fiz só meia receita, que é a quantidade abaixo,perfeita para uma forma de bolo com buraco no meio tamanho pequeno.

Lavender-Lemon Bundt Cake

(ligeiramente adaptado daqui)

1 1/2 xíc. de farinha
1 colh. (chá) de fermento em pó
1/2 colh. (chá) de bicarbonato de sódio
1/8 colh. (chá) de sal
100g de manteiga sem sal
3/4 xíc. açúcar
1/2 colh. (sopa) de flores de lavanda seca
2 ovos, levemente batidos
1/4 colh. (chá) de suco de limão (usei suco de limão Siciliano) 
1/2 xíc. de iogurte natural
1/2 colh. (sopa) de raspas de limão (usei Siciliano)
Glacê:
1/4 xíc. açúcar de confeiteiro

1/2 colh. (sopa) de suco de limão fresco

Deixar todos os ingredientes em temperatura ambiente.
Preaqueça o forno (180 ° C). Unte e enfarinhe uma forma com furo central pequena. Retire o excesso de farinha.
Peneire a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve.
Na batedeira coloque e bata a manteiga até ficar cremosa (cerca de 3 minutos). Adicione o açúcar e a lavanda e continue batendo, até ficar fofo e claro (5 minutos). Raspe as laterais da tigela vez por outra. Junte os ovos, um de cada vez, batendo bem após cada adição. Acrescente o suco de limão.
Reduza a velocidade da batedeira e acrescente a mistura da farinha em 3 adições, alternando com o iogurte (começando e terminando com a farinha). Bata cada adição somente até incorporar os ingredientes, parando ocasionalmente para raspar as laterais da tigela utilizando uma espátula de silicone, junte as raspas de limão.
Coloque a massa na forma preparada, alisando a superfície.
Asse até que enfiando um palito ele saia limpo (cerca de 1 hora). Transfira para um rack e deixe esfriar por 15 minutos.
Enquanto isso prepare o glacê: em uma tigela coloque 1/2 xícara de açúcar de confeiteiro e o suco de limão. Misture.
Coloque o rack sobre papel manteiga, desenforme o bolo sobre o rack. Despeje com cuidado o glacê sobre o bolo. Deixe o bolo esfriar completamente (no mínimo 2 horas) antes de servir.

Perfeito para um chá da tarde! Ou para presentear quem merece um mimo!