Arquivo | Lanche nutritivo para escola RSS feed for this section

Pain Viennois au Chocolat

1 abr

Please scroll down for English

DSC08406

O aroma e o sabor dos pães franceses com recheio de chocolate são uma tentação e apesar de já fazer um bom tempo que estive na França lembro muito bem dos deliciosos “Pain au chocolat” que experimentei! As crianças adoram e  me incluo na lista!

BBD #57

Assim que vi que o Bread Baking Day #57 era uma festa de Blogwarming para o novo blog da Zorra e que ela pedia para levar um pão, resolvi que faria um pão recheado com chocolate! Esta receita me cativou logo que vi as fotos! Tinha de testar! Adorei! Ficou super gostoso e bonito! Além disso foi um pão com cara de Páscoa! Espero que tenham tido um doce feriado!

O nome é muito chique, não? Adorei! Minha sobrinha me  pediu 3 vezes para passar a receita para minha irmã! E meu Galego adorou, ainda mais que é fã de chocolate e há tempos pedia um pão assim! Acho que fez sucesso!

Levei para a família experimentar  no feriado e não deu tempo para tirar fotos do pão cortado…

A receita é ligeiramente adaptada daqui.

Pain Viennois au Chocolat

(xícara 240ml)

90g de manteiga sem sal (temperatura ambiente)

5 ovos (temperatura ambiente)

100ml de leite

10g sal

10g leite em pó

40g açúcar

15g fermento fresco para pão

550g farinha de trigo

170g de chocolate meio amargo em pedacinhos

Para pincelar: 1 ovo batido

                 açúcar de confeiteiro

Modo de fazer: num bowl misture com os dedos a manteiga, leite, os ovos, leite em pó, açúcar e fermento. Junte a farinha e numa batedeira com gancho bata na velocidade baixa por 5 minutos. Aumente a velocidade para média e bata por 15 minutos.

(Adicionei um pouquinho mais de trigo, cerca de 1/4 de xícara, até que a massa estivesse boa, sem grudar.)

Cubra o bowl com plástico filme e deixe dobrar de volume, cerca de 1 hora.

DSC08404

Retire a massa do bowl e sove por 2 minutos. Divida em 4 partes iguais e achate cada uma das partes. Recheie com chocolate meio amargo em pedacinhos e feche a massa para formar rolos de 20cm.

(Resolvi fazer 3 pães, dois com recheio de chocolate e um sem recheio. Um dos que tinha chocolate fiz redondo para ver como ficava. Lindos! O pão que não tinha recheio ficou bem mais escuro…esqueci no forno e quase queimou!!!!

A massa não é muito doce, fica muito gostosa com o chocolate dentro e também sem nada, para comer no café da manhã ou num chá da tarde! Farei novamente!)

Deixe crescer novamente por 30 minutos em forma untada com manteiga. Pré-aqueça o forno na temperatura média. Antes de levar ao forno pincele ovo batido e polvilhe açúcar de confeiteiro e faça cortes com uma gilete ou faca afiada.

Asse até dourar. Deixe os pães esfriarem numa grade.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

DSC08413

As soon as I read the theme proposed by Zorra for the Bread Baking Day #57, Blogwarming Party, and that she asked to take a bread as a blessing for her new blog, I knew I had to bake a chocolate filled bread!

It took me back to the time I went to France…the splendid aroma and taste of the Pain au Chocolat so loved by the children (and myself too!)! This recipe caught my eyes and my stomach! Loved the results.

I decided to bake 3 breads instead of the 4 called for in the recipe. One of them I did not put filling and it was a great call for breakfast or tea time.

I took the breads to a family reunion during Easter and everyone loved but did not get the chance to take pictures of the breads once cut. My son was asking me to bake a bread with chocolate for ages and was so happy! And my niece asked me 3 times to send her mom the recipe…guess they liked it!

DSC08406

The recipe came from here and is slightly changed by me. Just a bit.

Pain Viennois au Chocolat

(cup 240ml)

90g unsalted butter (room temperature)

5 whole eggs (room temperature)

100ml whole milk

10g salt

10g powder milk

40g sugar

15g fresh yeast

550g white flour

170g unsweetened chocolate broken in small pieces

Eggwash: 1 beaten egg

           confectioner sugar

Directions: in a bowl mix with your fingers the butter, milk, eggs, powder milk, sugar and yeast. Add the flour and in a stand mixer with a whisk beat at low for 5 minutes. Put in medium and beat for 15 minutes.

(I added a little extra flour, about  1/4 cup, until it wasn´t sticking anymore.)

Cover the bowl with cling film and let it rise for about one hour, until doubles volume.

Put the dough in a floured surface and knead for 2 minutes.  Cut in four parts and flatten each one. Fill with the chocolate and form logs of dough, around 20cm.

(I decided to bake 3 breads, two filled with chocolate and one plain.  One of the choclate filled ones I shaped round, just for kicks! Lovely! The plain bread almost burned in the oven…I was busy doing something else…!

The dough is not too sweet, great with the choclate and also just plain! I am certainly baking this bread again!)

Let it rise again for 30 minutes in a buttered sheet. Pre heat the oven to medium. Just before taking to the oven brush the breads with the eggwash and sprinkle confectioner sugar. Cut the surface with a sharp knife. Bake until golden, around 25 minutes. Let the loaves cool in a wire rack.

Anúncios

Lemon Bars

9 mar

DSC08242

Os limões galegos estavam lindos e super perfumados e fiquei com uma vontade de fazer uma torta ou algo parecido com eles…acabei achando esta receita, que ficou uma delícia! Com limão siciliano ou meyer deve ficar muito saborosa também!

DSC08267

Uma palavra sobre como são conhecidos os limões por aqui pelo nosso país…o Tahiti acho que é o mais conhecido, o Siciliano, Cravo ou Rosa. Mas dependendo de onde estejamos o nome pode mudar. Este da foto acima eu sempre conheci como Galego, desde pequena é assim que minha família chama. Mas na internet há vários sites que chamam o limão cravo de galego… Achei algumas informações e fotos aqui e aqui . Além da ótima foto e explicações da maravilhosa Neide Rigo do Come-se.

Minha tia Yvonne morou numa casa com um pé desse limão…era uma festa para os olhos e olfato! Lindos e perfumados! Adorávamos a limonada feita com ele! Mas não era fácil de achar, e acho que ainda hoje vai depender muito do estado em que você mora se nas feiras irá encontrá-lo. No supermercado nunca vi.

As barrinhas de limão ficaram um espetáculo, crocantes na parte de baixo e cremosas no meio…com uma delicada chuva de açúcar de confeiteiro por cima! Sou uma amante dos cítricos então essa receita é uma descoberta! Delícia!

Ah, só uma dica, nesse blog há várias dicas com relação aos tamanhos de formas em polegadas e sua correspondência em centímetros, temperaturas e volume das formas e outras informações super úteis para quem gosta de procurar receitas em blogs e sites gringos que usam outro sistema de medidas como o americano, inglês…

A receita veio da Bakerella, uma fonte inesgotável de inspiração gastronômica. A tradução livre é minha…

DSC08239

Lemon Bars

xícara 240ml

Massa: 1 xícara de manteiga gelada sem sal

         1 3/4 xícara de farinha de trigo

         2/3 xícara de açúcar de confeiteiro (*eu não tinha, bati o açúcar refinado no liquidificador e usei)

Recheio: 1 1/2 xícara de açúcar refinado

          1/4 xícara de farinha de trigo

          1 colher (chá) de fermento em pó

          4 ovos inteiros, ligeiramente batidos

          1/2 xícara de suco de limão galego

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma retangular de 23 x 32,5 cm.

Para fazer a massa: numa tigela média misture a farinha de trigo e o açúcar de confeiteiro. Acrescente a manteiga em quadradinhos e vá misturando com duas facas ou a ponta dos dedos até que a mistura fique homogênea e a textura seja como migalhas grandes.  Acomode a massa no fundo da forma. Asse por 20 minutos ou até começar a dourar.

Recheio: enquanto a massa está no forno prepare o recheio.  Numa tigela grande coloque o açúcar, farinha de trigo e o fermento, misture.  Aos poucos acrescente os ovos ligeiramente batidos e o suco de limão.  Mexa bem e coloque sobre a massa já assada ainda quente.  Asse por mais 20/25 minutos.

Espere esfriar e corte em quadrados. Polvilhe açúcar de confeiteiro e sirva!

A receita recomenda servir gelado…mas eu prefiro na temperatura ambiente!

Total citrus love!

PS: para outras maravilhas de limão que já deram pinta por aqui veja este link e este.

Brownies para meu Galego

27 fev

DSC08202

Há tempos meu Galego vem me pedindo para fazer Brownies…ele diz que eu só faço bolos de frutas e como não gosta (ainda…) de outra coisa que não seja chocolate, os bolos que a mamãe anda fazendo não têm agradado…

Gosto de bolos de chocolate com gosto de chocolate, forte, nada de achocolatado, perdoem-me mas aqui não rola… Prefiro usar cacau e chocolate meio amargo ou 70%, mas aqui os dois são artigos raros, quase mercado negro…

Então procurei uma receita que desse para fazer com o que eu tinha à mão. E se não fosse pela preguiça em converter inches em cm para calcular certo o tamanho da assadeira tudo teria dado super certo…no final meu forno ficou com estalactites de massa de bolo caindo das grades…mas tudo bem, o resultado é uma delícia!

Marquei outras receitas de Brownies separadas para testar…então aguardem mais chocolate por aqui.

O Galego gostou tanto que até levou de lanche para a escola! Viva a mamãe!

A receita veio daqui, com várias adaptações minhas.

Brownies

xícara de 240ml

1/2 xícara de manteiga sem sal
1 2/3 xícara de açúcar cristal
2 colheres (sopa) de Nutella                                                 2 colheres (sopa) de Brown Cow ou cobertura de chocolate

4 ovos em temperatura ambiente
1 1/4 xícara de chocolate em pó
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (chá) de café solúvel
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
1 1/2 xícara de trigo
1 1/2 barras de chocolate ao leite (usei Cobertura de chocolate ao leite)

Pré-aqueça o forno a 175ºC. Unte com manteiga e trigo uma forma retangular de 23x32cm.

Leve ao fogo baixo a manteiga até que derreta. Junte o açúcar e continue mexendo por 1-2 minutos, sem deixar ferver.

Retire do fogo e junte a Nutella e a cobertura de chocolate, mexendo bem para homogeneizar.

Coloque essa mistura num bowl grande e junte o chocolate em pó, ovos, sal, bicarbonato de sódio, café solúvel e a baunilha.  Mexa muito bem até que esteja bem misturado.
Acrescente o trigo e misture até que o trigo seja incorporado na massa.

Coloque na forma já preparada metade da massa, coloque os quadradinhos de chocolate bem espalhados e depois despeje o resto da massa. Leve ao forno por aproximadamente 40 minutos até que os lados do Brownie estejam soltando da forma mas o centro ainda pareça mais mole. Espere esfriar completamente antes de cortar em quadrados.

DSC08183

(recheando o brownie…)

Spice nut cookies para um doce 2013

2 jan

DSC07827

Ficou difícil passar aqui antes do ano acabar, mas cá estou no comecinho deste novo período, desejando a todos as amigas e amigos leitores, blogueiros e amantes da boa mesa um ano doce, feliz, alegre e com muita saúde a todos nós!

O Natal foi ótimo, com a família reunida, crianças brincando e curtindo os avós, primos, tios! Brincadeiras, risadas, boa comida e bebida, e muito amor. Espero que todos tenham tido um final de ano feliz e tranquilo! E vamos começar 2013 não com o pé direito, mas com os dois pés, para reforçar a vontade de fazer tudo melhor e mais gostoso!

Esta receita fez o maior sucesso, meu pequeno ajudou a fazer, e apesar de ser um pouco difícil de manipular a massa, pois o calor das mãos faz com que fique grudenta, nada como um pouco de paciência e perseverança para descobrir após assá-los que valeu muito a pena! A receita vem da revista Saveur, cujo original está em inglês aqui. Não podia deixar as festas passarem sem fazer cookies de Natal e estes tem um aroma super especial e o sabor é uma delícia. Minha sobrinha se apaixonou e deixei um vidro cheinho para ela…isso é que fazer uma tia feliz!

Espero que gostem!  A receita original usa somente nozes, mas como eu não tinha, fiz um mix com Castanhas do Brasil, Amêndoas e Avelãs. Ficou um espetáculo!

Spice Nut Cookies

(rendeu aproximadamente 40 cookies, vai depender do tamanho do cortador)

(xícara 240ml)

Refrigerar a massa antes de abrir ajuda bastante!

1⁄2 xícara de nozes moídas (amêndoas, castanhas do Brasil e avelãs)
1 1⁄4 xícara de trigo (usei quase 2 xícaras para dar ponto)
1 1⁄2 colher (chá) de fermento em pó
1⁄8 colher (chá) de sal
1⁄2 colher (chá) de noz moscada moída
1⁄2 colher (chá) de canela em pó
1⁄2 colher (chá) de cravo moído OU 1 1/2 colher (de chá) de 4 épices (tempero já pronto com pimenta branca, gengibre, noz moscada e cravo ou canela)
8 colheres (sopa) de manteiga sem sal,temperatura ambiente 
1⁄2 xícara de açúcar cristal
1⁄2 xícara de açúcar mascavo
1 ovo grande

1. Misture os frutos secos moídos, trigo, fermento, sal e spices numa tigela e reserve. 

2. Bata a manteiga em velocidade média.  Aos poucos vá juntando o açúcar cristal e o mascavo, bata até ficar fofa a mistura. Junte o ovo e reduza a velocidade, junte depois o mix de trigo.  Bata só até misturar.  Divida a massa em quatro porções, enrole em plástico filme e refrigere.

3. Pré-aqueça o forno a 160ºC.  Abra uma porção da massa em superfície enfarinhada, corte usando seu cortador de cookie preferido e coloque em formas de cookies. Eu usei aqueles tapetinhos de silicone. Deixe um espaço entre os cookies.  Asse por 5 minutos. Gire a forma e asse até que estejam dourados, mais uns 5 minutos, dependendo do seu forno.  Deixe os cookies esfriarem numa grade. Repita o processo com as outras porções da massa.  Decore se quiser. Guarde em vidro fechado.

Resolvi deixar alguns cookies um pouquinho mais e ficaram mais crocantes. Asse de acordo com sua preferência.

Doces momentos a todos!

DSC07825-001

 

Cupcakes de choco vanilla

29 nov

Cupcakes de choco vanilla.4

Ontem foi aniversário da professora do meu pequeno…ele me pediu para fazer uns bolinhos ou cookies para levar para a tia.

Como resistir a um pedido desses? Lembrei que minha irmã tinha me falado de uma receita de cupcakes da Martha Stewart que ela fez algumas adaptações e resolvi testar. Mais uma vez minha irmã acertou! Ultimamente ela tem estado meio afastada da cozinha dela…trabalha na área de eventos de um hotel…mas sempre acerta! Ô mão boa!  De outra feita uma receita de bolo de fubá virou bolo de chocolate e ficou deliciosa…veja aqui.

Anyway…a receita é fácil e uma delícia! Os cupcakes são super fofos e saborosos, nada de muito doce. A cobertura foi uma ganache e o sorriso do filhote quando cheguei na escola com os cupcakes embrulhados para a professora, não tem preço!  Um agradinho simples e de coração! Assim vamos levando as coisas por aqui, ensinando os pequenos que simples gestos tornam o mundo melhor.

Cupcakes de choco vanilla.3

A receita, com tradução livre e adaptações da minha sister querida!

Choco Vanilla Cupcakes (adaptado da Martha Stewart)

(xícara 240ml) – rendeu 11 cupcakes

125 grs de manteiga (melhor sem sal)

3/4 xícara de açúcar refinado

1 colher (chá) de essência de baunilha

2 ovos em temperatura ambiente

1 1/4 xícara trigo peneirado

1 colher (chá) fermento em pó

2/3 xícara de chocolate em pó

3/4 xícara de leite

Modo de fazer:

Aqueça o forno a 160ºC.

Coloque a manteiga, açúcar e baunilha em uma vasilha e bata até ficar pálido.

Acrescente gradualmente os ovos, um a um, batendo bem.

Acrescente o trigo, fermento, chocolate e leite aos poucos, alternadamente.

Coloque a massa nas forminhas de cupcake, preenchendo 3/4 do volume. Nós usamos forminhas de papel dentro de forminhas de muffins de alumínio untadas na borda com um tiquinho de manteiga para não grudar os cupcakes.

Asse em forno médio por 20 a 25 minutos ou até passar no teste do palito. Coloque numa grade para esfriar e depois decore a seu gosto. Eu usei uma ganache de chocolate, simples e muito gostosa!

Cupcakes de choco vanilla.5

Ganache de chocolate

3/4 de uma barra de 170g de chocolate meio amargo

1/2 lata de creme de leite

Coloque uma panela com água para ferver e sobre ela um bowl de vidro, tomando cuidado para a água não chegar até o fundo do bowl.

Coloque o chocolate em pedacinhos e o creme de leite no bowl e vá mexendo até que o calor da água evaporando da panela derreta o chocolate. Mexa sempre. Quando começar a derreter tire o bowl do fogo e com uma espátula ou fuet misture bem para acabar de derreter o chocolate e a ganache ficar homogênea. Se ainda não tiver sido suficiente para derreter o chocolate todo, volte o bowl sobre a panela no fogo.

Mexa bem até começar a esfriar. Pode ser aplicado sobre o cupcake ou bolo com espátula ou usando um saco de confeiteiro, como eu fiz. Espere um pouco para que a ganache firme e sirva!

Blackberry ricotta cake

29 out

DSC07090

É estação das amoras pretas e com tantas frutas amadurecendo na casa da minha mãe (maravilha de terra!) ficamos pensando em receitas para usá-las. Muitas estão congeladas para quando a estação das amoras acabar, mas prefiro usá-las nas receitas enquanto estão recém-colhidas!  Fizemos jarras e jarras de suco, as crianças adoram, e até vitamina com iogurte natural fiz para minha pequena! Delícia total!

Tinha ricota feita em casa dando sopa na geladeira, daí pensei por que não experimentar este bolo?  A ricota deixa a massa com uma textura diferente, não é um bolo fofo, e sim denso. Isso não significa que é pesado, mas definitivamente é muito saboroso.

Na próxima vez acrescentarei mais amoras, talvez duas xícaras ou duas e meia sejam o ideal.  Como usei uma forma de torta de 25cm as amoras ficaram meio perdidas na massa…na foto do blog de onde veio a receita parece que contém mais fruta. Também devo dizer que mudei a fruta, eram mirtillos e usei amoras, já que era o que tínhamos.

Fiz uma calda de amoras com açúcar para comer com o bolo…boa pedida!

DSC07093

Blackberry ricotta cake

(adaptado de Eatgood4life)

xícara 240ml

1 1/2 xícara de trigo
1 colher (chá) de fermento para bolo
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
3/4 xícara de açúcar + 2 colheres (sopa)
1 xícara de ricota
2 ovos
1/4 xícara de leite (usei o soro da ricota)
suco de dois limões
1 1/2 xícara de amoras pretas frescas (use 2 1/2 xícaras)
Pré-aqueça o forno a 175ºC.  Unte e enfarinhe uma forma de torta e reserve. Usei papel manteiga no fundo da torteira além de untar e enfarinhar.

Num bowl misture com um fuet os ovos, açúcar, leite, suco de limão e a ricota.  Acrescente o trigo, fermento e o bicarbonato.  Em outro bowl cubra as amoras com 1 colher (sopa) de trigo para que não afundem na massa.  Despeje a massa na forma e coloque as amoras sobre a massa de forma que fiquem espalhadas.
Asse por 55-60 minutos ou até que passe no teste do palito. Deixe esfriar por 30 minutos antes de desenformar.

Calda de amora:  leve ao fogo numa panela média 3 xícaras de amoras frescas e 1 1/2 xícaras de açúcar.  Fogo baixo. Mexa sempre até que o açúcar comece a derreter e formar uma calda com as amoras. Use uma colher para desfazer as frutas e soltar o caldo.  Deixe apurar um pouco e desligue. Guarde na geladeira e sirva sobre o bolo.

Mile high biscuits…nem tão altos mas muito saborosos!

23 out

DSC07078

O esforço está valendo a pena, tenho conseguido fotografar algumas coisas que saem do forno e aos poucos vou postando aqui…às vezes não dá tempo de pegar a máquina, e fico com pena de não ter clicado um prato ou pão que ficou tão especial, mas isso é a vida de uma mãe de uma princesinha de 1 ano e quase 7 meses descobrindo armários, gavetas e já conseguindo ver em cima da mesa e pensando o que vai puxar dali…

Depois de ter experimentado os drop biscuits, receita da Cris, deliciosos e inspiradores, resolvi que faria os biscuits para comer como pãezinhos e não sobre uma torta ou ensopado.

Demorei mas fiz e ficaram muito, muito bons! O sabor da manteiga dá um toque muito especial e eles renderam bem, consegui 15 unidades usando um cortador de 6cm de diâmetro. Talvez eu tenha amassado um pouquinho mais do que o necessário na hora de abrir a massa, então não ficaram tão altos como a receita descreve, mas com certeza aparecerão muitas vezes em casa! Adorei!

Esses “pãezinhos” são muito comuns na culinária americana, seja para acompanharem uma sopa ou um cozido, aparecem mais como um side dish. Com uma tigela de Chili ou no café da manhã, não importa como resolver experimentá-los, eu adoro e tenho certeza de que você vai virar fã! Sempre me lembrava de comê-los na época de intercâmbio nos Estados Unidos, e ficava triste pois lá muitas pessoas compram no supermercado a massa já pronta para assar. Agora com essa receita bem simples e fácil de fazer não há mais porque sentir saudades!

Aparentemente a receita é de um restaurante muito famoso por sua boa comida, o Ruth Diner, em Utah, Estados Unidos. Não conheço o local, mas o resultado é muito bom mesmo!

Duraram 3 dias…num pote hermético. Tive que me segurar para não exagerar…ficam deliciosos no jantar, lanche e café da manhã! Como mini sanduíches, humm! Com peito de peru, queijo branco ou com geléia…! As crianças vão adorar levar de lanche na escola! Vale a pena experimentar! Só não me culpe depois se não conseguir para de comer!

DSC07076

Ruth´s Diner Mile High Biscuits

(receita daqui)

3 xíc. trigo
1 1/2 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de açúcar
1 1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
110g manteiga gelada
3/4 xícara de buttermilk
(3/4 xíc. leite + 2 colheres (sopa) de suco limão, misture e aguarde 5 minutos para usar)
1 ovo
1/4 xíc. água
(não precisei usar)

Pré-aqueça o forno a 220ºC.  Misture o trigo, sal, açúcar, bicarbonato de sódio e a manteiga gelada até que pareça migalhas. Pode-se usar duas facas ou um pastry dough cutter . Junte o buttermilk, ovo e, se necessário, a água para dar liga. O segredo é não mexer muito, só até que esteja  misturada a massa.

Numa superfície enfarinhada coloque a massa e abra numa espessura de 2,5cm.  Usando um cortador de biscoito ou um copo de 5cm corte a massa em discos.  Leve para assar numa forma untada com manteiga  por  12-15 minutos ou até dourar. Rende 12-15 biscuits, dependendo da espessura que a massa foi aberta.

Dicas para fazer biscuits maravilhosos (também fazem parte da receita):
*Somente misture a massa com as mãos, não use batedeira ou algo do gênero.  A massa ficará muito dura e seca. O segredo é não misturar demais. O melhor é usar um pastry cutter ou duas facas e ir cortando a massa aos poucos. Demora um pouco mais mas tenha certeza de que o biscuit será perfeito! Fique feliz se tiver pedacinhos de manteiga na sua massa…isso é que garante a massa leve e com textura.
*Deixe seu biscuit alto.  O melhor é que o biscuit seja alto e grosso e não com massa fina e dura. O biscuit mais alto fica mais macio. Abra a massa com a espessura de 2,5 a 3cm. O tempo de forno dependerá da espessura da massa.