Arquivo | Macarrão (Pasta) RSS feed for this section

Nhoque de ricota levíssimo! (Very light Ricotta Gnocchi)

3 maio

maio10 007

English recipe

Comecei enfim a fazer pasta em casa. Ainda não tenho o cilindro que facilita o processo, mas o rolo de macarrão dá para começar a brincadeira. Esta receita nem precisa do rolo, estava marcada há tempos para ser testada e me cativou pela descrição de um prato leve e fácil de fazer.

Nunca havia experimentado nhoque de ricota e resolvi que seria esta como a primeira a ser testada na lista das massas.  A receita é daqui

A massa é muito leve e fica perfeita com qualquer molho:, simples de tomate, ragu ou manteiga com sálvia (como eu comi).

O nhoque é uma massa que pode ser feita com batata, batata-doce, abóbora, espinafre, batata baroa (mandioquinha), mandioca e ricota.  Esses são os que conheço, mas tenho certeza de que dá para fazer de fruta-pão, de cará, de inhame e provavelmente algum outro tubérculo que a querida Neide (Come-se) nos apresenta sempre.

O nhoque é uma das preparações mais antigas na história da comida, e encontra-se referência ao prato em livros do século XIII.  Num fragmento de um livro datado de 1300 há uma receita de nhoque escrita em dialeto Toscano.  Quer saber mais? Leia aqui.

Nhoque de ricota

(4 pessoas que comam pouco)

(xícara medidora 200ml)

450g de ricota
1 ovo inteiro
1/2 xíc. de queijo Parmesão ou Pecorino ralado bem fino
1/2 colher (chá) de sal
3/4 – 1 xíc. de trigo

Deixe a ricota sorar sobre uma peneira se contiver muito líquido.

Numa tigela grande misture a ricota sorada, o ovo, o sal, o queijo e 3/4 xícara de trigo. Misture até que esteja bem incorporado. Cubra com plástico filme e refrigere por 15 minutos.

O ponto da massa se vê ao enrolar um pouco na mão. Deve estar um pouco grudenta.  Se grudar na mão como goma de mascar junte um pouco mais de trigo às colheradas, uma a uma até que esteja um pouco grudenta e dê para ser trabalhada. Refrigere por mais 15 minutos.

Antes de fazer o nhoque (as cobrinhas para cortar), coloque uma panela grande com água para ferver.  Numa assadeira polvilhe um pouco de trigo e deixe perto de sua área de trabalho.

Polvilhe as mãos e a mesa com um pouco de trigo e comece a pegar pedaços de massa para fazer cobrinhas não muito grossas.  Fiz da grossura do meu dedinho.

Corte os pedacinhos da massa (3cm) com uma faca sem serra ou uma espátula de padeiro.  Podem ser como travesseirinhos ou fazer a forma tradicional com as costas de um garfo e seu dedão. (Sinceramente não entendi como é isso…fiz os tais travesseirinhos…)

Assim que for cortando os nhoques vá colocando na assadeira polvilhada com trigo para que não grudem. 

Junte 1 colher (sopa) de sal na água fervente e despeje metade do nhoque.  Assim que eles subirem à superfície aguarde de 1 a 2 minutos e estarão cozidos. Retire com uma escumadeira e coloque em uma tigela com um pouco de manteiga no fundo. Repita a operação com a metade dos nhoques que sobrou.

Coloque o molho e queijo ralado e sirva imediatamente.

Ah, eu congelei o que sobrou na assadeira polvilhada com trigo, levei para o freezer. Depois que estavam “picolés” de nhoque coloquei num saco e fechei. Para usar em caldos, sopas é só colocar assim congeladinho direto no líquido fervente.

Anúncios

Penne com abobrinha, tomate cereja e tomilho-limão

23 out

Penne com abobrinha, tomate cereja e tomilho limão blog

Nem só de pães e sorvetes vive esta casa…e nos últimos tempos temos tentado diminuir o consumo de alguns alimentos que aumentam o nível do mau colesterol, além de proteínas de dífícil digestão.

Para aqueles que gostam da boa mesa é uma tarefa mais elaborada pensar em receitas que nutram o corpo e satisfaçam o paladar e os olhos e não usem muita gordura, muita proteína animal….  Somos bem carnívoros e uma refeição sem carne (ou afins) nos dava a impressão que alguma coisa havia sido esquecida na cozinha…

Mas ainda bem que somos adaptáveis e inteligentes, então pensei numa massa, muito apreciada pelos meus dois amores, e que ficasse especial.  O toque ficou por conta do tomilho-limão, uma erva muito perfumada e saborosa que comprei numa barraca orgânica na feira. Os legumes de ótima qualidade aliados à massa de grano duro e banhados com um azeite de oliva muito bom e sal do Himalaia compuseram esta pasta vegetariana nota 10.

Eu só conhecia tomilho seco e já havia lido alguns artigos e receitas que usavam a erva fresca, por isso não hesitei em comprar para experimentar. Está na janela da área de serviço há quase um mês e vai muito bem, obrigada!  Aos poucos vou experimentando quais ervas aromáticas vivem bem no nosso pouco iluminado lado do prédio…

O tomilho-limão tem um perfume muito bom e nos molhos, ensopados, bolos, pães e biscoitos dá um toque diferente.

O tomilho é nativo das encostas ensolaradas do Mediterrâneo, e as colinas da Grécia são cobertas pela erva. As abelhas adoram esta planta, que também produz um excelente mel. Seu uso data de cerca de 3000 AC, quando os Sumários usavam-no como anti-séptico. Já os Egípcios usavam o tomilho no processo de mumificação. Na Grécia antiga ele era espalhado pelo chão nos grandes banquetes para agir como um afrodisíaco, e também destilado no perfume feminino.
O nome tomilho vem da palavra grega thymus, que significa coragem. Os Gregos acreditavam que a erva proporcionava força e sabedoria. Nos tempos medievais, as mulheres costumavam costurar o tomilho nas capas dos cavaleiros como um sinal de bravura. Já os Romanos da antigüidade tinham por hábito banhar-se com o tomilho antes de irem às batalhas, enquanto que os antigos Escoceses tomavam uma bebida feita com a erva pelos mesmos motivos de bravura.
Na medicina o tomilho sempre foi utilizado por suas propriedades anti-sépticas, e na segunda guerra mundial os soldados tomavam seu óleo denominado thymol antes de irem às batalhas. Seus óleos voláteis ajudam principalmente na digestão de gorduras. Estes mesmos óleos pungentes fazem com que o tomilho seja útil no tratamento da asma, e também usados na aromaterapia e outras técnicas de cura para purificar ambientes contra energia negativa. (Fonte: Nutrição em Pauta)

Vamos ao modo de fazer?

Penne com abobrinha, tomate cereja e tomilho-limão

350g de penne = 2 pessoas famintas e ainda sobra um cadinho

Numa frigideira grande coloque um pouco de azeite e coloque duas abobrinhas italianas com casca cortadas em rodelas não muito finas (cerca de 3 a 4 milímetros). Deixe amolecer, não é para dourar nem fritar.  Retire e reserve. Na mesma frigideira coloque um dente de alho grande em fatias bem finas e deixe uns segundos, agregue 20 tomates cereja lavados inteiros.  Deixe começar a murchar os tomates e volte com as abobrinhas para pegar gosto.  Reserve.

Cozinhe numa panela com muita água e sal o penne até ficar al dente e depois escorra.  Misture 1 colher de sopa bem cheia de manteiga e mexa para envolver toda a massa.  Misture os legumes salteados, coloque azeite e sal do Himalaia (ou sal comum) e as folhinhas de tomilho-limão fresco (a gosto, usei as folhinhas de dois cabinhos) lavadas. Sirva imediatamente.

Dica: visite os links para maiores informações.

 

Penne Multisabor

24 mar

marco09-001

Depois de pensar alguns minutos sobre qual seria o nome desta receita decidi que não deveria ser algo muito enfeitado ou rebuscado, e sim o que ele realmente me fez sentir quando cozinhei: vários sabores que se misturaram e formaram algo diferente e muito saboroso.

Passei por uma fase de pouco cozinhar para casa, meu foco era o trabalho e todo esforço se concentrava naquela direção.  Agora as coisas estão mais tranqüilas e tenho podido brincar mais na cozinha e fazer este carinho para minha família.

Macarrão é um dos pratos favoritos em casa, se não é o mais pedido está no Top 5, e a receita veio aos poucos na minha cabeça, olhando o que havia na geladeira.

 

Ingredientes:

 

350g Penne (usei de Grano Duro, pois é o preferido em casa)

½ cebola média picadinha

1 dente alho picadinho

Azeite

2 colheres sopa manteiga

Aproximadamente 300g de creme de leite (se tiver Fresco use!)

8/10 fatias de Presunto Cru (tipo Parma) em tirinhas finas

2 ½  colheres de Pecans quebradinhas (quebrei com a mão mesmo)

Parmesão de boa qualidade ralado q.b.

Raspas de 1 limão siciliano médio

 

Refogue a cebola no azeite até que fique transparente. Acrescente as Pecans e o Presunto Cru e dê uma boa mexida (fogo médio a baixo) só para pegar gosto.  Eu prefiro o Presunto com sua cor natural meio vinho/avermelhada, então cuidado com o tempo no fogo.  Acrescente o creme de leite com soro e deixe um minuto e meio aproximadamente.  Prove o sal, mas lembre-se de que o Presunto Cru já é salgado.  Desligue o fogo e reserve.

 

Enquanto isso o macarrão já deve estar cozinhando em muita água fervente (salgada) até ficar al dente.  Coloque uma colher de sopa de manteiga sobre a pasta logo que escorrer e mexa bem para envolver por igual.

 

Passe o macarrão num refogado de manteiga (um fio de azeite para não queimar) com o alho picado para dar um gostinho e jogue a massa no molho de creme de leite.  Sirva imediatamente em pratos aquecidos, rale o parmesão sobre a massa e por último a casca de limão Siciliano.  

 

Dica: para seu prato ficar aquecido ao servir a massa passe dentro de uma bacia com água quente ou escalde, mas tome cuidado para não se queimar.

Lemon Day - last day of submisson/abgabeschluss April 2  O Kochtopf adora inventar moda, agora é o Lemon Day, ele pede que as pessoas postem receitas com limão até dia 02 de abril e enviem para ele, com foto, dados do blog e a receita.  Dê um pulinho lá…preencha o formulário e participe!

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

English version

 

Multiflavored Penne

 

After taking some thought about how should I name this dish I realized that it shouldn´t be anything fancy but what it really “said” to me when I fixed it: various flavors mixed together to something different and very tasty.

I have been through a very lazy home cooking phase, I was very focused in my job and all my strenght was towards that direction.  Now things are more relaxed and I came back to the kitchen to please my family.

 

Pasta is one of the favorites meals at my house, if not the favorite it’s in the Top 5, and this recipe came around little by little as I was scanning my fridge.

 

Ingredients:

 

350g Penne (I used Grano Duro)

½ chopped medium sized onion

1 chopped garlic clove

Olive oil

2 table spoons butter

around 300g Double Cream

8/10 slices of Parma Ham, cut in little stripes

2 ½  table spoons of chopped Pecans

Parmesan cheese (good one!)

Zest of 1 medium lemon

 

Sauté the onion in olive oil until clear.   Put the chopped Pecans and the Parma Ham, give it a good whisk.  I like the Ham to maintain the original reddish color so watch the time while cooking.   Put the Cream and stir for a minute or so.  Salt carefully because of the salt in the Ham.  Reserve.

 

While doing the sauce your pasta should be cooking in a large pan with salted water until al dente.  When the pasta is done you should put one table spoon butter and stir to coat the Penne.

 

Sauté the garlic in the other table spoon butter with a little bit of olive oil and add the cooked Penne.  Then put all the pasta in the sauce and carefully stir.  Serve immediately in warmed plate, top with grated Parmesan and lemon zest.

 

Tip: to warm your plate before serving you can dive it in a hot water bath, be careful not to burn yourself.

 

 

 

Lemon Day - last day of submisson/abgabeschluss April 2  Kochtopf is always hosting interesting events, now is Lemon Day, he asks us to blog about Lemon Recipes with pictures until April 2nd.  Why don´t you visit him? Fill the form and participate!

Macarrão com molho da Nonna

23 nov

Macarrão com molho da Nonna

Nonna é na verdade minha bisa, mas até nós que somos bisnetos nos referimos a ela desta forma carinhosa, mesmo que não a tenhamos conhecido…  Já falei um pouco dela por aqui, italiana guerreira, de sangue quente e vontade forte que veio ao Brasil como acompanhante de uma senhora rica e nunca mais regressou à pátria querida.  Não porque não tivesse condições ou não tivesse vontade, mas passou tão mal na viagem de navio que não conseguiu pisar novamente numa embarcação, consequentemente ficou aqui e criou seus filhos e netos.

A Nonna é “cantada em verso e prosa” pelas maravilhas que fazia na cozinha e muitas delícias aproveitamos pelas mãos de minha avó, tia e minha mãe.  Uma das mais famosas receitas é seu molho de macarrão, o prato do domingo em casa e sempre servido quando a família está reunida.  Infelizmente a foto não faz jus à maravilha que é o aspecto, ficou meio desfocada mas posso assegurar que vale a pena experimentar.  Em casa costumamos fazer sempre um pouco mais e congelar algumas porções para aquela hora em que a vontade aparece e não dá tempo para preparar um molho do jeito que a Nonna fazia.  Ela servia sobre uma pasta que fazia também em casa, ainda não consegui essa proeza, o meu foi sobre um macarrão de grano duro, mas não deixou de ficar muito saboroso! E viva la Nonna! 

Fiz assim: na panela de pressão fritei no azeite cubos de tamanho médio de acém (pode ser Coxão mole, músculo ou outra carne de segunda que tenha um sabor acentuado), aproximadamente 500 a 600g de carne.  Deixei dar uma dourada e acrescentei uma cebola picadinha e quatro dentes de alho. Deixei fritar até dourar e juntei uma lata e meia de tomate pelati (aquele sem pele já comprado enlatado) e duas colheres de sopa de extrato de tomate.  Juntei duas cenouras médias em pedaços, um alho porro em rodelas (parte branca) e as folhas inteiras e cobri com água.  Deixei cozinhar na pressão em fogo médio por uns 35-40 minutos até que a carne estivesse macia e desliguei o fogo.  Assim que esfriou abri a panela e corrigi o sal.  Tirei as folhas do alho porró e descartei.  Retirei a carne e bati o molho com mixer, pode ser no liquidificador também.  Juntei a carne novamente e deixei apurar em fogo médio com a panela semi tampada (sem pressão).  Esse molho fica maravilhoso, pode ser congelado em pequenas porções ou servido assim que pronto.  Se preferir faça em panela de ferro ou pedra, demora um tempo maior (umas duas horas) mas o gosto é bem mais acentuado!
Dica da Nonna: um pau de canela no molho dá um toque maravilhoso!
Dica da minha irmã: umas folhas de espinafre cozidas no molho dão mais vitaminas e ferro e não mudam o gosto!

World Pasta Day 2007 Round-up

6 nov

wpd

(For English please scroll down)

Depois de visitar as ótimas receitas postadas pelos(as) maravilhosos(as) blogueiros(as) na homenagem ao evento Dia Mundial do Macarrão, 25 de Outubro, promovido pelo Mangia che te fa bene, só tenho uma coisa a dizer: Mamma mia…ou melhor, são duas coisas, mas tenho que confessar que fiquei muito, muito feliz com as maravilhas que vi e doces palavras dirigidas a mim. 

Muito obrigada por dividir seus segredos e truques culinários conosco, é exatamente o que encanta na Internet.  Agora maravilhosas receitas serão preparadas para aqueles que amamos, cheias de sabor de amizade.  Obrigada. Agradeço também aos que não tiveram tempo de participar do evento mas vieram prestigiar e a todos que vieram conhecer as receitas.  Sei que resolvi inventar esta moda muito em cima da hora, mas só tive a idéia na semana passada e não queria deixar de fazer alguma coisa.  Da próxima vez prometo ser mais organizada com relação a promover um evento blogueiro.

E peço desculpas por não ter postado o Round Up antes, mas estou super atribulada e não tive tempo.
 

Tenho grande prazer em dizer que  18 receitas foram postadas em homenagem ao Dia Mundial do Macarrão e todas dão água na boca, infelizmente não inventaram uma maneira de sentir o perfume e sabor pela Internet, mas minha vontade era experimentar um pouco de cada prato… 

*******************

After some time reading all the great recipes sent by the wonderful blogger friends to participate in the World Pasta Day October 25th event Mangia che te fa bene hosted I only have one thing to say: Mamma mia…well there are two things but I have to confess that I am very, very happy with the wonders I saw and the sweet words directed to me. Thank you all for sharing your little secrets and some part of your cooking with us, this is what I truly love about the magic of Internet. Now we´ll be able to prepare the delicious dishes to the ones we love and treat them with the flavors of friendship.  Thank you.

Also thanks for the ones who did not have time to take part in the event but came to visit and see the recipes.  I know I sent the notice in such a short time but I just had the idea last week and wanted to do it, no matter what.  Next time I do a blog event I will be more organized, I promise.

I also would like to excuse myself for taking so long to post the Round Up, I have been very busy lately.

Well, I am proud to say that  18  recipes were posted to praise the World Pasta Day and they all look great, unfortunately we still do not have how to smell and taste it while surfing in the web, I just wanted to take a bite of each one of them…

São eles/here they are: 

 baked mac and cheese

Baked Macaroni and Cheese

Cris –  From our home to yours 

Campinas, SP, Brasil

Delicadeza e finesse para um clássico (Delicacy and finesse for a classic)

    Baked Ziti   

Baked Ziti

Cinara – Cinara´s Place

Campinas, SP, Brasil

Um clássico italiano amado pelos americanos (An Italian classic loved by Americans)

 

Baked Ziti   bavette  

Bavete com molho de Linguiça Fresca (Bavette with fresh Sausage Sauce)

Lica – Sabores da Lica

São Paulo, Brasil

Ingredientes perfeitos para uma refeição completa (Perfect ingredients for a complete meal)

 

capellini

Capellini com molho de tomates e pimentão (Capellini with Tomatoes and Peperoni Sauce)

Karen – Kafka na Praia

Jaguariúna, SP, Brasil

Uma tradução de uma receita alemã que resultou em uma delícia

(A german recipe translation resulted in a special dish)

espaguete pecado da gula

  

Espaguete com molho cremoso de tomate e atum (Creamy tomato tuna sauce spaguetti)

Clarice Akemi – Pecado da Gula

Japão (Japan)

Rápido, fácil e muito saboroso (Quick, easy to fix and very tasty)

febras

Febras com feijão e macarrão (Pasta with Beans and Febras)

Isabel  – Receitinhas da Belinha Gulosa

Portugal

Uma mistura inusitada de feijão e macarrão (An unexpected dish with beans and pasta)

Fusilli gratinado

Fusilli gratinado ao molho de queijo (Fusilli with cheese sauce au gratin)

Elvira – Elvira´s Bistrot

Portugal

Uma sugestão irresistível para noites frescas de outono (An irresistible sugestion for Autumn fresh nights)

insalata de pasta

Insalata de Pasta Profumata al Limone (Salada de macarrão perfumada com limão)

Gemma – Bcn Mon Amour

Catalunha, Espanha (Spain)

Um vento da Espanha trouxe esta delícia (A Spanish breeze brought us this delicious dish)

Lasanha com espinafres e requeijão

Lasanha com espinafres e requeijão (Portuguese-Italian Lasagne with requeijão and spinach) 

Pipoka – Three Fat Ladies

Portugal

Um dos clássicos da cozinha da Pipoka (One of Pipoka´s classics)

macarrão com molho de tomates e carne  macarrão com molho de tomates e carne 2

Macarrão com molho de tomate com carne (Fetuccine with Trip Tip Meat and Tomate Sauce)

Claudia  – Doces Encontros

Campinas, SP, Brasil

Uma das receitas preferidas da Claudia (One of Claudia´s favorites)

maccheroni com zucca

Maccheroni com zucca e salsiccie (Macarrão com abóbora e linguiça)

Lien – Notitie van Lien

Holanda (Netherland)

A pasta dish inspired by Autumn (Uma receita de macarrão inspirada no Outono)

Massa a italiano

Massa à Italiano (Italian Style Pasta)

Dulce – Doces Cozinhados

Portugal

Uma receita inspirada num restaurante que gosta muito (A pasta dish inspired in a restaurante she fancies a lot)

Massa Stencil

Massa Stencil (Stencil Pasta)

Marizé – Tachos de Ensaio

Portugal

Uma massa feita em casa com aspecto fossilizada (A homemade pasta looking like fossil)

Fettucine with Ovoli Saffron Sauce

Fettucine with Ovoli Saffron Sauce (Fettucine com Molho de Açafrão e Ovoli)

Manju – Three Tastes

Hawaii (Havaí)

Uma receita com gostinho de Italia (A dish with a taste of Italy)

Meias luas recheadas

Meias Luas recheadas com Abóboras e Ragu (Half moon filled with pumpkin and ragu)

Marcia – Idéias a la Carte

Rifaina, SP, Brasil

Uma idéia diferente para usar a abóbora e o macarrão (A different idea to join pumpkin and pasta)

Pappardelle com Brocolis

Pappardelle com Brócolis e Presunto de Parma (Pappardelle with Prosciutto and Brocolli Rabe)

Agdá – Agda

California, EUA (USA)

Porque qualquer desculpa para comer macarrão é muito bem vinda (Any excuse to eat Pasta is very welcome)

Spaguetti com molho de tomate

Spaguetti com molho de tomates, berinjela e azeitonas pretas (Spaguetti with Tomato Sauce, Eggplant and Black Olives)

Laurinha – Pitadinhas

São Paulo, Brasil

Bem simples mas muito saborosa! (Very simple but quite tasty)

Sopa de Schorni

Sopa de Schorni (Schorni Soup)

Verena – Mangia che te fa bene

São Paulo, Brasil

Uma receita de família para dividir com os amigos (A family recipe to share with friends)

Espagueti com molho de Beringela

Espagueti com molho de Beringela (Spaguetti with Eggplant Sauce)

Valentina – Trem Bom

Inglaterra (England)

Se você é fã de beringela e massa adorará este prato (If you´re an Eggplant and Pasta fan will love this dish).

As fotos são propriedade dos autores das receitas. The pictures are the recipe´s owners property.

Caso você faça alguma das receitas acima, mande um email para mim ou deixe um recado aqui dizendo como ficou!

Obrigada! If you decide to fix any of the recipes above please send me an email or post here telling how it came out. Thank you!

Desculpem-me se deixei passar alguma receita ou informação incorreta, de qualquer forma não deixe de me avisar, ok? Sorry if I missed any recipe or posted any wrong information, anyway,  don´t forget to let me know, ok?

*** Em tempo, quero pedir milhões de desculpas a Valentina por ter passado a receita dela sem postar no Round Up, estou com a cabeça a mil fazendo mil coisas e na hora de contar os participantes pulei sua receita.  Fiquei muito chateada e espero sinceramente que você entenda a loucura que é uma mãe de filho pequeno tentando equilibrar a vida doméstica com a profissional.  Amei sua receita! Desculpe mesmo!

I would like to apologize for leaving Valentina´s recipe out of the Round Up, my days are so crazy lately that when I was counting the bloggers that participated yours was left out.  I am trylly sorry and became very upset. I sincerely hope you understand what crazy life is that I am living now, with a small child and having to deal with domestic and professional life.  Loved your recipe, sorry Val!

Schorni – Dia Mundial do Macarrão (World Pasta Day)

25 out

wpd

sopa schorni

(English please scroll down) 

Esta é minha participação no evento em que me aventurei a hospedar no Mangia che te fa bene, espero sinceramente que gostem tanto como minha família! Fiquei pensando e pensando em que receita eu gostaria de dividir neste 25 de outubro: Dia Mundial do Macarrão (World Pasta Day).  Não queria nada muito rebuscado, acho que macarrão é um prato tão completo e especial que deve ser preparado de maneira simples, cada ingrediente na medida certa para não ofuscar o outro.

Quem me ensinou este tipo de Pasta foi uma tia-avó, a tia Vilma, ela era casada com um primo da minha avó e aprendeu a falar italiano e cozinhar pratos típicos com a sogra que não falava uma palavra em português.  A sogra, tia Emma, veio da Itália para o Brasil morar com o filho mais novo que havia emigrado muito jovem.

Tia Emma era irmã da minha bisavó, mas esta receita não era conhecida na família até que a tia Emma viesse para o Brasil.  Já velhinha, depois de ficar viúva, resolveu que não queria mais ficar longe e veio se aventurar em terras brasileiras.  Morou com minha tia Vilma e lhe ensinou maravilhas na cozinha, dentre elas este tipo de massinha que é uma delícia, simples, versátil e diferente.

O nome Schorni foi ensinado por tia Emma, mas ela não deixou receita escrita, então supomos que a grafia é desta forma, desculpem-me se cometo algum grande erro gráfico, mas tentei de todo jeito procurar e não obtive sucesso, não sei se é derivado de dialeto de sua região local: Firenze, Itália.

O preparo é assim:

  1. Bata três ovos médios (usei caipira) e acrescente aproximadamente ¾ xíc. de queijo ralado (pode ser parmesão, provolone ou queijo curado). Usei um parmesão mais firme.  Não acrescentei sal pois o queijo já era salgado.  schorni1
  2. Misture bem e com um garfo vá jogando fios dessa mistura sobre farinha de trigo disposta em uma tigela ou bacia grande.  Cuidado para não usar pouco trigo e a mistura grudar na tigela.  schorni2
  3. Desordenadamente mesmo o trigo irá envolver a mistura de ovo e queijo e com as mãos faça grumos de massa.  Repita várias vezes esse processo até que não reste muito trigo.  schorni3
  4. Cuidadosamente mexa com as mãos até que os grumos fiquem de tamanho pequeno e se separem, ficando soltos uns dos outros.

 schorni4 

    5.   Se necessário acrescente mais trigo na tigela até acabar com toda a mistura de ovo e queijo. 

    6.   Repita a etapa número 4.

    7.  Com uma peneira grande peneire os grumos de Schorni para retirar o excesso de trigo e os disponha em uma toalha grande ou assadeiras de modo que fiquem bem espalhados.  schorni6

O Schorni pode ser usado imediatamente ou seco para guardar.  Como não estava sol e o ovo é um alimento muito perecível, resolvi deixar secar um pouco e congelei em um saco hermético o que não usei para a receita da sopa.

Os grumos congelados ficam soltinhos dentro do saco e podem ser jogados na quantidade desejada diretamente sobre o caldo ou água quente.

schorni7

 Rendeu 500g de Schorni. 

O Schorni pode ser usado em sopas ou como massa cozida, cresce um pouco após o cozimento e pode ser comido com molhos variados como macarrão mesmo ou até com um simples e delicioso molho de sálvia e manteiga. Para comemorar o World Pasta Day (Dia Mundial do Macarrão) não me contentei em somente fazer a massa (foi feita a 4 mãos, minha mamma estava na coordenação do processo!) mas também uma sopa, já que a noite ontem estava fria e chuvosa, própria para este prato que esquenta a alma.  Servi com Ciabatta e Pão de Provolone acompanhados de um vinho tinto seco.  Aprovadíssimo! 

Sopa de Schorni

Faça um bom caldo de frango (utilizei frango caipira, aproximadamente 1,5k) com alho, cebola, sal e cheiro verde.  Coa o caldo e cozinhe batatas, cenouras e chuchu em cubinhos com a carne do frango já desfiada.  Quando os legumes estiverem cozidos acrescente o Schorni e deixe cozinhar até que a massa esteja mole mas não desmanchando.  A quantidade de Schorni depende do número de comensais e de quão espessa você vai querer sua sopa, cuidado para não colocar demais ou absorverá muito caldo. Cozinha muito rápido. 

 *************ENGLISH VERSION****************

 World Pasta Day: Schorni 

This is my entry for the event I put myself hosting at Mangia che te fa bene and I sincerely hope you enjoy it as much as my family does! I was wondering and wondering what kind of recipe I would share with you on this October 25th:  World Pasta Day.   I did not want anything fancy, for me pasta is a very complete and special dish, should be fixed in a simple way, each ingredient in the right amount so it won’t overcome the others. 

My great-aunt Vilma taught me this Pasta recipe, she was married to my grandma’s cousin and learned to speak Italian and cook typical dishes with her mother-in-law, who doesn’t knew a word in Portuguese.  The mother-in-law, Aunt Emma, came from Italy to Brazil to stay with her younger son who emigrated very young.  Aunt Emma was my great grandmother’s sister, but this recipe came into our knowledge just when she arrived from Italy. 

After becoming a widow and already an old lady she decided not to stay so far away and came to Brazil.  Lived with my Aunt Vilma and taught her wonders of Italian Cuisine, one of them this type of Pasta, delicious, simple and versatile. Aunt Emma taught the name Schorni, but since she did not leave the written recipe we suppose this is the way to write it.  I am sorry if a graphic error is committed here but I tried to find the name origin and wasn’t successful at all.  Maybe it’s the local name on the region they came from: Firenze, Italy. 

This is how it’s fixed:

  1. Beat three medium eggs (I used organic) and mix with ¾ cup of grated cheese (it can be Parmesan, Provolone or a hard cheese). I used hard Parmesan and did not put salt for the cheese already was salted enough. 
  2. Mix well and with a fork throw little by little this mixture over white flour in a large bowl.  Do not be cheap on the flour quantity or the mixture will stick to the bowl. 
  3. The flour will absorb small amounts of the eggs and cheese mix and with your hands make little Pasta pieces (bits).  Repeat over and over this step until there is not much flour left. 
  4. Carefully use your hands to separate the Pasta bits and make them single units.
  5. If necessary put more flour in the bowl until the eggs and cheese mix finishes. 
  6. Repeat step number 4.
  7. Put the Schorni in a large sifter and sift the excess flour.  Lay the Schorni on a big towel or baking pans to dry out in a way they are very well spread.

Schorni can be used immediately or dried and stored or frozen.  Yesterday wasn’t warm and sunny and I got a little concerned about the eggs in the mix, so I decided to let them dry for a while and froze in a hermetic bag the uncooked amount left after fixing dinner.

The frozen bits of Schorni became very loose inside the bag and can be put directly in the hot stock when making soup or boiling water to prepare as Pasta.

This recipe yielded 500g Schorni.

Schorni can be used in soups or as cooked Pasta, it puffs a little bit after cooking and can be eaten with different sauces, even a simple Sage and Butter one.To celebrate World Pasta Day I did not only wanted to fix the dough (made by my mom and I) but also a soup using it, since yesterday was a cold rainy night and this dish suited very well the occasion, warming our souls.  I served with Ciabatta and Provolone Bread with a dry red wine. Everyone loved!

Schorni Soup 

Make a chicken stock (I used organic chicken, weighing almost 1,5 k) with water, garlic, onion, salt, green onion and parsley.  Remove the solids and cook some potato, carrots and mirliton cut in small cubes with the chicken meat already separated from the bonescxfc .  When the vegetables are done throw the Schorni bits and simmer for a while until it cooks, soft but not overcooked.  The amount of Schorni will depend on how thick you want your soup, but be careful not to put too much or it will absorb the stock. It cooks in a blink of an eye.

World Pasta Day – Dia Mundial do Macarrão – 25/out

22 out

wpd

(For English please scroll down).

Um dia é pouco para celebrar a delícia do Macarrão, afinal para quem aprecia esta iguaria todo dia é dia de Pasta, mas foi instituído o dia 25 de outubro como Dia Mundial do Macarrão para que seja promovido no mundo todo o consumo e troca de informações.

Meus antepassados italianos falam mais alto e o sangue ferve ao sentir o delicioso aroma de macarrão, não importa a forma, recheio ou método de preparo!  Meu intuito não é nada comercial, não tenho conexão alguma com a organização responsável pelo evento mundial, apenas pensei o quão interessante e maravilhoso seria trocar idéias e receitas com amentes da Pasta no Brasil e por que não, no mundo?   

A história de quem inventou o macarrão já rendeu muitos e muitos livros e discussões, há quem diga que foram os chineses, outros dizem que muito antes, por volta de 2.500aC já havia traços de uma pasta cozida a base de cereais e água (textos assírios e babilônicos).  Não há como negar que o mundo adora Pasta e a versatilidade e praticidade que este alimento se apresenta a nós me encanta, desta forma não me proponho a desvendar o mistério e sim a aprender mais sobre as formas, receitas, cores, história e paixões sobre ele!

Para participar:

·          Prepare uma receita usando Pasta (macarrão), fotografe e poste no seu blog no dia 25 de outubro de 2007 (se possível coloque a receita também em inglês se não for sua língua natal).

·          Faça um link para este post na sua página;

·          Mande um email para worldpastaday@gmail.com com as seguintes informações:

– seu nome;

– nome do blog e URL;

– receita e a URL do post;

– local de origem e país.

·        Participações somente serão aceitas até quinta-feira, 25/outubro/07. 

 A U.N.F.P.A. é a organização responsável pela promoção das atividades com o objetivo de promover a Pasta no mundo, mais informações aqui.  Obtive autorização para utilizar o logo do WPD, o qual poderá ser utilizado pelos blogs participantes já que não há fim lucrativo. 

Algumas coisas interessantes para ler sobre Pasta:

 Aguardo sua receita!!!!
Tentarei ao máximo postar as receitas enviadas dentro do prazo até dia 04/novembro/2007.
 

 ********ENGLISH VERSION************* 

One day is not enough to celebrate the wonders of Pasta, for the lovers of this food every day is Pasta Day, but October 25th was established as World Pasta Day and on this date all around the world the consumption and information exchange about Pasta will be promoted.

My Italian background shouts out and my blood goes crazy when I feel the delicious Pasta smell, it doesn’t matter shape, fillings or preparation method! My goal here is no commercial whatsoever, I have no conexion with the organization responsible for the international event, just thought how great and wonderful would be to exchange ideas and recipes with Pasta Lovers in Brazil and why not, all over the world?

The discussion about who invented Pasta has been written over and over again, some says it was the Chinese, others believe that a long time before, around 2500 bC there has been a cook pasta made by cereals and water (Assyrians and Babylonic texts).  The world loves Pasta and the versatility and easiness about this food is enchants me, that’s why my purpose is to learn and share with you the shapes, recipes, colors and history about Pasta and not to discuss its roots.

To participate in he event:

·          Fix a Pasta dish, take a picture and post in your blog about it on Thursday, October 25th, 2007. (If possible post the recipe in English too if it is not your mother tongue);

·          Please link back to this announcement in your post, and eventually to the roundup;

·          Send an email to worldpastaday(at)gmail(dot)com including:

– your name;

– Blog name and your blog´s URL;

the recipe name and the post’s URL;

– your location and country.

·        Submissions can only be accepted until Thursday, October 25th, 2007. 

 The U.N.F.P.A. is the organization responsible for the activities to promote Pasta in the world, you can learn more here.  I have  the authorization to use the WPD logo, so feel free to use it too if you want to participate since there are no commercial purposes. 

Some interesting information about Pasta:  

I am waiting for your recipe!!!I´ll try my best to post the roundup (including the pictures) until November 4th, 2007.