Arquivo | Sorvetes RSS feed for this section

Sorvete de tangerina com Grand Marnier

19 abr

DSC08677

Frio é uma delícia para comer chocolate, não? O corpo pede mais energia e aí nada como um pedaço (ou vários) de chocolate, mas e se você tem sempre dor de cabeça quando come chocolate? Daí fica difícil, ou come e segura a onda ou vai procurar algo que possa saciar a vontade (necessidade) que insiste em te cutucar…

Eu faço parte da segunda turma na maioria das vezes, algumas vezes não resisto e como o bendito chocolate torcendo para a dor de cabeça ir chatear em outro lugar…

Mas quando consigo ser mais comportada é porque algo diferente está a se formar no meu arquivo gastronômico cerebral…desta vez foi um sorvete que há tempos eu queria fazer. Tangerina com licor de laranja…pensei e repensei várias vezes a receita mas ainda não tinha conseguido testar…Ou não era época de tangerina ou não tinha o tal licor. Desta vez o Céu estava a meu favor…ganhei da mãe do marido um Grand Marnier, lacrado…na hora em que ela me deu veio a vontade do sorvete com o licor de novo…mas não havia tangerina perto.

Pois bem, o sorvete é DIVINO, isso mesmo, em letras garrafais. Ficou uma delícia e era bem mesmo o que eu estava querendo. Anote e faça, depois me conte se não é a maravilha dos sete mares?

Como eu já disse antes, aqui em casa sorvete é para todas as estações, mesmo no frio todos amam!

Mas esse sorvete é para os mais velhos…o licor é forte e álcool e criança não combina, não é?

DSC08679

Sorvete de Tangerina com Grand Marnier

Ingredientes:

sumo (coado) de 6 ou 7 tangerinas grandes

1 lata de creme de leite com soro

3/4 de uma caixinha de leite condensado (adoçe mais ou menos, conforme seu gosto)

zest de uma tangerina bem madura (tire antes de fazer o suco)

1 dose generosa de licor Grande Marnier (ou similar)

Modo de fazer: coloque no liquidificador o suco, creme de leite e o leite condensado e bata bem. Leve à geladeira por uma hora ou duas. Ligue a sorveteira e despeje o líquido e deixe a mágica acontecer. Quando o sorvete estiver quase no ponto adicione o licor e o zest da tangerina.  Coloque num pote próprio e leve ao freezer por uma hora aproximadamente. 

Delícia!!!!

Melhor de tudo: o sorvete não fica duro tipo pedra…ele ainda fica cremoso no dia seguinte…se você não acabar com tudo…eu guardei para tirar a foto…

Sorry pelas fotos não muito boas…a luz estava ruim e o sorvete derretendo muito rápido!

Frozen Yogurt de Limão Siciliano, a variação com Poejo e meu amor por essa receita!

16 set

Frozen Yogurt de Limão Siciliano.4

Depois de descobrir o iogurte grego e poder fazer em casa essa maravilha, fico pensando na sorte que tenho de morar num local onde acho em quase todas as padarias e mercadinhos o leite de fazenda, aqui “leite da roça” fresquinho e barato, R$1,2o o litro.  Esse leite com gordura linda, amarela, próprio para fazer um iogurte forte e saboroso!

Sigo exatamente as explicações da Ana Elisa do La Cucinetta e sempre dá certo, veja lá.

Com o termômetro culinário à mão, sim, pois é muito mais fácil acertar o ponto do iogurte natural com o termômetro…esse negócio da temperatura que o dedo aguenta não funcionou por aqui…o iogurte não ficou legal.  Mas sei que muita gente faz e fica bom, textura perfeita, como minha mãe. Bem, com o termômetro deu certo todas as vezes. Não é fácil de achar, mas na internet tem e se você mora em Sampa ou arredores dê um pulinho na Rua Paula Souza (mais em conta) ou mesmo em lojas mais especializadas nos shoppings. No Rio de Janeiro não sei…ajudem-me cariocas!

Deixei sorar 2 litros de iogurte, a noite toda, coloquei o iogurte grego numa tigela e fui pegar a receita do Frozen Yogurt.

Gente, é tão fácil que não dá para acreditar! Sério, fica tão bom, mas tão bom, o melhor  “sorvete” que já fiz e já tomei. Com uma textura sedosa, é cremoso, lindo e saboroso! Todos aqui ficaram fãs, agora sempre é dia de fazer iogurte grego! Experimente e depois me conte!

Daí que na primeira vez que resolvi fazer coloquei na cabeça que queria um sabor diferente de tudo que já havia experimentado, então por que não juntar a maravilha do limão siciliano e a refrescância do poejo? Pois é, deu um samba muito bom!

DSC04948.1(sorry, mas a foto foi tirada à noite…luz não é boa…)

Ontem fiz sem o poejo, bom do mesmo jeito, só com o sabor do limão! Não tem jeito, fãzoca de carteirinha! E o melhor, sem creme de leite, só iogurte!!!! E feito por mim…sem porcarias de conservantes, ô vida boa! Muito boa!

Ligeiramente adaptado daqui.

Frozen Yogurt de Limão Siciliano e Poejo

Ingredientes:

3 1/2 xícaras de iogurte grego (já fiz com 4 xícaras também)

3/4 xícaras de açúcar

suco de 1 limão siciliano

zest de 1 limão siciliano

2 colheres de sopa de folhas de poejo

Modo de fazer:

Bata o suco de limão e as folhas do poejo no liquidificador ou mixer e depois coe.

Misture bem o açúcar e o iogurte grego e depois junte o suco de limão com poejo.

Prove e veja se está a seu gosto a quantidade de açúcar.

Leve à geladeira por no mínimo 2 horas e depois coloque na sorveteira.  Faltando uns 2 minutos para ficar pronto o frozen yogurt adicione o zest do limão.

Coloque em pote para sorvete e leve ao freezer por umas 2 horas.  Fica super cremoso!

Obs: para os puristas, sem o poejo fica delicioso igual!

A melhor textura de frozen é conseguida no dia em que se faz o frozen, depois o “sorvete” vai ficar um pouco mais duro, mas igualmente saboroso!

Enjoy!

Lemon Cardamom Ice cream / Sorvete de limão e cardamomo

29 jul

DSC04886

English recipe here

Como disse antes, assim que ganhei os limões sicilianos, e eram muitos…, fui buscar novas idéias para receitas. Esta aqui me conquistou logo de cara, como não gostar de sorvete de limão com especiarias? Não me decepcionei nem um pouco, o sorvete é delicioso. 

Esse é um sorvete tipo francês, com a base de gemas, o que ormalmente não me agrada muito, mas o limão deu o toque e adorei!

Só que dá vontade de tomar a toda hora! O marido também amou e deixou de lado um pote de sorvete de chocolate, o favorito dele, por este aqui! Para quem conhece sua paixão por sorvete e ainda mais de chocolate é um elogio e tanto!
Vou repetir muitas e muitas vezes!

DSC04878

A receita original pede limão Meyer , mas fiz com o siciliano mesmo. Nota 10!

Edu, vai ligando a Ferrari!

A receita é do L.A. Times e aqui está o link para a versão original em inglês. Segue a tradução livre:

Lemon cardamom ice cream

preparo: 35 minutos, mais o tempo de freezer
porções: 8
5 limões sicilianos
1 colher (sopa) de cardamomo moído
1 xícara de half and half (metade da xícara de creme de leite e a outra metade de leite, pegue a dica aqui
)
1 xícara de açúcar
1/2  fava de baunilha
6 gemas grandes
3 xícaras de creme de leite fresco (usei o de lata mesmo)

1. Retire a casca de 1 limão com um microplane ou descascador de vegetais, tome cuidado para não retirar junto a pele branca.  Coloque a casquinha (zest) numa panela (sem ser de alumínio) com o cardamomo moído, o half and half e o açúcar.  Raspe a fava de baunilha com uma faca e coloque as sementinhas e a fava na mistura.  Leve ao fogo alto até que comece a ferver.  Remova do fogo e deixe esfriar por 10/15 minutos.

2. Numa tigela média bata as gemas e despeje um pouco da mistura de half and half, mexendo sem parar.  Coloque na panela e cozinhe em fogo médio mexendo sem parar até que cubra a parte de trás de uma colher de pau, uns 4 a 5 minutos.

3. Passe esse creme por uma peneira e coloque numa tigela.  Retire a casca (zest) de outros 2 limões e adicione ao creme.  Deixe descansar por 10 minutos.

4. Junte o creme de leite à mistura anterior e o suco dos 5 limões, aproximadamente 3/4 xícara. Leve à geladeira para gelar bem, por algumas horas.

5. Coloque a mistura ultra gelada na sorveteira e siga as instruções.

O meu rendeu mais de 1 litro.

Sobremesa de Natal Parfait

9 jan

DSC03589

Uau, o tempo já voou e ainda não tinha conseguido postar aqui para inaugurar 2011! Esse ano começa com muitas coisas especiais acontecendo e o tempo nos dá olé sem que percebamos.

Que todos tenham um ano muito especial, repleto de alegria, saúde e muito amor e paz!

O Natal foi uma delícia, passamos com a família reunida e foi muito bom estar juntos em paz.  O Reveillon nos deu um susto, meu sobrinho de 3 meses ficou internado de 5a a 2a feira…então nem tinha clima para festejar…graças a Deus ele está em casa e bem.

Para celebrar o almoço de Natal minha irmã fez esta maravilha de sobremesa que fechou com chave de ouro a refeição. A receita nos foi passada por uma prima e não sabemos a procedência, mas confiem que é um sucesso total!

Fica como se fosse um sorvete feito em casa, com uma calda deliciosa de chocolate e café….precisa dizer mais?

Parfait

(xícara medidora 240ml)

Calda: 4 colheres de sopa de chocolate em pó

              1/4 xícara de café coado ou leite (prefiro café!)

Mistura de claras:  5 claras batidas em neve

                                       1 lata de creme de leite sem muito soro

                                       5 colheres (sopa) de açúcar

Creme: 1 litro de leite, 1 lata de leite condensado, 5 gemas e 1 colher de sobremesa de maizena dissolvida no leite.

Caramelize uma forma de buraco média/grande, reserve.

Para a calda dissolva o chocolate no café(ou leite, à gosto) e coloque sobre o caramelo na forma.  Leve ao freezer.

Leve os ingredientes do creme ao fogo baixo e espere engrossar mexendo sempre. Deixe esfriar.

Mistura de claras: bata as claras em neve e misture com o creme de leite e o açúcar. Com cuidado incorpore o creme já frio com a mistura de claras, colocando-o sobre elas, e não o contrário. 

Coloque na forma caramelada e já com a calda de chocolate e café (que estava no freezer) e leve de volta ao freezer para endurecer.

Meia hora antes de servir a sobremesa, retire do freezer e deixe na geladeira, emborcada sobre um prato que vá à mesa.

Sirva fatias e espere os elogios! É simples e muito saboroso!

Frozen yogurt de lavanda e mel

4 nov

frozen yogurt de mel e lavanda

Esta receita estava esperando ansiosamente para aparecer por aqui, mas como eu ando meio sem tempo para postar ficou um pouco esquecida. De hoje não passa, pensei!

Desde que comprei minha sorveteira quis fazer frozen yogurt e não sei por que demorei tanto…acho que eram tantas (e ainda são…) receitas de sorvete para testar que as de frozen ficaram em segundo plano.  Shame on me…

Há tempos tinha lido uma receita de gelado de lavanda na Fer e pensei que faria algo parecido…

Fiz iogurte e mãos a obra, resolvi que usaria um mel muito especial que ganhou prêmio internacional, de uma flor chamada Canudo de pito (lá de São Joaquim, SC), e lavanda da Provence que ganhei do querido amigo Edu! Não tinha como não ficar divino! Edu, ainda tenho outras tantas receitas para usar as perfumadas flores! Obrigada!

Pois é,  simples, mas com toques muito especiais! Adorei! O marido achou meio azedinho, mas frozen yogurt é assim!

Da próxima vez vou usar um truque que vi no blog La Cucinetta, usar uma pitada de sal para não congelar muito o sorvete.

Frozen yogurt de lavanda e mel

1 litro de iogurte natural mais firme

10 colheres (sopa) de mel (adapte ao seu paladar)

1 colher (sopa) de lavanda comestível

  • Deixe a lavanda em infusão no iogurte (na geladeira) durante uma noite, coe na manhã seguinte e misture o mel. 
  • Coloque na sorveteira e aguarde uns 25/30 minutos.
  • Transfira para um pote próprio e leve ao freezer por uma hora para endurecer mais.

Gelado de Kiwi

21 maio

abril10 120

Quando meus pais vêm do sítio para a metrópole sempre trazem pelo menos uma caixa bem grande cheia de delícias, seja de produtos da região onde moram ou colheita da casa deles…eu simplesmente adoro!

Nos dias que antecedem a vinda meu pai sempre nos pergunta o que gostaríamos que trouxessem…não é uma delícia? Sempre peço mel, maçãs (muitas vezes conseguem orgânica), ovos caipiras, dentre outras coisas…

É impressionante como somos o espelho dos nossos pais, na maioria das vezes…Lembro quando éramos pequenos e viajávamos de carro para as férias na casa dos meus avós ou para outro local mais distante.  Era uma jornada na maioria das vezes longa, para nós cansativa pois meus pais sempre gostavam de ir devagar, parando em todas as vendinhas da estrada…tira foto disso, pega muda daquela planta, agora é xixi…e sem falar na hora da merenda…

E o carro chegava ao destino com mil e uma coisas que tínhamos comprado ou adquirido na viagem. Não preciso dizer que as crianças (inclusive eu…) achavam tudo uma chatice…por que não vamos de avião????

Hoje sou igualzinha a eles…meu marido até ri. Ele já sabe que se a parada para o xixi tem uma loja de artesanato ou comida típica é mais longa, tenho que ir lá ver….E banca de estrada? Uma vez voltavamos de umas férias no sítio dos meus pais e a polícia florestal nos parou…queriam saber se éramos vendedores ou algo do gênero, tantas eram as coisas comestíveis que trouxemos.

Tudo isso para dizer que esses kiwis eram muito especiais, viajaram mais de mil e tantos quilômetros para virar um delicioso gelado… do quintal do vô e da vó para cá!

Fiz assim: bati no liquidificador 3 xícaras (200ml) de kiwi picado (sem casca claro…) com 1/2 lata de creme de leite e 100ml de iogurte natural. Juntei 8 colheres (sopa) de açúcar e 3 colheres (sopa) de mel. Coei e levei à geladeira por 1 hora. Depois levei à sorveteira e em 25 minutos estava pronto. Coloquei num pote de sorvete e levei ao freezer por mais 1 hora para ficar mais encorpado.

Ficou uma maravilha!!!!

Gelato de Nocciola e Cioccolato para adoçar sua Páscoa

1 abr

 

image Uma linda Páscoa a todos, que a Paz esteja sempre presente nas nossas vidas e que os ovinhos de chocolate adocem muito nossos caminhos. Aproveite sua família e amigos, viva intensamente os momentos juntos, não há nada mais precioso que isso.  Sejam felizes!

Este gelato é muito especial, saboroso mesmo! Tive um estalo a partir de um picolé que tomei através da indicação da minha irmã. Era um picolé de Gianduia (chocolate com creme de avelãs) muito gostoso.  Como já fiz um sorvete de Nutella imaginei que a mistura de chocolate com a avelã crua ficaria também muito boa! E não foi diferente, vou repetir muitas e muitas vezes pois foi um sucesso total!

mar10 040

Nocciola é avelã em italiano. A avelã é o fruto da aveleira (Corylus avellana), um arbusto da família Betulaceae, que cresce naturalmente em quase toda a Europa, Ásia Menor e parte também da América do Norte. Consiste em um fruto mais ou menos esférico, lenhoso e indeiscente, cuja casca é extremamente resistente. Em seu interior encontra-se a semente comestível, de sabor levemente adocicado e algo oleaginosa.

A avelã é consumida ao natural, ou usada em doces, normalmente associada ao chocolate, ao qual acrescenta um sabor muito apreciado.Quer saber mais? Leia aqui.

Gelato de Nocciola

(xícara medidora 200ml)

Bata no liquidificador 1 1/2 xícara de leite integral com 1 xícara de avelãs.  Coe e reserve a polpa da avelã.  Acrescente ao líquido 7 colheres (sopa) de açúcar, 1/2 xícara de creme de leite, 4 colheres (sopa) de cacau em pó e 50g de chocolate amargo derretido.  Bata bem.

Leve para a geladeira por 1 hora no mínimo.  Leve para a sorveteira por aproximadamente 25/30 minutos e saboreie! Caso prefira um sorvete mais durinho leve para o freezer por 1 hora em recipiente próprio.

A polpa da avelã pode ser usada para fazer pães, bolos e biscoitos, aproveite tudo!

Gelado de maçã ácida com noz pecã e canela

23 mar

mar10 016

Fiquei pensando num nome diferente e mais atrativo para este gelado que surgiu na minha cozinha…rebuscado? Cheio de fru-fru? Em inglês? Resolvi que nenhum outro seria mais simples e brasileiro do que este: Gelado de maçã ácida com noz pecã e canela.

Esta receita nasceu da minha curiosidade de tomar sorvete de maçã aliada a várias maçãs cascudas trazidas pelos meus pais lá de São Joaquim.  São maçãs de quintal, nascidas em árvores muito antigas que estão se perdendo, já que não têm valor comercial e não há quem faça o plantio de novas mudas.  Achamos uma pena enorme que estas deliciosas maçãs ácidas se percam, são matéria prima para compotas, schimias, doces de corte e recheios de tortas.  Estas são de vizinhos dos meus pais e para consumo cru acho que são um pouco ácidas.  Há quem goste, como meu pai… 

mar10 032

Não achei material sobre as maçãs cascudas, mas há esta foto  lá no início do post para mostrar para vocês.  Ainda não testei com a maçã Granny Smith, aquela verdinha, mas como também é ácida creio que funcione tão bem quanto à cascuda.

A receita do Gelado de maçã ácida com noz pecã e canela:

(xícara medidora 200ml)

3 maçãs grandes ácidas (sem casca e sementes) picadas em cubinhos

3/4 xícara de água filtrada

1 xícara de açúcar mascavo

canela em pó (à gosto)

1 iogurte natural

1/2 lata de creme de leite

4 colheres (sopa) de açúcar cristal

1/2 xícara de noz pecã em pedacinhos

Numa panela coloque a água, o açúcar mascavo, um pouco de canela em pó e as maçãs em cubinhos.  Deixe cozinhar até que engrosse um pouco a calda e as maçãs estejam macias.  Reserve até esfriar. 

Bata no liquidificador a calda de maçãs com o iogurte, o creme de leite, o açúcar cristal e um pouco mais de canela em pó.  Leve à geladeira por 2 horas.

Coloque na sorveteira e um pouco antes de dar o ponto do sorvete coloque 1/2 xícara de noz pecã em pedacinhos.  Leve para o freezer em recipiente próprio para sorvete até servir. Você vai se surpreender com o sabor que tem esse sorvete, parece recheio de torta de maçã!

Sorvete de flocos divino!

4 mar

mar10 004

Há tempos havia um pacotinho de favas de baunilha na minha despensa, presente da minha mana que mora na França.  Matutei muito e não conseguia me decidir em qual receita usar, já que eram especiais e queria que fosse algo muito bom.   Daí meu pequeno resolveu experimentar um sorvete de flocos (industrializado), ele que só toma de chocolate, e me pediu depois de gostar muito do novo sabor, que fizesse em casa.

Pedido feito por filho é ordem para mãe…e estava resolvido que a baunilha seria para fazer o sorvete do pequeno.  Afinal ele gostou tanto do sabor diferente, até que enfim algo sem ser chocolate, que me organizei e fui fazer o gelado.

A receita achei no blog Technicolor Kitchen, da Pat Scarpin, uma bíblia de delícias e fotos super gourmets.  As receitas dela são sucesso garantido e os elogios para este sorvete do David Lebovitz, outro super entendido no assunto, me empolgaram!

A receita é uma maravilha mesmo, servi como sobremesa num jantar de família e adoraram!!! O marido repetiu e só não tomou mais porque acabou…

Ah, meu pequeno…bem, ele achou o gosto muito diferente do sorvete de flocos que tinha tomado e disse que era forte…acho que como os ovos eram caipiras o sorvete ficou com um sabor muito intenso… Mas ainda faço outra receita mais light, do jeito americano (sem ovos) e tenho certeza de que ele vai gostar!

A receita como no blog da Pat com algumas observações em itálico minhas:

Sorvete de flocos
– xícara medidora de 240ml
1 xícara (240ml) de leite integral
¾ xícara (150g) de açúcar
2 xícaras (480ml) de creme de leite fresco, uso dividido (usei de lata mesmo)
1 fava de baunilha
6 gemas grandes (usei 5)
¾ colher (chá) de extrato de baunilha (não coloquei)
140g de chocolate amargo, com menos de 60% de cacau, bem picadinho (usei 70% e achei perfeito)

Misture o leite, o açúcar e 1 xícara (240ml) do creme de leite numa panela de fundo grosso com capacidade para 1-2 litros. Com a ponta de uma faca, abra a fava de baunilha, raspe as sementinhas e adicione-as à panela. Junte a fava também e leve a mistura ao fogo, mexendo para dissolver o açúcar, até começar a ferver. Retire do fogo, tampe e reserve por 30 minutos. (Deixei a infusão na geladeira a noite toda)
Reaqueça a mistura, mexendo, até ficar bem quente. Numa tigela média, bata as gemas com um fuê e em seguida acrescente metade do creme quente, em fio, misturando com o fuê continuadamente. Despeje a mistura de ovos na panela e volte-a ao fogo médio-baixo, mexendo sempre com uma colher de pau, até obter uma espécie de mingau – a temperatura do creme deve ser de 76 a 79ºC e ele deve cobrir as costas da colher de pau. Não deixe ferver.
Coe a mistura numa peneira fina direto para uma tigela de metal. Junte o extrato de baunilha e a xícara de creme de leite fresco restante, misture, e coloque também a fava de baunilha. Leve à geladeira sem cobrir até esfriar, cubra em seguida e refrigere por no mínimo 6 horas. Retire a fava de baunilha e leve a mistura à sua sorveteira, seguindo as instruções do fabricante.
Enquanto isso, derreta o chocolate em banho-maria, mexendo constantemente, e então o transfira para uma xícara medidora de vidro. Quando o sorvete terminar de gelar, despeje o chocolate em fio, diretamente para dentro da sorveteira e deixe a máquina funcionar por mais 30 segundos – o chocolate vai endurecer, formando os flocos. Transfira o sorvete para um pote hermético e deixe no freezer até firmar, pelo menos 4 horas.
Rend.: cerca de 950ml

Obs do Mangia: a parte de derramar o chocolate derretido me deixou um tanto nervosa…não é tão líquido assim e achei que o chocolate iria virar uma bolota…mas no final deu certo!

Gelado de Framboesa carnavalesco

12 fev

fev10 004

Sempre amei Carnaval, os preparativos para as viagens, arrumação da fantasia, o pré-baile (adoro Carnaval de clube!), era uma delícia vivenciar os dias que antecediam tanto quanto o feriado em si.   Morei quase a vida toda numa praia capixaba maravilhosa onde o legal era bolar a fantasia de papel crepon para usar no banho de mar. Depois de dar algumas voltas desfilando nas ruas com a batucada, todos se refrescam na praia! Tem coisa melhor?

Este ano nem parece que amanhã já começa a folia, ou melhor, em muitos locais já está acontecendo… Simplesmente não entrei no clima ainda…não ouvi samba-enredo… vai entender…o clima está outro por aqui.

Vamos fugir da selva de pedra e ir descansar um pouco, recarregar as baterias com a família.  Não estou chateada ou nada do gênero, apenas ainda não caiu a ficha de que o bloco está ali na esquina.

Peraí, acho que começo a ouvir os apitos e batuques…olha só, estão chegando! 

Vou levar o pequeno para a matinê e sambar com ele! Espero que vocês tenham dias maravilhosos, relax para quem está querendo paz e folia para aqueles com espírito carnavalesco.  Sabedoria e muito amor! Até semana que vem! Beijos!

Ah, deixo esta receita divina de Gelado de Framboesa.  Que esse colorido enfeite seu Carnaval!!!  As framboesas são do quintal dos meus pais! Doces e lindas!

Gelado de Framboesa

No liquidificador bata 2 1/2 xícaras de framboesas congeladas, 1 xícara de creme de leite, 1 1/2 xícara de iogurte natural, 6 colheres (sopa) de açúcar (ou à gosto) e 1/5 de xícara de Vodka.  

Leve à sorveteira por 25 minutos e ao freezer por mais uma hora se quiser mais cremoso.  Maravilhoso!!!!