Arquivo | dezembro, 2009

Glazed lemon pound cake e muito amor e paz para 2010

28 dez

Lemon glazed pound cake blog

A semana do Natal foi tão corrida que viajei sem conseguir desejar a vocês um lindo Natal…mas estavam em meus pensamentos apesar da falta de um post para isso…fui para a casa da minha avó e internet discada não dá…simplesmente foi impossível atualizar o blog.

Enfim, a semana foi uma delícia, família reunida, inclusive com a mana que mora na França e os tios todos, muita risada, muita conversa, muitos presentes e aquela comilança!  Nossa senhora da bicicletinha, quanta coisa boa!!! Era muita receita para fazer e pouco tempo…e haja fome para conseguir experimentar tudo!

Espero que vocês tenham tido uma Ceia farta e alegre e que dia 25 tenha sido um dia de paz e recarga de baterias em família! Tem coisa melhor?

Não sei se conseguirei postar novamente até o final do ano, viajaremos mais uma vez, para a casa da família do marido, já que o Natal foi com meus familiares.  E o tempo será curto e com certeza cheio de atividades ao ar livre…e espero com sol para aproveitar a praia!!!

Este ano foi muito especial, aprendi tantas coisas novas com vocês, conheci pessoas maravilhosas, virtualmente e pessoalmente, e senti muito mais vontade de preparar delícias para aqueles que amo. 
O ano que chega vem repleto de esperanças, muitas coisas a realizar e conquistar, mas acima de tudo desejo a nós (também sou filha de Deus…) saúde, amor, serenidade e paz de espírito para viver plenamente cada dia e aproveitar melhor os momentos simples.  Sejamos felizes!

Esta receita é da revista Everyday Food, de maio de 2005, e ficou muito saborosa.  Rendeu um bolo inglês e um em forma de panetone de 500g.

Glazed lemon pound cake

xícara medidora 200ml

*dica da autora: deixe os ingredientes chegarem à temperatura ambiente para melhor resultado.

Massa:

1 xícara manteiga sem sal amolecida

3 xícaras de trigo

3/4 xícara de buttermilk**

zest de 2 limões

1/3 xícara de suco de limão

1 1/2 colheres (chá) de sal

1/2 colher (chá) de fermento em pó

1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio

2 xícaras de açúcar

5 ovos grandes (usei 4)

  • Pré-aqueça o forno a 177ºC com a grade na posição mais baixa.  Unte e enfarinhe 2 formas médias.
  • Misture 3/4 xícara de leite com 1 colher de suco de limão ou vinagre e espere 5 minutos para empregar o buttermilk.
  • Numa tigela misture o buttermilk, o zest e o suco do limão. 
  • Em outra tigela peneire o trigo, sal, fermento e bicarbonato de sódio. Reserve.
  • Com uma batedeira bata a manteiga e o açúcar até que fique cremoso. Junte os ovos, um por vez, batendo após cada adição.
  • Abaixe a velocidade da batedeira e acrescente a mistura de trigo em 3 vezes alternando com o buttermilk e limão, começando e terminando com o trigo.  Não bata muito, só o suficiente para incorporar.
  • Divida a massa em duas formas e leve ao forno para assar até dourar e passar no teste do palito.  Deixe esfriar 15 minutos, desenforme os bolos e deixe esfriar completamente antes de colocar o glacê.

Glacê:

Misture 2 xícaras de açúcar de confeiteiro  com 3 ou 4 colheres (sopa) de suco de limão.  Caso necessário acrescente mais açúcar ou mais suco até que o glacê fique grosso mas ainda líquido.

Cubra a superfície dos bolos com cuidado e salpique lascas de amêndoa.  Espere endurecer para servir.

___________________________________________________________

"Para sonhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre." (Carlos Drummond de Andrade)

“Brioche” na MPF

17 dez

Brioche na MPF blog

Não é novidade por aqui que pães são uma paixão e os brioches me encantam! Há tempos queria testar uma receita caseira, então selecionei uma que não fosse muito trabalhosa e também que não abusasse da manteiga, já que temos que ir devagar com gorduras…

Para os puristas isto não é um brioche, mas achei que ficou muito saboroso, fofo, bonito e melhor ainda, feito por mim, ou melhor, pela MPF e por mim!

Adorei o resultado e certamente farei novamente! Experimentei na forma de bolo inglês e também em forminhas de alumínio para muffins.  Só não consegui que as bolinhas em cima dos pequenos ficassem…no final a massa cresceu e se juntou.  Da próxima vez vou tentar modelar melhor para ficar com mais cara de brioche.

A receita é daqui, e fiz algumas adaptações:

“Brioche” na MPF

xícara medidora 200ml

Rendimento: um pão médio e 5 pequenos (vide foto)

  • 2 colheres (chá) de fermento biológico seco
  • 500g de trigo branco
  • 75g de açúcar cristal (usei refinado)
  • 1 sachê de açúcar baunilhado ou 1/4 colher (chá) de extrato de baunilha (não usei)
  • 60g de manteiga sem sal em quadradinhos pequenos
  • 1 colher (sopa) de sal (acrescente em momentos diferentes o açúcar e fermento para não ficarem perto do sal na tigela)
  • 2 ovos grandes ou 3 médios (levemente batidos)
  • 1 colher (sopa) de água de flor de laranjeira ou rum _ misturada nos ovos
  • leite suficiente para chegar aos 340ml num recipiente medidor já com os ovos batidos e a água de laranjeira*

*Entendeu? Coloque os ovos levemente batidos e a água de laranjeira numa jarra medidora e complete com leite até chegar a 340ml no total.

Coloque na ordem acima na cuba da MPF untada com azeite ou manteiga.  Ciclo pão básico branco, crosta clara.  Vai crescer bem.

Eu fiz no ciclo massa, depois coloquei uma parte da massa na forma de bolo inglês untada com manteiga e nas 5 forminhas de muffin também untadas com manteiga, deixei crescer 45 minutos e assei em forno médio até dourar. Para dar o tchan sobre o pão passei uma mistura de gema e água (eggwash) com pincel antes de levar ao forno.

Deixe esfriar um pouco e desenforme. Antes de servir deixe esfriar completamente sobre grade.

Gelado de figo

16 dez

gelado de figo

Este gelado estava na lista para fazer há tempos, mas não achava figos bonitos nem baratos…nada como esperar a época certa…é a temporada deles! Até março as frutas estarão mais bonitas, mais doces e, espera-se,  menos caras…

Ficou divino!!! Os figos estavam lindos, roxos, enormes e doces!
Vamos fazer?

Gelado de figo

No liquidificador coloque a polpa de 8 figos grandes ou 10 pequenos, junte 1/2 lata de creme de leite gelado, um copo de 200ml de iogurte natural e 7 colheres (sopa) de açúcar granulado.  Bata bem.  Leve para gelar por 1 hora.

Bem gelado coloque na sorveteira e deixe bater por aproximadamente 25 a 30 minutos.  Caso queira uma consistência mais firme leve ao freezer num recipiente próprio por uma hora antes de servir.

Só isso!!!  Hummmmmm!!!

Panetones feitos em casa

11 dez

Panetone

Este ano resolvi que faria Panetone, do meu jeito, já que o que mais gosto é muito difícil de achar…estou até em dúvida se ainda é fabricado…alguém já viu este ano o Boldoro?

Lógico que sem o uso de melhoradores e outras químicas o panetone não fica tão fofo como o comprado, ficou mais ao estilo panetone italiano.  E ficou uma delícia! Fiz em duas versões: com frutas à minha moda (damascos, figos secos e passas) e com avelã e Nutella.  Foi uma experiência ótima e com certeza vou testar outras receitas que já escolhi!

Panetone com avelãs e Nutella

A receita de hoje é da Palmirinha Onofre, está aqui. Acabei fazendo algumas adaptações e fiz somente metade da receita, que segue do jeitinho que fiz:

Panetone

(rendeu duas unidades médias…esqueci de pesar: isso é só meia receita, ok?)

xícara medidora 200ml

Esponja
25g de fermento para pão  (fermento seco)

1/2 colher (sopa) de açúcar
1/2  xícara (chá) de água morna
1/2  xícara (chá) de farinha de trigo
Massa
500g de farinha de trigo 
7 colheres (sopa) de açúcar 
2 ovos levemente batidos 
1 1/2 colheres (sopa) de manteiga 
250ml de leite
1/2  colher (sobremesa) de essência de panetone
1 colher (sopa) casquinhas de laranja cristalizada cortadinha em pedacinhos
150 gramas de damascos e figos secos picados e uvas passas (peso total das frutas)

1/3 xícara de avelãs em pedaços

3 colheres (sopa) de Nutella

Esponja
Em um recipiente coloque o fermento, açúcar, água morna e a farinha. Deixe descansar até dobrar de volume (cerca de 15 minutos).
Massa
Em um recipiente coloque a farinha (reserve um pouco), açúcar, ovos, manteiga, casquinhas de laranja cristalizada em pedacinhos, essência de panetone, o leite e a esponja. Mexa com colher de pau (se necessário use a farinha reservada).  Divida a massa em duas porções:

  • numa porção da massa agregue as frutas e misture para incorporar na massa. Forme uma bola.
  • na outra porção recheie a massa com as avelãs em pedaços e a Nutella e feche formando uma bola.

Distribua em formas médias próprias para panetone (de papel). Acomode-as em uma assadeira retangular. Deixe dobrar de volume. Leve ao forno pré aquecido 150° c por 25 a 30 minutos e 180°c por mais 15 a 20 minutos.  Até dourar.

Dicas e confissões: como sou preguiçosa usei a MPF para misturar os ingredientes até formar a massa. Depois coloquei em um tapete de silicone ou granito (mesa de trabalho da cozinha) e recheei. 

Em outras receitas que vi a dica que não fiz foi fazer uma cruz com uma faca ou gilete em cima da massa antes de colocar para crescer.  Os meus acabaram afundando um pouco. E também vi que algumas receitas ensinam a passar as frutas em trigo antes de agregar na massa.

Sugestões da Palmirinha: Para fazer recheado com bombons, não agregue as frutas cristalizadas. Coloque uma parte de massa em forma própria para panetone. Recheie com 5 bombons. Cubra com a massa. Deixe dobrar de volume e leve ao forno 150°c por 25 a 30 minutos e 180° por mais 15 a 20 minutos. 
Também pode ser recheado com queijo meia cura ou baba de moça .

Antepasto de Beringela

9 dez

New_Antepasto de Berinjela

o potinho da esquerda com uvas passas e o outro sem

Para servir como entrada na sua ceia de Natal ou Reveillón que tal Antepasto de Beringela com torradinhas, pão ou crackers?

Fácil de fazer e agrada a todos que gostam de comidinhas temperadas, esta receita pode ser feita com antecedência e guardada na geladeira num recipiente de vidro bem fechado.

Fiz assim:

Antepasto de Beringela

4 beringelas médias

2 pimentões amarelos pequenos sem sementes e em cubinhos

1 pimentão vermelho pequeno sem sementes e em cubinhos

1 cebola grande picadinha

3 dentes de alho em lâminas

3 colheres (de sopa ) de uvas passas sem sementes

2 colheres (de sopa) de castanhas de caju torradas

sal

azeite de oliva

óregano a gosto

Descasquei as beringelas e cortei em cubinhos. Lavei bem e deixei escorrendo numa peneira.

Misture numa vasilha grande: os cubinhos de pimentão vermelho e amarelo, a cebola picadinha, o alho picadinho, sal, óregano.  Misture bem todos os ingredientes, acrescente a beringela e envolva-os com azeite até ficarem bem besuntados. 

Numa assadeira grande untada com azeite coloque a mistura e leve ao forno baixo (150ºC / 180ºC) por aproximadamente 2 horas.  Prove e veja se já está macio e assado.  Caso precise ajuste o sal.

Retire do forno e deixe esfriar completamente.  Neste estágio, caso deseje, divida em duas porções: numa delas acrescente as uvas passas sem semente.  Na outra porção acrescente 2 colheres de sopa de castanha de caju torrada e salgada picada grosseiramente. 

Guarde em recipientes de vidro muito bem fechados na geladeira por 5 dias.  Cubra com azeite para não mofar.

Algumas pessoas costumam acrescentar alcaparras, azeitonas picadinhas ou fazem o antepasto sem as uvas passas ou castanhas de caju. Fica ao seu gosto! É um ótimo belisquete!

Tomate seco fácil, fácil e Natal em casa, parte III

8 dez

Tomate seco fácil

Na correria do dia a dia não dá tempo de fazer em casa tudo que a gente gosta, infelizmente muitas vezes somos obrigados a comprar alguns produtos alimentícios já prontos para o consumo…pena…quase sempre são mais caros e contém conservantes e outros “antes” que sabidamente não nos fazem bem.

Já tinha feito tomate seco antes, mas a receita é demorada e sinceramente não tinha ficado muito satisfeita…outro dia achei uma outra receita  no blog Paladares da Isa, que se intitula “Tomate seco fácil” e resolvi tentar novamente…!

Muito, muito gostoso e fácil de fazer.  Além do custo ser muito mais baixo do que o produto comprado em supermercados ou delicatessens.  Para os belisquetes de final de ano são uma opção festiva e muito gostosa!  Usei na pizza, no macarrão, em saladas, e com torradinhas também fica uma delícia!

Que tal presentear neste Natal com tomates secos feitos por você?

Pizza de abobrinha com tomate seco

Pizza feita em casa de abobrinhas com tomates secos

Tomate seco fácil (adaptado ligeiramente daqui)

tomates maduros
vinagre de arroz
sal
açúcar
azeite
alho em fatias finas

alecrim seco

Lave bem os tomates e limpe-os de seguida com papel absorvente.  Corte ao meio e retire as sementes.
Coloque as metades limpas num recipiente (que vá ao microondas) viradas para cima (a pele fica para baixo).
Polvilhe com uma pitada de açúcar, sal e borrife com o vinagre (é só borrifar e não temperar).
Leve ao microondas por 25 minutos no total, sendo que, a cada 5 minutos se retira a água acumulada. Cuidado para não se queimar pois estará muito quente.
Leve ao forno a 200º por +/- meia hora para acabar de secar a pele do tomate. Tive que deixar um pouco mais de tempo para secar melhor, no total ficou quase uma hora no forno.
Retire do forno e deixe esfriar por completo.
Esterilizar um vidro e tampa com água fervente, colocar as metades dos tomates seco, os alhos fatiados finamente e o alecrim seco.
Cubra com azeite e tampe. Guarde em local fresco e ao abrigo de luz.  Após aberto guarde na geladeira.

A quantidade de tomate vai variar de acordo com o que tiver em mãos. Não esqueça de colocar um rótulo com a data de fabricação.

Gingerbread man

Este gingerbread man foi outra brincadeira de costura que fiz para enfeitar nossa árvore de Natal.

Bolo de chocolate com cobertura de casquinha e Natal em casa, parte II

6 dez

Bolo de Chocolate com cobertura de casquinha fatia

O que seria do ser humano sem a sua incrível capacidade de adaptar e reinventar? Quando passei para minha irmã a receita de bolo de fubá do Aldo, achado no delicioso blog Pecado da Gula, que achou no também inspirador Cybercook…Bom, a mana adorou o resultado.  Eu particularmente não gosto de bolo de fubá, mas assino embaixo que o bolo é uma delícia.

Pois é…daquela receita ela fez umas modificações e saiu um maravilhoso bolo de chocolate…! Este eu fiz, adoramos e é um dos mais gostosos e fáceis que já fiz… A cobertura é uma receita que ela já tinha de outro bolo…mas não sabemos a fonte dado ao tempo que está no caderno de receitas dela…

Enfim, façam e se deliciem, o bolo é uma gostosura, fica fofinho e a cobertura de casquinha dá um tchan!  Aqui em casa foi sucesso com a família toda!

Bolo de Chocolate com cobertura de casquinha 

O bolo pronto com a cobertura recém feita, ainda não tinha endurecido.

Bolo de chocolate da mana

(xícara medidora 200ml)

No liquidificador bata:

3 ovos inteiros

1 1/2 xícara de leite integral

2 xícaras de trigo

2/3 xícara de óleo de milho

1 1/2 xícara de açúcar

100g de chocolate meio amargo derretido

3 colheres (sopa) de cacau em pó (ou chocolate em pó se não tiver cacau)

1 colher (sopa) de fermento em pó

Vá acrescentando os ingredientes aos poucos, deixando o fermento por último e bata bem rapidinho.  Despeje em forma redonda untada com manteiga e polvilhada com cacau ou chocolate em pó.  Forno médio até passar no teste do palito. Espere esfriar para desenformar.

* Eu usei cacau pois na cobertura vai bastante açúcar e achei que o sabor ficaria mais interessante. Vai ao gosto do freguês.

Cobertura de casquinha: numa panela média misture 1/2 xícara de leite integral, 1 1/2 xícara de açúcar, 1 colher (sopa) de manteiga sem sal e 2 colheres (sopa) de cacau (ou chocolate em pó).

Leve ao fogo baixo até desprender da panela. Cubra o bolo e espere esfriar. A cobertura vai endurecer e virar uma casquinha.

Sapatinhos de elfo e árvore de Natal mini

Estes são dois outros enfeites que fiz este ano, um sapatinho de elfo e uma mini árvore de Natal.  É uma delícia brincar de costurar…!